Verão com Estilo

Como Rafaella? rs

Verão sinônimo de menos roupas possíveis, e olha que aqui em Santos tivemos uma sensação térmica de 48º C, ou seja : insuportável rs

A brisa do verão invade a temporada trazendo charme e personalidade para a estação mais aguardada do ano. As tendências mais quentes da vez conquistam os acessórios de verão, inspirando um mood despretensioso e colorido. Seja o toque bucólico da bolsa de palha quanto o protagonismo irreverente dos óculos diferenciados, a proposta é mergulhar neste mar de novidades.

As meninas do buscador de moda Paraíso Feminino, preparou pra gente uma seleção de acessórios para o verão 2019, que prometem incendiar as composições mais descoladas da vez.

Ahhh que eu to apegada nessa bolsa de palha kkkkk, amo o toque natural e leve que ela dá ao look, e  diferente de outras épocas, a bolsa de palha saiu das areias e super invadiu todos os look!

Bolsa de Palha

Trazendo a essência orgânica e natural, a bolsa de palha ultrapassa as areias e incorpora o clima praiano no street style, promovendo um outfit urbano cheio de personalidade e nada óbvio. Os tons neutros ganham destaque com pompons e tassel enquanto cores e estampas adornam as versões mais disputadas pelas fashionistas de plantão. “A sugestão é elaborar produções cheias de frescor, que dispensam o uso do salto. Neste caso, a bolsa de palha redonda forma dupla imbatível com a mule nude, o calçado ultra hype que une praticidade e estilo. Combine com calça pantacourt de linho e top cropped para um look à prova de erros”, ensina a personal stylist Rachel Toyama, fundadora do site.

 

 

Chapéus e viseiras
Muito além da função de proteger o rosto e os olhos dos raios solares, os chapéus e viseiras entram com o pé direito na época mais quente do ano como peça statement arrebatadoras de look. Com laços e bordados, os chapéus de palha aparecem em opções revisitadas: abas largas proporcionando um toque rústico e cores enérgicas para turbinar a produção casual. Para intensificar a atmosfera descontraída eleja peças fluídas como vestidos e macacões. Já as viseiras cruzam as quatro linhas das quadras esportivas e recebem nova arquitetura neste verão. Modelos em cores vibrantes, tons neon, com aplicações e estampas cômicas fazem a cabeça das aficionadas por moda, que não hesitam em usar a trend até mesmo na balada. Aba translúcida e amarrações inovam a moda praia e proporcionam o bem estar tão almejado no calor intenso.

Óculos diferenciados
Mais do que nunca, os óculos assumem o posto de protagonistas da produção. Depois da vibe minimal, novos modelos surgem cheios de ousadia, como as lentes espelhadas e metalizadas que conferem um ar futurista às produções da vez. O clássico shape gatinho ganha destaque e intensifica a feminilidade com toque sensual e cool, enquanto armações coloridas se tornam a pedida para injetar mais diversão. Os óculos de sol despontam como ferramenta salvadora de looks, e até o visual mais basiquinho será digno de capa de revista. Nas areias da praia o acessório é indispensável: protege a vista contra os raios UV e garante milhões de likes no Instagram.

“Vários produtos que serão tendência no verão já podem ser encontrados no Paraíso Feminino. Estamos sempre em busca de ótimas lojas para garantir variedade e o maior número possível de opções em cada categoria. Nós oferecemos mais do que simplesmente encontrar o melhor produto pelo melhor preço, nós oferecemos uma experiência completa de compra e super atual”, finaliza a empresária.

Agora é só relaxar com uma boa água de coco e curtir o verão com estilo, mas não se esqueça do protetor solar hein.

Como decorar com a cor do Ano

 

Como descansar com tantas novidades na decoração? rs

Confesso que eu aguardo ansiosa as cores que a Pantone elege, sempre são fortes e impossível de não gostar . Já logo quero um acessório novo pra sala ou para qualquer outro comodo, rs. Mas como combinar uma cor forte para o nosso dia a dia sem nos cansar e ou enjoar não é?

A escolhida foi a Living Coral (16-1546), um tom energizante e charmoso, que promete ditar tendências na criação de produtos e no mundo da moda, na movelaria e no design de interiores.

Segundo a Pantone, a cor será destaque, pois irradia familiaridade e vida, assim como é encontrada na natureza, por baixo de todo o oceano. A Living Coral acolhe com sua aura cálida e nutritiva, flutuando e reconfortando em um ambiente que exige constante transformação.

Mas Rafa, como usar tons de coral na decoração?

“O coral é um tom alegre e cheio de vida, que harmoniza facilmente com diversas cores, como cinza, marinho e verde musgo, além dos tons pastéis. Pode ser utilizado ainda com outras nuances, criando um ambiente dinâmico e, ao mesmo tempo, equilibrado”.

Por ser uma cor já conhecida no mercado de decoração, alguns elementos serão facilmente encontrados, como almofadas, pendentes, molduras e poltronas. “Criar um ponto de cor em um espaço minimalista, apostando no coral, é uma forma de inserir a tendência ao dia a dia, seja em um objeto decorativo, uma parede ou um arranjo floral”, sugere a especialista.

É válido ainda buscar alternativas práticas e funcionais, como o papel de parede, mantas para o sofá, adornos de cerâmica e porcelana, vasos e porta-retratos, tornando o ambiente divertido e interessante, tanto para os moradores, quanto para os visitantes.

“A cor imprime por si só uma energia fantástica e aconchegante, tornando o ambiente agradavelmente iluminado e radiante. Vale harmonizar o Living Coral, inclusive, com objetos metálicos e cristais”.

A Mobly nos apresentou opções bacanas e acessíveis para dar um UP naquele cantinho especial e deixar nossa casinha beeeem na moda.

1. Pendente Inovare Metal Coral, R$69,00 | 2. Mesa Lateral Alta com Vidro Minion Coral e Branco, R$203,99 | 3. Pôster com Moldura A5 Pinus – Connections Coral, R$49,90 | 4. Aparador Penteadeira Console Suspenso Laqueado, R$468,00 | 5. Caneca para Sopa Coral 350 ml, R$50,23 | 6. Cadeira Paris Linho Coral, R$275,99.

Espero que tenham gostado.

Beijos

Amamentação sem filtro – parte 1.

Aiii eu AMO amamentar,o Rico amamentei até 1 ano e 3 meses e o Felipinho estamos há 1 ano e 2 meses e olha que tivemos tudo:
– fissuras mamárias;
– mordidas;
– mastite, mas isso fica para outra parte do Post.

Não foi fácil, mas é e esta sendo gratificante.

Mas será que existe certo ou errado? só se for na pega do bebê.

A pega correta:

foto: Photo Dreams – Luciana

A posição certa está diretamente ligada ao sucesso da amamentação e alguns sinais revelam se a pega foi feita de maneira correta:

-O bebê abre bem a boca e abocanha quase toda a aréola;

-A boca do bebê se mantém bem aberta e acoplada ao seio e seu queixo se encosta na parte inferior da mama;

-A aréola fica mais visível acima da boca do bebê do que abaixo;

-O bebê suga, respira e engole o leite de forma natural e coordenada, com sucções lentas e profundas. Suas bochechas ficam arredondadas.

Orientações:

foto: Photo Dreams – Luciana

Os dedos não devem pinçar o seio, como na foto nem tocar a aréola. Não é necessário o apoio com a mão, apenas quando os seios da mãe são muito grandes e pesados. É preciso cuidado para não bloquear a descida do leite (não use o dedo em tesoura) e não coloque o dedo na aréola, pois é lá que o bebê deve colocar a boca.

É importante que o bebê arrote depois da mamada, pois engole muito ar enquanto mama que se acumula em seu estômago, causando desconforto. Cada criança tem seu próprio padrão de sucção variando o tempo da mamada, por isso evite controlar esse tempo.

Durante o período de amamentação, é recomendável que a mãe tenha uma dieta equilibrada, rica em cálcio (encontrado nos laticínios), iodo (presente em peixes de água salgada) e aumentar a quantidade de ingestão de líquidos.

Como graças a Deus minha produção de leitinho é boa e sempre optei pela livre demanda, para dormir e ficar em casa eu usei muito essas conchas da marca Amamente.

BASE FLEXÍVEL – melhor para coletar leite e proteger seios rachados

O Leite da concha NÃO pode ser armazenado, nem dado ao bebê, é muito importante fazer assepsia das conchas e mante-las sempre secas ao colocar nos seios.

A concha da amamente tem :
transparência, para que seja fácil avaliar seu estado de conservação e limpeza. Lembre-se de que a limpeza é fundamental. O ideal é que as conchas sejam higienizadas e fervidas todos os dias.
 orifícios para ventilação, para permitir a respiração do mamilo e evitar infecções. Caso não haja ventilação, o resultado pode ser uma infecção por cândida ou então outros tipos de danos aos mamilos. Mamilos sem ventilação podem rachar mais facilmente.
» O furo onde se coloca o mamilo não deve ser muito pequeno, do contrário irá machucar. O ideal é que o furo permita que, não só o bico, mas também uma parte da aréola fique dentro do aparelho.

 

Mas Rafa, como você fazia essa limpeza?
Limpava a concha sempre depois de cada mamada na pia do banheiro mesmo e quando ia tomar banho, e 1 vez no dia dava uma esterilizada.
OBS.: pergunte ao seu médico TUDO que você quiser usar e ou tomar durante a lactação.

Aqui em Santos temos um banco de leite que sempre esta pronto para nos ajudar, desde ensinar a mãe amamentar, o bebê a mamar, ordenhar a mama ou até mesmo tratar algumas fissuras.

No Instagram da amamente você pode conferir todos os produtos e todas as mamães que usam e recomendam a marca.

A Amamentação é recomendada pelo Ministério da Saúde até os dois anos de idade ou mais, e que nos primeiros 6 meses, o bebê receba somente leite materno, sem necessidade de sucos, chás, água e outros alimentos. Quanto mais tempo o bebê mamar no peito, melhor para ele e para a mãe. Depois dos 6 meses, a amamentação deve ser complementada com outros alimentos saudáveis e de hábitos da família. Amamentar é muito mais do que nutrir a criança. É um processo que envolve interação profunda entre mãe e filho, com repercussões no estado nutricional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo e emocional.

 Benefícios da amamentação

O leite materno é um alimento completo. Isso significa que, até os 6 meses, o bebê não precisa de nenhum outro alimento (chá, suco, água ou outro leite). Ele é de mais fácil digestão do que qualquer outro leite e funciona como uma vacina*, pois é rico em anticorpos, protegendo a criança de muitas doenças como diarreia, infecções respiratórias, alergias, diminui o risco de hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade. Além disso, é limpo, está sempre pronto e quentinho. A amamentação favorece um contato mais íntimo entre a mãe e o bebê. Sugar o peito é um excelente exercício para o desenvolvimento da face da criança, ajuda a ter dentes bonitos, a desenvolver a fala e a ter uma boa respiração.

*O aleitamento materno não exclui a necessidade de cumprimento do calendário de vacinação da criança.

Benefícios para o bebê: O leite materno protege contra diarreias, infecções respiratórias e alergias. Diminui o risco de hipertensão, colesterol alto e diabetes, além de reduzir a chance de desenvolver obesidade. Crianças amamentadas no peito são mais inteligentes, há evidências de que o aleitamento materno contribui para o desenvolvimento cognitivo.

Benefícios para a mãe: Reduz o peso mais rapidamente após o parto. Ajuda o útero a recuperar seu tamanho normal, diminuindo o risco de hemorragia e de anemia após o parto. Reduz o risco de diabetes. Reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário. Pode ser um método natural para evitar uma nova gravidez nos primeiros 6 meses desde que a mãe esteja amamentando exclusivamente (a criança não recebe nenhum outro alimento) e em livre demanda (dia e noite, sempre que o bebê quiser) e ainda não tenha menstruado.

Benefícios para a família e para o sistema de saúde: Não amamentar pode significar sacrifícios para uma família com pouca renda. Em 2004, o gasto médio mensal com a compra de leite para alimentar um bebê nos primeiros seis meses de vida no Brasil variou de 38% a 133% do salário-mínimo, dependendo da marca da fórmula infantil. A esse gasto devem-se acrescentar custos com mamadeiras, bicos e gás de cozinha, além de eventuais gastos decorrentes de doenças, que são mais comuns em crianças não amamentadas. Para os serviços de saúde a economia é em um menor número de internações, consultas e medicações. Estima-se que o aleitamento materno poderia evitar 13% das mortes em crianças menores de 5 anos em todo o mundo por causas evitáveis.

O Pai / Companheiro: O pai tem sido identificado como importante fonte de apoio à amamentação. Ele tem importante papel, não apenas nos cuidados com o bebê, mas também nos cuidados com a mãe. Portanto, cabe ao profissional de saúde dar atenção ao novo pai e estimulá-lo a participar desse período vital para a família.
(fonte: http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-da-crianca/aleitamento-materno#a)

Para você que esta iniciando na amamentação uma Linda Lua de Leite, tenha calma e procure ajuda de precisar.
Lua de Leite é o tempo de que mãe e bebê necessitam para se conhecerem, se adaptarem à nova vida e fortalecerem os vínculos. Com o puerpério a vida fica de cabeça para baixo. Se você já esta como eu, meses de tetezinho parabéns pela aventura. Mas se você mãe, não conseguiu amamentar no peito parabéns também, você é tão poderosa quanto todas as outras.

 

Um beijo enorme mamães.

Batizado

Hei, você já batizou seu filho?

Se eu te contar que o Rico (7 anos) ainda não foi batizado? Não foi por achar desnecessário, é que meu marido achava que ele tinha que escolher o padrinho, pois a Madrinha (Didi como ele chama) é a minha irmã. Confesso que foi muito bonitinho quando ele escreveu a cartinha e entregou para o Padrinho, ele chorou emocionado pelo convite e nós pela decisão dele.
Muitos disseram: Ah, amigo depois some e a criança fica sem padrinho.
Frescura ele escolher.
Padrinho e Madrinha tem que ser da família.

Enfim, eu mesma não vejo meus padrinhos há tempos, mas sou uma madrinha presente de corpo e de presente nas datas certas.

Mas afinal, o que é o batismo?
A Bíblia compara o batismo com um sepultamento. (Romanos 6:4;Colossenses 2:12) Como assim? Quando uma pessoa é mergulhada na água, é como se a vida que ela levou até aquele momento ficasse para trás, morresse. Quando sai da água, é como se ela começasse uma vida nova, pronta para fazer a vontade de Deus. O batismo mostra que a pessoa tem fé no sacrifício de Jesus Cristo e que, por causa disso, ela tomou alguns passos para ter uma consciência limpa perante Deus. (1 Pedro 3:21) Por isso, Jesus disse que seus discípulos deviam ser batizados. — Mateus 28:19, 20.

Jesus disse aos discípulos: “Vão e façam com que todos os povos se tornem meus discípulos, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que ordenei a vocês”” (cf. Mt 28,19-20).

Existem vária formas para convidar os padrinhos, do Felipinho mandamos fazer Bastidores escritos: Dindo do Felipe e Dinda do Felipe, foi um chororô só kkkkkkkkkkkkk, eles nem imaginavam.

E você quer se inspirar e convidar aquela pessoa especial?

Que tal biscoitinhos decorados?

https://www.instagram.com/mardejujuba/

E essas canequinhas fofas e super funcionais?

foto: pinterest

Esses foram os bastidores lindos que a Mari fez pra gente presentear e convidar os Dindos, o trabalho dela é incrível gente, vale a pena conferir.

https://www.instagram.com/feltrosdamari/

Olha que lindo esses textos que fiz para compartilhar com vocês:

Os Padrinhos não são um casal, então que tal esses convites?

 

Espero que tenham gostado, e me contem como vocês decidiram os padrinhos?

Beijos.

 

 

 

 

Aloha, Mit Key

Nasci e moro na cidade berço do Surf, mas não surfo e tenho medo do mar kkkkkkkk, ai eu recebo um release desses e penso:

Já quero surfar pra abrir meu carro com a prancha!

Oi Rafaella, como assim com a prancha? Calma que vou explicar.

Ou melhor a Mitsubishi explica pra gente.

Para quem pratica o surfe sozinho, um dos problemas mais comuns é onde deixar a chave do carro. Levar ao mar pode ocasionar em perda e deixá-la no veículo ou em terra traz a possibilidade de roubo, cenário comum entre os atletas desta modalidade. Pensando numa forma de auxiliar os esportistas a terem mais segurança, a Mitsubishi Motors inseriu a tecnologia de suas chaves nas pranchas: por meio de sensores, basta a aproximação e o veículo destrava automaticamente.

Denominada Mit Key Board, a prancha-chave foi desenvolvida pela agência Ampfy, adaptando o sistema Keyless já presente nos veículos da montadora. Com os mesmos sensores, a prancha abre o carro quando se aproxima do automóvel, e o fecha quando se afasta. Na prática, o surfista entra na água e trava seu carro ao mesmo tempo.

Na concepção do primeiro protótipo, a Mitsubishi convidou Gregório Motta, shaper renomado e fundador da Aerofish. Conectada a um Eclipse Cross, grande lançamento automotivo da marca, a inovação foi apresentada ao público no Salão do Automóvel 2018. Com a boa recepção, a montadora está analisando os resultados de testes e estudando a possibilidade de produção e comercialização futura desta tecnologia.

“A Mitsubishi sempre investiu em tecnologia para seus produtos. Nossa engenharia, atrelada ao DNA maker da Ampfy, ajudou a criar o protótipo da Mit Key Board, que no futuro poderá virar um acessório comercializável, acoplado aos nossos veículos”, complementa Fernando Julianelli, diretor de Marketing e Comunicação da empresa.

Apoiadora de atletas do surfe há anos – como os campeões mundiais Mineirinho, Maya Gabeira e Carlos Burle -, a montadora utilizou uma dificuldade encontrada pelo público praticante para incentivar a prática do esporte. “O mais interessante é o alcance da Mit Key Board. No Salão do Automóvel, percebemos um público curioso e interessado em ter o produto em mãos. Porque para quem pratica qualquer modalidade esportiva, é comum a preocupação sobre onde deixar a chave de seu veículo. Um desafio que acabamos de solucionar”, conclui Fred Siqueira, sócio e vice-presidente de criação da Ampfy.

Ficha Técnica:

Agência: Ampfy

Cliente: Mitsubishi Motors do Brasil

Campanha: Eclipse Cross

CEO: Pedro Cabral

Presidente: André Chueri

CCO: Fred Siqueira

ECD: Alexandre Nego Lee

Diretor de Criação: Rodrigo Marangoni

Criação: Caio Tezoto e Leandro Marchiori

Diretor de Atendimento: Guilherme Brum

Atendimento: Bruno Torres, Felipe Pagliari e Sidnei Batista

Social Media: Lucas Villaça e Gustavo Souza

CSO: Gabriel Borges

Planejamento: Augusto Leme

Diretor de Mídia: Sergio Brotto

Mídia: Teda Leite, Tiago Gomes, Alessandro Jesus, Daniela Lima, Nichollas Mafra e Heroni Leonardo

Diretor de Data Science: André Rossi

Data Science: Roberta Nagatsuka, Rodrigo de Biasi, Paulo Lopes e Vitória Gennari

COO: Douglas Bocalão

Operações: Rosana Belchior

RTVC: Luiza Pagliarini, Francine Aoki, Aurélio Ribeiro e Augusto Romeo

Aprovação cliente: Fernando Julianelli, Letícia Mesquita e Marcelo Benaci

Sobre a Ampfy:

Nascida em 2011, a Ampfy é uma agência que possui DNA digital e vem atuando cada vez mais com campanhas integradas (online e off-line). Entre seus clientes estão: Mitsubishi Motors, Suzuki Veículos, SKY, GOL, Bradesco, Nike, Azeite Andorinha, Coty (Risqué e Paixão), Grupo Iguatemi, General Mills (Yoki e Kitano), Twinings, Cabify e, recentemente, conquistou a conta digital da Perdigão. Em 2016, foi eleita pela pesquisa Agency Scope (Grupo Consultores) como a agência que mais consegue rentabilizar o investimento (ROI) para seus clientes

Agora uma dica beeem legal, que vale para os surfistas e ou ratos de praia ou nós simples mortais que querem 1 minutinho de paz e levam as crianças para virar bifinhos a milanesa? rs Jogar um talco onde tem areia é VIDA!!! a Areia sai como passe de mágica e o nosso carro não fica sujinho.

 

 

Beijos e

Quintal na Varanda?

Eita que eu sou a doida da plantinha, maaaaas mato tudo afogada.

A varanda aqui de casa é grande, mas tem um formato estranho rs, já fizemos algumas mudanças para deixa-la super gostosinha. Como aqui no prédio não temos a varanda técnica (aquela que ficam as máquinas do Ar Condicionado), elas ficavam lá, tornando o lugar uma sauna quando queríamos a sala fresquinha, chamamos um técnico e reinstalamos elas no canto da varanda e fechamos com uma porta de vidro, ebaaaaaaaaa, ficou sensacional.

Mas, como deixar a Varanda gostosinha, verde e aconchegante? Para isso nossos amigos da Todeschini dão dicas mara, que eu já quero por em prática por aqui.

Pequenas ou espaçosas, as varandas são ambientes propícios para reuniões descontraídas e muito relaxamento, assim como os jardins e quintais das casas. O truque para criar esse clima agradável ao ar livre está na maneira como o espaço é aproveitado! Olha só:

 Verde, verde e mais verde! (amei essa parte)

O primeiro passo para deixar a sua sacada com cara de quintal é abrir um espacinho nela para o cultivo de plantas. Além de ser uma tendência, ter uma pequena floresta particular confere à decoração um grau extra de aconchego e vida. Sua varanda tem a metragem muito enxuta para comportar vasos no chão? Não tem problema! Aproveite as paredes e invista em um jardim vertical. As hortinhas de temperos também são muito bem vindas!

Projeto de Coletivo Arquitetos | Foto: Rui Teixeira

Minha paixão: cactos e suculentas, além de dar trabalho zero ficam lindas em vasinhos embelezando prateleiras, mesas, nichos, essas eu não mato afogada rs.

Projeto de Voa Arquitetura | Foto: Rafael Renzo

Lounge para relaxar
Quintais são ambientes relaxantes por essência. Por isso, vale a pena encontrar uma maneira de criar um cantinho na varanda para se esparramar depois de um longo e cansativo dia. Se espaço não for problema, crie um pequeno estar com móveis próprios para área externa. Já as redes e cadeiras de balanço são soluções perfeitas para as varandas menores.
Aqui em casa, comprei móveis de segunda mão, uma forma de contribuir para o meio ambiente e sobrar uma graninha extra para outros detalhes. Queria muito um balanço como o da foto, mas o teto é de gesso, snif.

Foto: Pinterest

Receber com charme e despojamento
A área externa de uma casa costuma ser o lugar dedicado às reuniões e festas com os amigos. Porque não fazer o mesmo com o seu quintal-varanda? Ambientes maiores podem comportar superbem uma cozinha gourmet completa, com churrasqueira e mesa de jantar, enquanto as mini varandas abrigam tranquilamente um cantinho para o bar!
Aqui em casa criamos a Varanda Beer, rs, um móvel que estava na sala e dois nichos que foram tirados do quarto dos meninos foram para a varanda, nos nichos algumas cervejas artesanais com rótulos diferentes, já no móvel algumas bebidas na parte de dentro e cactos e suculentas sobre ele.

O importante é receber os amigos, ter um espaço bem gostosinho para relaxarmos e brincarmos não é?
Lá no Pinterest temos algumas inspirações, e você o que achou das nossas dicas?

Beijão.

 

 

Luz Natural

Eita que a gente não pode “ver” uma boa luz pra fazer aquela selfie não é?

Mas uma luz, é uma luz… ela emoldura o ambiente, ilumina e até nos anima não é mesmo? Para falar da luz natural no ambiente, hoje temos a Todeschini que é referência mundial em qualidade e mantém-se atenta às tendências de design e decoração, oferecendo ao mercado moveleiro um portfólio de produtos de alta qualidade, design e lançamentos inovadores.

A luz natural tem se tornado cada vez mais presente nos projetos de construção civil, já que ajudam a compor decorações mais revigorantes e confortáveis, além de contribuírem com a sustentabilidade, reduzindo os custos de energia elétrica.

Na hora de planejar os ambientes da sua casa, você leva em consideração a iluminação natural? Se ainda não sabe como fazer isso, podemos ajudar com algumas dicas práticas e funcionais. Continue lendo e descubra como aproveitar a luz natural para criar um ambiente único!

Pinte as paredes com cores claras

Sempre que for escolher as cores da sua decoração, principalmente das paredes da sua casa, opte por aquelas que refletem os raios solares, e não que absorvem a luz natural. Essa dica pode ser utilizada nos cômodos que necessitam de mais claridade, como a cozinha e o home office, por exemplo. As cores mais escuras devem ser evitadas e trocadas por tonalidades mais neutras, claras e brilhantes — caso você opte por uma decoração que valorize a luz natural. O branco, nesse caso, é a principal preferência. Por mais que a dica seja para as paredes, nada impede também que ela seja aproveitada para a mobília da casa. No caso dos móveis, prefira também aqueles que são feitos de materiais de cores claras, uma vez que iluminam e refletem mais a luz natural do que as peças escuras.

Escolha portas e janelas de vidro

Nada melhor do que o vidro para compor uma construção e uma decoração que privilegia a luz natural da casa. Além de ser sinônimo de modernidade e sofisticação, esse material é um ótimo aliado para permitir a entrada de iluminação nos ambientes, protegendo o seu interior.

A forma mais prática de contar com a ajuda do vidro na utilização da luz natural é investir em portas e janelas feitas desse material. No entanto, um cuidado deve ser tomado: os vidros devem estar protegidos com películas que não alterem a sua aparência e que impeçam a penetração de raios ultravioletas.


Mantenha as janelas sempre limpas
Outro cuidado relacionado às janelas e portas de vidro é que elas devem estar sempre limpas. Afinal, sujas e empoeiradas, essas entradas de luz não vão funcionar tão bem quanto precisam, não é mesmo?
O ideal é que a limpeza desses locais seja feita regularmente, com produtos que não agridam o material e que não o torne opaco. A ideia é deixar o vidro sempre nas suas melhores condições para que a entrada de luz natural aconteça totalmente. A limpeza, aliás, deve ser algo estendido para toda a decoração clean, já que o que é claro e bem iluminado tende a tornar a sujeira e o pó mais aparentes. Casa bem iluminada requer cuidado, lembre-se sempre disso!

Para a receita caseira de como limpar vidros, você vai precisar de:

  • 5 litros de água; 1 colher de sopa de vinagre (ou detergente neutro); 1 colher de sopa de álcool
  • Balde; Esponja e Pano seco.
    Misture toda essa receita de como limpar vidro de janela (que também pode ser usado em outras superfícies desse material) em um balde; Molhe o lado macio da esponja na mistura e use-o para limpar o vidro. Depois, seque com um pano seco

Posicione móveis de leitura perto das entradas de luz natural

Se você passa algum tempo em casa lendo, trabalhando ou estudando, com certeza vai precisar de iluminação adequada para realizar as atividades. A melhor opção, é claro, é a luz natural. Então, é necessário saber montar os cômodos de forma inteligente, para aproveitar mais as entradas de iluminação solar. Os móveis, como mesas, bancadas e escrivaninhas, principalmente, podem ficar posicionados perto das janelas, de forma que você possa contar mais com a luz natural do que com a sua luminária artificial. Se o seu canto de leitura dispõe de um sofá ou poltrona confortável, a dica do posicionamento também vale! Só tome cuidado para que a incidência solar não desbote ou estrague os móveis de outras formas. Para isso, opte sempre por uma mobília de qualidade, resistente e durável, além de não se esquecer das dicas anteriores, sobre colocar películas de proteção nas janelas e portas.

Adicione espelhos na decoração da sua casa

Outro truque inteligente e que funciona muito bem é adicionar espelhos na decoração dos ambientes. Essa é uma boa alternativa para otimizar a iluminação interna da casa, além de causar a sensação de amplitude do espaço. Quando colocados de forma estratégica, os espelhos refletem muito bem a luz natural. Experimente colocar um em frente a uma janela, por exemplo. O resultado é ótimo e você, com certeza, vai se sentir bem confortável no espaço ampliado e mais iluminado.

*Invista em coberturas zenitais

Você sabe o que são coberturas zenitais*? Elas são uma modalidade de cobertura transparente, que permite a iluminação natural dentro das residências. Existem vários tipos de cobertura, como as claraboias ou os poços de luz. Mas as coberturas transparentes são as mais usuais. Elas podem ser feitas com telhas e outros materiais de policarbonato, e são ótimas para espaços como jardins de inverno, áreas de deck ou em vãos mais estreitos no teto, valorizando corredores que antes eram escuros, por exemplo.


Coloque tijolos de vidro nos banheiros

Os tijolos de vidro também são grandes aliados na decoração que privilegia a luz natural. Eles são muito bem-vindos na solução de banheiros escuros, uma vez que são áreas da casa que, geralmente, não recebem tanta iluminação solar. Além de conseguir uma iluminação natural bacana, os tijolos de vidro também oferecem uma estética diferenciada, com suas texturas em vidro temperado e laminado. Por não possuírem transparência, também dão mais privacidade ao local.

Apare os arbustos e árvores da sua residência

A sua casa possui árvores e arbustos do lado de fora? Se a resposta é sim, você mantém tudo aparado e bem cuidado? Pode ser que essa seja uma das causas de a luz natural não incidir no seu ambiente interno.

Para iluminar mais a sua residência, mantenha seus arbustos e árvores próximos às janelas sempre aparados, de forma que não bloqueiem os raios solares. Manter o verde ao redor da casa é maravilhoso, mas é preciso saber cuidar!

Depois de todas essas dicas, você clareou suas ideias e já sabe como aproveitar a luz natural em cada ambiente da sua casa? Esperamos que sim! A iluminação solar, além de contribuir bastante para um espaço mais confortável e aconchegante, também torna seu lar mais sustentável e, com certeza, a saúde da sua família agradece.

Eu AMOOOO uma janela, uma claridade, o único quarto da casa com cortina é o do Felipe em mais nenhum comodo tem, além de dar aquela sensação boa de acordar com aquela claridade do Sol (sei que é super pessoal isso, rs), dá sensação de ar renovado não é mesmo? E agora, bora deixar o Sol entrar?

Beijos de luz (nesse caso natural, rs)

Pedras Exóticas na decoração.

Eita que a gente quando vê aquelas casas chics logo tem aquela pedrona de mármore em algum canto não é?

Elas são muito usadas como revestimentos e bancadas, mas atualmente as pedras vêm ganhando outros espaços na casa e aparecendo como o elemento principal de móveis, peças decorativas e utensílios. E vale tudo: da valorização da aparência bruta às rochas totalmente trabalhadas, das clássicas às mais exóticas, como mármore, pedra-sabão, quartzo e ágata, todas podem ser usadas. Sozinhas ou misturadas a outros materiais, elas brilham na decoração e estão cada vez mais presentes em móveis e objetos.

E quando a gente ouve pedra-sabão logo lembramos do Aleijadinho um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos,nas mãos dele a pedra ganhou a forma de anjos e diversos objetos que ornamentam igrejas até hoje.

Pra falar desse assunto hoje temos o Grupo Guidoni com expertise de mais de 25 anos no segmento, contempla em seu portfólio diferentes superfícies com grandes desenhos contínuos onde a combinação de nuances é responsável por transmitir uma sensação de movimento natural – a essência das rochas exóticas.

São materiais que apresentam uma ampla versatilidade de aplicações e possibilidades de bookmatching, que permitem projetos arquitetônicos ímpares: desde painéis verticais exclusivos a bancadas e tampos de móveis que conferem um toque de design único às peças. Apresentando uma gama intensa de cores diversas, as pedras exóticas podem compor também pisos, escadarias, pias esculpidas, etc., transformando os materiais nos grandes destaques dos projetos.

Abaixo, uma seleção de pedras exóticas do portfólio da Guidoni para adotar na decoração:

Guidoni_Tungstenio

 

Tungstênio – Grandes veios brancos e cinza parecem dançar sobre a superfície do quartzito de intensa base negra com contraste em azul. As linhas sinuosas e dinâmicas trazem vida ao granito, que se destaca nos espaços pela padronagem exclusiva naturalmente esculpida na rocha ao longo dos anos.

Guidoni_Calacatta_White

 

Calacatta White – O quartzito traz sobre a suave superfície branca grandes veios acinzentados marcantes, que exibem diferentes matizes e conferem ao material uma personalidade ímpar, sofisticada e elegante;

 

Guidoni_Crema_Royale

 

CremaRoyale – Combinando nuances de tons intensos como preto, marrom e amarelo às cores mais suaves como creme, bege e branco, o granito exótico apresenta padrões sofisticados e marcantes. O contraste entre as tonalidades quentes e frias cria um visual orgânico e imponente;

 

Guidoni_White_Macaubas

 

White Macaubas – Com uma paleta cromática suave, o quartzito apresenta sobre a base branca uma rica combinação de veios intensos e traços acinzentados. As diferentes tonalidades de cinza percorrem por toda a superfície, trazendo um design minimalista à pedra;

 

Guidoni_Amarone

 

Amarone – Nuances em cinza, preto, branco e marrom conferem a esse granito exótico uma superfície distinta, onde tons frios e quentes se intercalam e se combinam com elegância. Com uma iluminação direcionada, o movimento natural dos veios orgânicos se destaca e parece ganhar vida.

 

 

Aqui em casa temos algumas esculturas em pedra-sabão, as pedras são atemporais e sempre dão um UP na decor não é mesmo?

Beijos.

As portas e a Decoração.

Oi Gente,

Já pararam para reparar que pensamos na cor da parede, no papel de parede, no quadro e até na decoração no teto, mas e as portas?
Elas são o cartão de visita de uma casa, porquê não incluí-las na decor não é, e não estamos falando de temas como Páscoa ou Natal, mas no dia a dia.

As portas têm um papel muito importante na arquitetura e design de uma casa. Não só devido ao seu lado funcional, como também o estético. Assim como acontece com as paredes, as portas também podem ser renovadas de forma simples. Mudanças pequenas como uma nova pintura, um novo revestimento, ou outras opções mais criativas, podem dar à decoração de sua casa um estilo mais moderno e único.

Uma nova pesquisa da imobiliária Marsh & Parsons em conjunto com o Instituto de Cores Pantone mostra como a cor da porta de entrada da casa pode revelar traços da personalidade do morador. Apesar de inuisitado, o estudo explica que a escolha da tinta vai muito além de moda e tendências. Isso acontece porque, psicologicamente, as pessoas tendem a se sentir mais atraídas por casas que refletem a sua própria personalidade. (fonte: revista casa e jardim).

Confira o significado de algumas cores na porta de entrada da casa:

Preto: elegância, poder e prestígio
Branco: simplicidade e frescor
Cinza: atemporal e clássico
Verde: calma, silêncio e suavidade
Vermelho: comando e dinâmica
Amarelo: calor, boas-vindas e otimismo
Rosa: juventude e entusiasmo
Roxo: drama
Azul : autoridade e confiança

Agora, vou contar uma coisa, rs fui no pinterest e pirei total kkkkkk.

 

Mas calma que a gente consegue dar UP grade sem colocar muita cor, rs.

 

 

Que tal um adesivo fofo?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E essa porta bicolor lindaaaaaa!! Nada que uma boa fita crepe para fazer essa divisão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aiiii que eu já amei essa porta lousa! perfeita pra quem não tem espaço nas paredes e quer agradar o filhote né?

 

 

 

 

 

 

E quando a porta entra na decor do quarto e segue a pintura?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Beijos e cor pra vocês.

Vamos Planejar as Férias?

Ah já dá pra sentir o cheiro da comidinha de Natal, as crianças querendo abrir os presentes e férias escolar…

FÉRIAS!

Aiii já começamos a planejar, orçar, e sonhar com o sossego não é? Mas como saber qual a melhor hospedagem para a nossa família?

É chic falar: – Fechamos um resort para as férias de dezembro!

Mas você sabe qual a diferença entre: pousada, hotel e Resort? Será que se encaixa para a sua família ou para a proposta da sua viagem?

RESORTS – Segundo Marcos Dias, CEO do clube RDC Férias, em resorts, o cliente encontrará fartura e acessibilidade na alimentação, muitas vezes em sistema all inclusive. Com esta modalidade, está liberado o consumo, de acordo com o quê o estabelecimento oferece e determina. A outra grande sacada vem da infraestrutura, cuja finalidade é proporcionar uma experiência imersiva ao hóspede nas próprias dependências do estabelecimento, sem ter que se deslocar para fora dele. Piscinas, playground, SPA, salão de beleza, recreação para as crianças, bares, atividades. “Tudo isso, geralmente, está inserido no valor da diária. Mas, por não haver uma padronização específica, que inclua cardápio e serviços oferecidos nas diárias, é importante pesquisar sobre o que cada resort oferece de diferencial e seus possíveis valores”, explica Dias.

HOTÉIS – Os hotéis, no entanto, trabalham diferente, de uma forma que permite que os hóspedes tenham mais liberdade para aproveitar a sua estadia. Essa opção é mais indicada para quem vai “turistar” por aí. A grosso modo, essa variedade hoteleira é mais flexível, mudando conforme a sua estrutura e pacotes acordados. Geralmente, o café da manhã está incluso no valor da diária, no entanto há outros tipos de regimes de alimentação, como a meia pensão e pensão completa, ou ainda o all inclusive, que dependem das características e operação de cada hotel e local.

“No Clube RDC Férias, eles são acordados à parte da mensalidade, pois diferem em sua oferta, dificultando a inclusão no valor mensal pago pelo associado. Outros serviços que também podem fazer parte da diária ou serem cobrados pelos hotéis são o estacionamento, lavanderia, serviço de quarto, wi-fi, cama extra e frigobar. O interessante é saber o que é mais coerente com a sua viagem e expectativa para que tudo seja lembrado com bons sentimentos”, aconselha o diretor de Hotelaria da RDC Férias, Júlio Castanheira.

POUSADAS – Já as pousadas têm um ambiente mais intimista, com uma estrutura menor em comparação aos hotéis ou resorts, porém não menos aconchegante e charmosa. Uma pousada tem a capacidade máxima de até 30 unidades habitacionais e 90 leitos distribuídas em área térrea, em até três andares ou em chalés e bangalôs. É uma opção cujo serviço dispõem de recepção e alimentação. Um cantinho mais próximo de um lar em acolhimento, geralmente com uma administração familiar e poucos funcionários. Como os hotéis e resorts, essa modalidade também pode variar de 1 a 5 estrelas, conforme a estrutura oferecida.

 

CUIDADOS PARA TODOS OS TIPOS DE HOSPEDAGEM

O primeiro deles, crucial e ao mesmo tempo esquecido, é a solicitação da reserva. Parece simples e é, pois apenas com ela a estadia em resorts e hotéis estará segura e tranquila. Certifique-se se o pagamento de algum adiantamento ou sinal se faz necessário para confirmação da reserva, e de ter às mãos, na hora do check-in, documentos importantes de identificação. Esses cuidados são a sua segurança, assim como orientações relevantes para fazer desse momento inesquecível.

Castanheira esclarece que todos os hóspedes no Brasil precisam preencher a Ficha Nacional de Registro Hóspedes – FRNH. É uma aplicação obrigatória, determinada pelo Ministério de Turismo a qual armazena todos os dados relativos à hotelaria. Se a viagem é internacional ou o hóspede for estrangeiro, vale ressaltar que o passaporte é imprescindível. Em algumas situações, será requisitado o visto de entrada no país.

Um último ponto, que sempre causa dúvidas e em algumas vezes surpresas, é a hora do check-out. Saber quais meios de pagamento são aceitos, por exemplo, bandeiras de cartão ou cheque, e como funciona a forma de pagamento, por exemplo, se é aceito parcelamento, resolve metade dos problemas. Alguns estabelecimentos pedem o número do cartão de crédito como segurança da reserva, outros exigem o pagamento das diárias no check-in e há aqueles que apenas no check-out. Cada um à sua maneira, como as formas de hospedagem.

“Nesta hora também acontecem as surpresas com conta de estacionamento, frigobar e outros possíveis custos que, dependendo do hotel, resort ou pousada, não estão inclusos na diária. Por isso, dica importante se dá duas vezes: verifique as características da hospedagem que você escolheu, quais serviços estão inclusos e quais são cobrados à parte”, alerta Castanheira. Por não haver uma padronização específica, que inclua cardápio e serviços oferecidos nas diárias, uma experiência anterior pode não ser referência para uma futura. Sabendo de todas essas particularidades, faça sua escolha e suas reservas com antecedência e boa viagem!

  

Sobre a RDC Férias – Criado em 1992, em São Paulo, é um clube de férias que tem hoje mais de 70 mil associados que não abrem mão de viajar em qualquer época do ano, de maneira prática, econômica, segura e tranquila. Sua rede conta com 800 hotéis, resorts e pousadas credenciados no país e cerca de 20 mil outros ao redor do mundo. Seu produto principal é um plano que permite que o sócio desfrute de férias programadas, pagando uma taxa mensal que é convertida em até 07 diárias em hotéis da rede RDC Férias com um custo mais acessível se comparado ao varejo. O sócio conta ainda com uma ampla infraestrutura de apoio ao planejamento de sua viagem, recursos extras oferecidos pela agência RDC Viagens, bem como descontos exclusivos em parques temáticos e benefícios em mais de 100 lojas e parceiros conveniados. Site: www.rdcferias.com.br. Blog – www.meuroteirordc.com.br.