Pulseira para Biossegurança.

Oie,

Pegou a máscara? e o álcool gel ta na bolsa?

Meuuuu Deus que agora a gente faz um check list pra sair de casa né? rs.

Uma coisa que eu sempre “reclamo” é de ficar trocando o álcool gel de bolsa, e ou quando a tampa cai no chão, e realmente eu não deva ser a única a reclamar, rs. Pensando na comodidade e praticidade aliada com a nossa nova rotina, a empresa VidaBR criou uma pulseira porta álcool gel: AEEEEE!
A empresa com conceito slow fashion, que une tecnologia, sustentabilidade e causas sociais, traz a novidade que é: feita de silicone, o produto é extra macio e flexível. Além disso, é de fácil utilização. Basta encaixar os pinos dentro dos orifícios, de modo que fique confortável. Depois com uma seringa é preciso apenas injetar o álcool em gel dentro da abertura e pronto. Está pronta para ser usada.

Eu já amei a praticidade da novidade e já me imagino colocando o relógio e em seguida a pulseira, rs.

A novidade chegou com a função de tornar a vida das pessoas mais práticas e segura, principalmente, neste momento de pandemia.  Ela é capaz de armazenar até 8ml de álcool em gel, mas também pode ser utilizada para outras finalidades como porta-protetor solar, repelentes, loções hidratantes e luvas químicas. O importante é sempre deixar as mãos e peles limpas e protegidas ao longo do dia.

“Nosso intuito é trazer maior facilidade, simplicidade e segurança para a vida das pessoas, sem esquecer de envolver nesse processo o desenvolvimento sustentável”, conclui Rafael Studart, CEO da VidaBR.

A pulseira esta sendo comercializada no site da marca pelo valor aproximado de: R$ 39,80.

A VidaBR nasceu a partir de uma campanha social para ajudar sertanejos nordestinos. Em 2012, o estado do Ceará passava pela maior seca dos últimos 50 anos, trazendo dor, sofrimento e fome para a população mais pobre do sertão da pequena Milhã, a 300 quilômetros de Fortaleza, capital do Estado. E foi nesse cenário, pensando em amenizar o sofrimento de seus moradores, que o publicitário Rafael Studart criou a campanha Vida na Seca, que consistia em uma camiseta temática, cujo lucro foi destinado para ajudar os sertanejos. Em um mês foram vendidas 500 camisetas, que resultaram em 16 mil litros de água potável e três toneladas de alimentos distribuídos para 220 pessoas.

Muito bacana o lançamento e pra conhecer melhor a empresa e saber os projetos importante que estão sendo realizados por ela, é só clicar no VidaBr.

Ah e lembrem-se o álcool correto é aquele que tem a concentração mínima de álcool, ou seja de 70%.

Rafa Ferraz.

Aceita um café?

Ahhh se a Dona Florinda soubesse como o bordão dela é usado, rs.

Café, o líquido usado para reuniões informais, reunião formais, pra “respirar” durante o trabalho, para “acordar” durante o expediente.

O caso de amor do café com o mundo provavelmente nunca diminuirá. Famoso por seu sabor apaixonante, a ilustre bebida possui compostos que aliviam a fadiga, aceleram o metabolismo e ainda combatem os radicais livres.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), esta é a segunda bebida mais consumida no Brasil, perdendo apenas para água.

Vício para uns, prazer para outros, a verdade é que poucos resistem à um cafezinho. Mas se você é daqueles que toma várias xícaras ao dia, saiba que existe uma quantidade máxima de cafeína que pode ser consumida com segurança. Uma nova revisão de estudos sobre o assunto confirmou que 400 miligramas diários, o correspondente a três xícaras de 150 ml da bebida, é o limite para adultos saudáveis. Para mulheres grávidas, essa quantidade cai para 300 miligramas ao dia.

Segundo a nutricionista Adriana Stavro, apesar de 400 miligramas diários serem considerados seguros para a saúde, não significa que podemos tomar. Nem todos metabolizamos a cafeína da mesma maneira. Para algumas pessoas, uma pequena xícara de café é o suficiente para deixá-las agitados. Ouça o seu corpo, e se ficar inquieto, diminua a quantidade da bebida ou substitua por um chá ou outra bebida sem cafeína

Além do efeito excitante, a bebida também é muito associada à perda de sono. Uma pesquisa feita pela Universidade Wayne State, no estado de Michigan, nos Estados Unidos, constatou que o consumo moderado de cafeína pode sim reduzir o período de sono, por isso evite tomar café após as 17:00h.

Para a nutricionista outro cuidado importante é com pessoas ansiosas. A cafeína é um estimulante do sistema nervoso central. Como consequência, o coração e a respiração aceleram os próprios ritmos e a pressão arterial aumenta. No entanto, tudo isso começa a ser um problema quando há exageros. O excesso de cafeína pode ter efeitos colaterais como: nervosismo, tremores, dor de cabeça, insônia, agitação mental, taquicardia, suor frio e uma sensação de angústia e ansiedade.

Os principais benefícios do café são:
Aumenta a concentração: o consumo do café contribui para melhorar o rendimento cognitivo pela presença da cafeína. Além disso, o café aumenta o estado de atenção aumentas energia e diminui o cansaço.

É fonte de minerais: zinco, potássio e ferro estão presentes no café e são essenciais para o bom funcionamento do organismo.

Acelera o metabolismo: a bebida funciona como um ativador natural, por isso, acelera o metabolismo e a lipólise, contribuindo para a queima de gorduras.

Previne Alzheimer: a cafeína e outros compostos com ação antioxidante exercem papel neuro protetor contra a doença, pois colaboram para reduzir o estresse oxidativo ao neutralizarem a ação dos radicais livres.

Diminui o risco de diabetes mellitus tipo II: alguns estudos apontam que o consumo de café pode ser benéfico na prevenção desta doença, já que a bebida pode aumentar o nível de adiponectina, um hormônio ligado à redução da resistência insulínica.

Previne a bronquite: a cafeína está ligada à teofilina, uma substância que ajuda a relaxar os músculos e auxilia no combate às infecções pulmonares.

Diminui o risco de depressão: Segundo pesquisadores da Harvard School of Public Health, este efeito antidepressivo natural é resultante do estímulo que a cafeína causa no sistema nervoso central, capaz de aumentar a produção dos neurotransmissores cerebrais como a noradrenalina, dopamina e serotonina (hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar).

Diminui o risco de doença cardíaca: Uma pesquisa realizada com 140 mil pessoas pela Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard (EUA) mostrou que quatro doses diárias do café diminuem em até 11% o risco de insuficiência cardíaca, que é uma condição em que o coração não consegue bombear o sangue adequadamente para o corpo

A Adriana Stavro Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo. Pós-graduada em Doenças Crônicas não Transmissíveis pelo Hospital Albert Einstein. Pós graduanda em Nutrição Clinica Funcional pela VP consultoria, pós graduanda em Fitoterapia pela Course4U.

Especialidades:
• Saúde, bem estar e emagrecimento;
• Nutrição funcional;
• Doenças Crônicas;
• Regulação do estresse e do sono;
• Nutrição para gestantes;
• Acompanhamento pré e pós cirurgia bariátrica;
• Alergias alimentares;
• Nutrição vegetariana e vegana;
• Nutrição para prática de atividade física;
• Protocolo Detox;

Você tem uma válvula de Escape?

É minha gente, a quarentena não acaba e os nossos nervos já não são mais os mesmos… A nossa paciência está esgotada, nossa sanidade mental já ta pedindo socorro.

A nossa casa virou: Escritório, escola, consultório médico, parquinho, cinema, espaço para shows…

Antes eu tinha a minha válvula de escape: fazer as unhas, o cabelo, um café na casa da vó, drinks com as amigas ou um jantar com o marido.
No meio de tudo isso, eu te pergunto:
– O que você tem feito por você?
– Qual a sua válvula de escape?

Acho tão lindo quando ouço:
– Ela encontrou uma válvula de escape para poder se desligar do mundo.

Porque eu no máximo baixei uns jogos no celular pra conseguir desligar das cobranças da vida de gente grande, rs.

Mas afinal o que é essa tal Válvula de escape?
A panela de pressão, cheia de água, colocada no fogo, tem sua válvula de escape. Caso contrário, explode. O motor a combustão termina no escapamento. Se uma caixa d’água tem algum defeito em sua bóia, começa a vazar todo o excesso.

E eu te pergunto: por onde você vaza?!

TODOS precisamos de uma válvula de escape, NÃO somos de ferro, NÃO somos super humanos, e SIM precisamos de algo que nos alivie, por alguns minutos da pressão diária. Ninguém permanece saudável, mental, física ou espiritualmente, levando a vida como Jack Bauer do seriado 24 Horas. Somos feitos para suportar pressões, mas não somos de ferro.

Válvulas de escape são apenas fugas de si mesmo, fuga da verdade, de enfrentar as fraquezas e admitir que todos precisamos de ajuda. E pode ter certeza, você vai se agradecer por ter um momento com você.

O ser humano é engraçado não é? possuímos uma capacidade ilimitada, inventamos tantas coisas maravilhosas, mas ao mesmo tempo somos limitados em nós reinventar e reconhecer todo o nosso potencial e valor.

Sei que tá bem difícil, tedioso e estressante para quem tem filhos e para quem não tem. Mas ás vezes um banho demorado, uma hidratação nos cabelos, alguns capítulos de uma série e ou um bom livro, algum joguinho, uma meditação… TUDO vale para termos um momento de escape.
Somos muito mais que nossa personalidade, nós temos essência, alma e espírito.

Calma tá, não surta! Tudo vai passar e juntos passaremos por tudo.