Como organizar home office de forma eficiente?

Se eu não surtar agora, não surto mais kkkkkkkk.

Brincadeiras a parte, dessa vez não ta sendo fácil não. Home office não é brincadeira né? (já conferiram o nosso post anterior).

Mas dessa vez manteremos o foco no: home office com as crianças.
Conversamos com  a especialista em estratégia de carreira, Rebeca Toyama que nós deu dicas sobre como praticar home office de forma eficiente, com organização, disciplina, mesmo com as crianças em casa e dando continuidade aos estudos.

Fácil não é, mas impossível também não, rs.
Depois da Organização Mundial da Saúde (OMS) ter declarado pandemia de coronavírus, e as autoridades públicas anunciarem medidas para conter a disseminação da doença como suspensão das aulas, fechamento de cinemas, teatros, deixando apenas aberto o que for de utilidade pública, muitos profissionais se viram diante da realidade do home office com o agravante das aulas igualmente canceladas. Diante desse fato, muitas empresas estão organizando o modelo de trabalho remoto com reuniões, conferências e chamadas seguindo, na medida do possível, seu ritmo normal, mas lidar com os pequenos e com a rotina profissional ao mesmo tempo não é tão simples.
Uma live com um fundo de choro, uma reunião com 450 Oh Mãe, Oh Mãe…

Home office com crianças

A administração do tempo é essencial neste período, ainda mais quando se tem os filhos em casa e as demandas do trabalho, mas o importante é não se ausentar para ambos. Com organização e a comunicação em equipe, as tarefas do trabalho serão cumpridas, já com as crianças, o papel é acompanhar e estimular a realização de tarefas escolares na quarentena. “O primeiro passo é explicar às crianças, conforme seu nível de entendimento, que ninguém está em férias e é preciso manter uma rotina, como melhor ponto de partida”, avalia a especialista.

As crianças copiam sempre as atitudes dos adultos, aqui em casa pego o Felipe com caneta e falando: To trabalhando perai, rs e essa é uma oportunidade para mostrar aos filhos a importância da disciplina e dedicação com o trabalho e os estudos. “Essa é uma excelente forma para estreitar os laços familiares. Os pais precisam criar uma rotina de estudos para seus filhos em casa, levando em consideração os horários que as crianças seguem em seu dia-a-dia.”, conta Rebeca.

Além da rotina de estudos, a Rebeca revela que os pais precisam se atentar às atividades que vão oferecer, evitando que as crianças fiquem muito tempo ociosos, em frente à televisão ou com celular nas mãos. “Reservar uma parte do dia para os estudos e mesclar o tempo restante com atividades lúdicas e educativas ajudará muito, pois eles estão em constante aprendizado e é sempre importante estimular novas experiências.”, finaliza a especialista.

Para ajudar os profissionais nesta nova experiência, Rebeca Toyama, especialista em estratégia de carreira, selecionou 10 dicas para executar o trabalho remoto de forma produtiva mantendo as crianças em casa.
Calma que vai dá certo, a primeira semana foi confusa, cheia de expectativas e apreensão, mas agora temos que colocar a casa em ordem né?

1- Mantenha sua rotina: Acorde no horário habitual e mantenha sua rotina em casa. Vista-se adequadamente, faça um café e lanches e defina um horário específico de trabalho;

2- Tenha um espaço para trabalhar: Separe um local silencioso e confortável para que consiga focar e cumprir as demandas. Se for preciso mudar algum móvel de lugar, o recomendado para se montar um escritório em um local que não seja a sala ou a cozinha, por exemplo, se o espaço permitir;

3- Seja disciplinado: Evite distrações como televisão e redes sociais e dedique seu tempo para os fluxos de trabalho;

4- Mantenha contato com pessoas: Além do contato com a equipe de trabalho, nas pausas tenha conversas leves, assim evitará se sentir isolado. Aproveite as ferramentas de vídeo-chamada e faça pequenas interrupções para falar com as pessoas;

5- Crie para eles uma rotina de estudos: Mantenha os horários que as crianças seguem em seu dia-a-dia. Tenha um lugar onde a criança consiga estudar, sem ter contato com distrações;

6- Dê prioridade para os estudos da criança: Algumas escolas adotaram o ensino a distância e as “homeworks” são transmitidas diariamente, mas grande parte do ensino nacional ainda não tem essa estrutura, por isso é interessante buscar alternativas na internet de vídeos e atividades indicadas para cada faixa etária. Hoje em dia existem canais no Youtube com conteúdos educativos;

7- Dê atividades para as crianças: No tempo livre, depois de realizarem as tarefas da escola, brincadeiras como STOP, palavras-cruzadas, forca, jogos de tabuleiro, xadrez e outras atividades ajudam a exercitar o cérebro e ocupam o tempo;

8- Jogos com tarefas longas são interessantes: Como montagem de blocos com muitas peças ou quebra-cabeças que são mais em conta. Há mosaicos complexos que exigem horas de dedicação para formar uma imagem e ocupam boa parte do tempo das crianças. Em suas pausas, reserve alguns minutos para mostrar novas atividades que desperte diferentes experiências, como por exemplo, arte com recicláveis e atividades que utilizem recorte e colagem, estimulando a imaginação;

9- Seja o maior exemplo: Todos sabem que as crianças observam os adultos, portanto, mostre para seus filhos a importância da disciplina e dedicação com seu trabalho, assim será mais fácil para a adaptação dos estudos em casa;

10 – Converse e explique a situação atual: Diante desse momento, o importante é explicar todo o contexto de forma leve e lúdica para as crianças, mostrando que esse período é passageiro e logo todos voltaram a sua rotina.

 

Rebeca Toyama é especialista em estratégia de carreira e conscientização financeira. Atua há 20 anos como coach, mentora, palestrante, empreendedora e professora. É especializada em psicologia transpessoal e eneagrama. Atualmente está cursando mestrado sobre bem-estar e conscientização financeira.
Fundadora da Academia de Coaching Integrativo e fez parte da Comissão de Recursos Humanos do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa). 
Colaboradora do livro Coaching Aceleração de Resultados, Coaching para Executivos. Integra o corpo docente da pós-graduação da ALUBRAT (Associação Luso-Brasileira de Transpessoal) e Instituto Filantropia. Coach com certificação internacional em Positive Psychology Coaching e nacional em Coaching Ontológico e Personal Coaching com o Jogo da Transformação.

 

Decor Man

Não entendi Rafa?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, calma!!!  Nem todo cara é Teddy Roosevelt para ter uma casa em tom de marrom e cabeças de animais na parede, embora a maioria pareça meio que das cavernas rs. Não há nenhuma razão para que um sujeito não consiga tornar sua casa adorável, colorida e estilosa né?  Ao contrário da crença popular, não há nada “efeminado” na decoração. Por décadas, os homens criaram alguns dos mais belos espaços do mundo, e já é hora de você fazer de sua casa um local bem decorado né?.

Me diz que você nunca entrou na casa de alguém e disse:
– nossa, essa casa tem a sua cara! ou então

– bem casa de homem, mesmo! ou…

– aiii que casinha de boneca amiga.

Nossa casa diz muito sobre a nossa personalidade, sobre nossos gostos, jeitos. E SIM, hoje é especial para os Homens, manja aquela decor bem chic, básica e clean?.

E quem, nos dá dicas bem bacanas hoje é a arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura, o ambiente evoca mais um conceito: refúgio.

Tons de cinza, mix de texturas e uma iluminação mais que bem pensada criam um clima de mistério e sensualidade nesse quarto masculino. Será um Christian Grey? rs

Para alguns, o cinza pode parecer um tom frio, difícil de aliar à premissa aconchegante que todo quarto necessita. O segredo do uso dessa cor em ambientes íntimos está na combinação de nuances e texturas das tintas, revestimentos e tecidos.

Gente, eu AMO cinza, acho chiquérrimo! pintei o quarto dos meninos de cinza a cor chave de fenda da suvinil.

A iluminação cênica também é responsável pela atmosfera quente e intimista. Spots cumprem o papel de iluminação geral para todo o espaço, importante principalmente nos momentos em que o morador precisa de luz abundante, além da natural proveniente das grandes janelas. O projeto luminotécnico não para por aí: a cabeceira da cama, um modelo statement que ocupa todo o comprimento de sua parede, recebe ainda mais destaque a partir de uma fita de LED.

Em uma mesinha de cabeceira, um abajour serve para as noites em que o morador lê antes de dormir. Do outro, um conjunto de pendentes mantém a simetria da composição, fugindo do uso comum de peças iguais em ambos os lados da cama. No piso, o tapete tem toque suave para os pés descalços.

Arte também não falta nesse quarto. O quadro de Adriana Duque, de uma menina com fones de ouvido mimetizando uma coroa renascentista, ocupa grande parte do móvel atrás de um módulo de sofá cinza. Para a artista, a tela representa o encontro da tradição com a contemporaneidade. A peça atrai o olhar, reinando sobre o ambiente, entrando para o conjunto impactante que torna a decoração repleta de significados.

Uma coisa que eu adoro, são elementos que trazem significado e ou importância. Peças de antiguidades, vintage e colecionáveis ​, são super bacanas. Dar um passeio a qualquer mercado de pulgas ou loja de antiguidades, te deixara  surpreso com o que você encontra.
Sem mencionar o dinheiro que você irá economizar. Mesmo velhas engrenagens enferrujadas e industriais podem fazer uma grande diferença na prateleira. Enquanto você constrói sua decoração, não se preocupe com a aparência de um único item, se uma bugiganga parece interessante, compre-a! no final do dia ela servirá para encher o seu espaço com tesouros únicos que provocam a sua curiosidade e oferecem um retiro do resto do mundo.

Confesso que me identifiquei nessa decor masculina kkkkkk.

Tem peças de algum familiar que lhe causa comoção? Deixe-a em um lugar de destaque, luzes indiretas podem ajudar bastante.

Pedras Exóticas na decoração.

Eita que a gente quando vê aquelas casas chics logo tem aquela pedrona de mármore em algum canto não é?

Elas são muito usadas como revestimentos e bancadas, mas atualmente as pedras vêm ganhando outros espaços na casa e aparecendo como o elemento principal de móveis, peças decorativas e utensílios. E vale tudo: da valorização da aparência bruta às rochas totalmente trabalhadas, das clássicas às mais exóticas, como mármore, pedra-sabão, quartzo e ágata, todas podem ser usadas. Sozinhas ou misturadas a outros materiais, elas brilham na decoração e estão cada vez mais presentes em móveis e objetos.

E quando a gente ouve pedra-sabão logo lembramos do Aleijadinho um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos,nas mãos dele a pedra ganhou a forma de anjos e diversos objetos que ornamentam igrejas até hoje.

Pra falar desse assunto hoje temos o Grupo Guidoni com expertise de mais de 25 anos no segmento, contempla em seu portfólio diferentes superfícies com grandes desenhos contínuos onde a combinação de nuances é responsável por transmitir uma sensação de movimento natural – a essência das rochas exóticas.

São materiais que apresentam uma ampla versatilidade de aplicações e possibilidades de bookmatching, que permitem projetos arquitetônicos ímpares: desde painéis verticais exclusivos a bancadas e tampos de móveis que conferem um toque de design único às peças. Apresentando uma gama intensa de cores diversas, as pedras exóticas podem compor também pisos, escadarias, pias esculpidas, etc., transformando os materiais nos grandes destaques dos projetos.

Abaixo, uma seleção de pedras exóticas do portfólio da Guidoni para adotar na decoração:

Guidoni_Tungstenio

 

Tungstênio – Grandes veios brancos e cinza parecem dançar sobre a superfície do quartzito de intensa base negra com contraste em azul. As linhas sinuosas e dinâmicas trazem vida ao granito, que se destaca nos espaços pela padronagem exclusiva naturalmente esculpida na rocha ao longo dos anos.

Guidoni_Calacatta_White

 

Calacatta White – O quartzito traz sobre a suave superfície branca grandes veios acinzentados marcantes, que exibem diferentes matizes e conferem ao material uma personalidade ímpar, sofisticada e elegante;

 

Guidoni_Crema_Royale

 

CremaRoyale – Combinando nuances de tons intensos como preto, marrom e amarelo às cores mais suaves como creme, bege e branco, o granito exótico apresenta padrões sofisticados e marcantes. O contraste entre as tonalidades quentes e frias cria um visual orgânico e imponente;

 

Guidoni_White_Macaubas

 

White Macaubas – Com uma paleta cromática suave, o quartzito apresenta sobre a base branca uma rica combinação de veios intensos e traços acinzentados. As diferentes tonalidades de cinza percorrem por toda a superfície, trazendo um design minimalista à pedra;

 

Guidoni_Amarone

 

Amarone – Nuances em cinza, preto, branco e marrom conferem a esse granito exótico uma superfície distinta, onde tons frios e quentes se intercalam e se combinam com elegância. Com uma iluminação direcionada, o movimento natural dos veios orgânicos se destaca e parece ganhar vida.

 

 

Aqui em casa temos algumas esculturas em pedra-sabão, as pedras são atemporais e sempre dão um UP na decor não é mesmo?

Beijos.