Quando Nasce uma mãe, nasce a culpa?

Oie amorinhas,

A gente ouve e se pega falando: Nasce a mãe, nasce a culpa. Mas será mesmo?

Pelo dicionário: Significado de Culpa
-substantivo feminino
-Responsabilidade por uma ação que ocasiona dano ou prejuízo a outra pessoa: não assumiu a culpa pelo atraso dos pagamentos.
-[Jurídico] Ato ou omissão repreensível ou criminosa; falta voluntária, delito, crime: pagar por uma culpa.
-[Jurídico] Ação que ocasiona propositalmente danos a outrem.
Sentimento doloroso de quem se arrependeu de suas ações: estou sofrendo porque tenho culpa.

Lendo assim, nenhuma delas se encaixa na maternidade não é? rs.

Nós culpamos por não ter tempo,

Nós culpamos por voltar a trabalhar,

Nós culpamos por não ter conseguido amamentar….

Nós culpamos ou a sociedade está nos julgando?

A mãe esta amamentando seu filho no peito, eis que escuta:

-Nossa essa criança ja come, pra que continuar com o peito?

A mãe amamentando seu filho com a mamadeira, eis que houve:

-A tadinho, você não teve leite? que judiação

A mãe sai pra trabalhar, deixe seu bem mais precioso na escola, babá ou com os avós e…

– Mas você já vai voltar? Vocês tem condição, para de trabalhar.

A sociedade cobra de uma mãe, de um filho, de uma mulher, ela questiona, aponta o dedo, mas ninguém para do seu lado e pergunta:

-Você teve problemas pra amamentar?

Mas aponta o dedo e diz: Olha lá ela da mamadeira.

Hipocrisia? talvez.

Acontece que o mundo esta ficando chato e as pessoas só sabem cobrar, uma mãe puérpera esta com sentimentos aflorados, está tentando entender as mudanças em seu corpo, as mudanças de rotina e isso vale para mamães de primeira, segunda, terceira, quarta e de muitas viagens rs. O ser humano precisa de mais cuidados ao falar, julgar menos e perguntar mais. O que não ajuda, é a visão que a sociedade têm de que os filhos são como um peso a ser suportado, um inconveniente a driblar. A mãe que abre mão de estar trabalhando, para ter mais tempo com os filhos pode se sentir perdendo a oportunidade de fazer algo que tenha reconhecimento na sociedade, por outro lado temos uma sociedade que julga quando uma mãe volta ao seu emprego, ou larga o mesmo para ser mãe em tempo integral.

Não podemos esquecer da frase: – A culpa é da mãe que trabalha o dia inteiro e não vê isso!

SIMPLESMENTE PAREM!

Uma mãe só quer ser Mãe, cuidar e educar do jeito dela, você e mais ninguém é a mãe dos seus filhos, por pior mãe que você se sinta, você sempre será a melhor mãe do mundo. Quantas vezes não nos pegamos abraçando os nossos filhos e pedindo desculpas?.

“Será que uma mãe pode esquecer do seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa se esquecer, eu não me esquecerei de você!“
Isaías 49:15

Vamos focar no mais importante? em ser mãe, sem culpar, sem cobrar, só amando.

Por menos dedos apontados, e mais braços esticados.