Quintal na Varanda?

Eita que eu sou a doida da plantinha, maaaaas mato tudo afogada.

A varanda aqui de casa é grande, mas tem um formato estranho rs, já fizemos algumas mudanças para deixa-la super gostosinha. Como aqui no prédio não temos a varanda técnica (aquela que ficam as máquinas do Ar Condicionado), elas ficavam lá, tornando o lugar uma sauna quando queríamos a sala fresquinha, chamamos um técnico e reinstalamos elas no canto da varanda e fechamos com uma porta de vidro, ebaaaaaaaaa, ficou sensacional.

Mas, como deixar a Varanda gostosinha, verde e aconchegante? Para isso nossos amigos da Todeschini dão dicas mara, que eu já quero por em prática por aqui.

Pequenas ou espaçosas, as varandas são ambientes propícios para reuniões descontraídas e muito relaxamento, assim como os jardins e quintais das casas. O truque para criar esse clima agradável ao ar livre está na maneira como o espaço é aproveitado! Olha só:

 Verde, verde e mais verde! (amei essa parte)

O primeiro passo para deixar a sua sacada com cara de quintal é abrir um espacinho nela para o cultivo de plantas. Além de ser uma tendência, ter uma pequena floresta particular confere à decoração um grau extra de aconchego e vida. Sua varanda tem a metragem muito enxuta para comportar vasos no chão? Não tem problema! Aproveite as paredes e invista em um jardim vertical. As hortinhas de temperos também são muito bem vindas!

Projeto de Coletivo Arquitetos | Foto: Rui Teixeira

Minha paixão: cactos e suculentas, além de dar trabalho zero ficam lindas em vasinhos embelezando prateleiras, mesas, nichos, essas eu não mato afogada rs.

Projeto de Voa Arquitetura | Foto: Rafael Renzo

Lounge para relaxar
Quintais são ambientes relaxantes por essência. Por isso, vale a pena encontrar uma maneira de criar um cantinho na varanda para se esparramar depois de um longo e cansativo dia. Se espaço não for problema, crie um pequeno estar com móveis próprios para área externa. Já as redes e cadeiras de balanço são soluções perfeitas para as varandas menores.
Aqui em casa, comprei móveis de segunda mão, uma forma de contribuir para o meio ambiente e sobrar uma graninha extra para outros detalhes. Queria muito um balanço como o da foto, mas o teto é de gesso, snif.

Foto: Pinterest

Receber com charme e despojamento
A área externa de uma casa costuma ser o lugar dedicado às reuniões e festas com os amigos. Porque não fazer o mesmo com o seu quintal-varanda? Ambientes maiores podem comportar superbem uma cozinha gourmet completa, com churrasqueira e mesa de jantar, enquanto as mini varandas abrigam tranquilamente um cantinho para o bar!
Aqui em casa criamos a Varanda Beer, rs, um móvel que estava na sala e dois nichos que foram tirados do quarto dos meninos foram para a varanda, nos nichos algumas cervejas artesanais com rótulos diferentes, já no móvel algumas bebidas na parte de dentro e cactos e suculentas sobre ele.

O importante é receber os amigos, ter um espaço bem gostosinho para relaxarmos e brincarmos não é?
Lá no Pinterest temos algumas inspirações, e você o que achou das nossas dicas?

Beijão.

 

 

Luz Natural

Eita que a gente não pode “ver” uma boa luz pra fazer aquela selfie não é?

Mas uma luz, é uma luz… ela emoldura o ambiente, ilumina e até nos anima não é mesmo? Para falar da luz natural no ambiente, hoje temos a Todeschini que é referência mundial em qualidade e mantém-se atenta às tendências de design e decoração, oferecendo ao mercado moveleiro um portfólio de produtos de alta qualidade, design e lançamentos inovadores.

A luz natural tem se tornado cada vez mais presente nos projetos de construção civil, já que ajudam a compor decorações mais revigorantes e confortáveis, além de contribuírem com a sustentabilidade, reduzindo os custos de energia elétrica.

Na hora de planejar os ambientes da sua casa, você leva em consideração a iluminação natural? Se ainda não sabe como fazer isso, podemos ajudar com algumas dicas práticas e funcionais. Continue lendo e descubra como aproveitar a luz natural para criar um ambiente único!

Pinte as paredes com cores claras

Sempre que for escolher as cores da sua decoração, principalmente das paredes da sua casa, opte por aquelas que refletem os raios solares, e não que absorvem a luz natural. Essa dica pode ser utilizada nos cômodos que necessitam de mais claridade, como a cozinha e o home office, por exemplo. As cores mais escuras devem ser evitadas e trocadas por tonalidades mais neutras, claras e brilhantes — caso você opte por uma decoração que valorize a luz natural. O branco, nesse caso, é a principal preferência. Por mais que a dica seja para as paredes, nada impede também que ela seja aproveitada para a mobília da casa. No caso dos móveis, prefira também aqueles que são feitos de materiais de cores claras, uma vez que iluminam e refletem mais a luz natural do que as peças escuras.

Escolha portas e janelas de vidro

Nada melhor do que o vidro para compor uma construção e uma decoração que privilegia a luz natural da casa. Além de ser sinônimo de modernidade e sofisticação, esse material é um ótimo aliado para permitir a entrada de iluminação nos ambientes, protegendo o seu interior.

A forma mais prática de contar com a ajuda do vidro na utilização da luz natural é investir em portas e janelas feitas desse material. No entanto, um cuidado deve ser tomado: os vidros devem estar protegidos com películas que não alterem a sua aparência e que impeçam a penetração de raios ultravioletas.


Mantenha as janelas sempre limpas
Outro cuidado relacionado às janelas e portas de vidro é que elas devem estar sempre limpas. Afinal, sujas e empoeiradas, essas entradas de luz não vão funcionar tão bem quanto precisam, não é mesmo?
O ideal é que a limpeza desses locais seja feita regularmente, com produtos que não agridam o material e que não o torne opaco. A ideia é deixar o vidro sempre nas suas melhores condições para que a entrada de luz natural aconteça totalmente. A limpeza, aliás, deve ser algo estendido para toda a decoração clean, já que o que é claro e bem iluminado tende a tornar a sujeira e o pó mais aparentes. Casa bem iluminada requer cuidado, lembre-se sempre disso!

Para a receita caseira de como limpar vidros, você vai precisar de:

  • 5 litros de água; 1 colher de sopa de vinagre (ou detergente neutro); 1 colher de sopa de álcool
  • Balde; Esponja e Pano seco.
    Misture toda essa receita de como limpar vidro de janela (que também pode ser usado em outras superfícies desse material) em um balde; Molhe o lado macio da esponja na mistura e use-o para limpar o vidro. Depois, seque com um pano seco

Posicione móveis de leitura perto das entradas de luz natural

Se você passa algum tempo em casa lendo, trabalhando ou estudando, com certeza vai precisar de iluminação adequada para realizar as atividades. A melhor opção, é claro, é a luz natural. Então, é necessário saber montar os cômodos de forma inteligente, para aproveitar mais as entradas de iluminação solar. Os móveis, como mesas, bancadas e escrivaninhas, principalmente, podem ficar posicionados perto das janelas, de forma que você possa contar mais com a luz natural do que com a sua luminária artificial. Se o seu canto de leitura dispõe de um sofá ou poltrona confortável, a dica do posicionamento também vale! Só tome cuidado para que a incidência solar não desbote ou estrague os móveis de outras formas. Para isso, opte sempre por uma mobília de qualidade, resistente e durável, além de não se esquecer das dicas anteriores, sobre colocar películas de proteção nas janelas e portas.

Adicione espelhos na decoração da sua casa

Outro truque inteligente e que funciona muito bem é adicionar espelhos na decoração dos ambientes. Essa é uma boa alternativa para otimizar a iluminação interna da casa, além de causar a sensação de amplitude do espaço. Quando colocados de forma estratégica, os espelhos refletem muito bem a luz natural. Experimente colocar um em frente a uma janela, por exemplo. O resultado é ótimo e você, com certeza, vai se sentir bem confortável no espaço ampliado e mais iluminado.

*Invista em coberturas zenitais

Você sabe o que são coberturas zenitais*? Elas são uma modalidade de cobertura transparente, que permite a iluminação natural dentro das residências. Existem vários tipos de cobertura, como as claraboias ou os poços de luz. Mas as coberturas transparentes são as mais usuais. Elas podem ser feitas com telhas e outros materiais de policarbonato, e são ótimas para espaços como jardins de inverno, áreas de deck ou em vãos mais estreitos no teto, valorizando corredores que antes eram escuros, por exemplo.


Coloque tijolos de vidro nos banheiros

Os tijolos de vidro também são grandes aliados na decoração que privilegia a luz natural. Eles são muito bem-vindos na solução de banheiros escuros, uma vez que são áreas da casa que, geralmente, não recebem tanta iluminação solar. Além de conseguir uma iluminação natural bacana, os tijolos de vidro também oferecem uma estética diferenciada, com suas texturas em vidro temperado e laminado. Por não possuírem transparência, também dão mais privacidade ao local.

Apare os arbustos e árvores da sua residência

A sua casa possui árvores e arbustos do lado de fora? Se a resposta é sim, você mantém tudo aparado e bem cuidado? Pode ser que essa seja uma das causas de a luz natural não incidir no seu ambiente interno.

Para iluminar mais a sua residência, mantenha seus arbustos e árvores próximos às janelas sempre aparados, de forma que não bloqueiem os raios solares. Manter o verde ao redor da casa é maravilhoso, mas é preciso saber cuidar!

Depois de todas essas dicas, você clareou suas ideias e já sabe como aproveitar a luz natural em cada ambiente da sua casa? Esperamos que sim! A iluminação solar, além de contribuir bastante para um espaço mais confortável e aconchegante, também torna seu lar mais sustentável e, com certeza, a saúde da sua família agradece.

Eu AMOOOO uma janela, uma claridade, o único quarto da casa com cortina é o do Felipe em mais nenhum comodo tem, além de dar aquela sensação boa de acordar com aquela claridade do Sol (sei que é super pessoal isso, rs), dá sensação de ar renovado não é mesmo? E agora, bora deixar o Sol entrar?

Beijos de luz (nesse caso natural, rs)

Pedras Exóticas na decoração.

Eita que a gente quando vê aquelas casas chics logo tem aquela pedrona de mármore em algum canto não é?

Elas são muito usadas como revestimentos e bancadas, mas atualmente as pedras vêm ganhando outros espaços na casa e aparecendo como o elemento principal de móveis, peças decorativas e utensílios. E vale tudo: da valorização da aparência bruta às rochas totalmente trabalhadas, das clássicas às mais exóticas, como mármore, pedra-sabão, quartzo e ágata, todas podem ser usadas. Sozinhas ou misturadas a outros materiais, elas brilham na decoração e estão cada vez mais presentes em móveis e objetos.

E quando a gente ouve pedra-sabão logo lembramos do Aleijadinho um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos,nas mãos dele a pedra ganhou a forma de anjos e diversos objetos que ornamentam igrejas até hoje.

Pra falar desse assunto hoje temos o Grupo Guidoni com expertise de mais de 25 anos no segmento, contempla em seu portfólio diferentes superfícies com grandes desenhos contínuos onde a combinação de nuances é responsável por transmitir uma sensação de movimento natural – a essência das rochas exóticas.

São materiais que apresentam uma ampla versatilidade de aplicações e possibilidades de bookmatching, que permitem projetos arquitetônicos ímpares: desde painéis verticais exclusivos a bancadas e tampos de móveis que conferem um toque de design único às peças. Apresentando uma gama intensa de cores diversas, as pedras exóticas podem compor também pisos, escadarias, pias esculpidas, etc., transformando os materiais nos grandes destaques dos projetos.

Abaixo, uma seleção de pedras exóticas do portfólio da Guidoni para adotar na decoração:

Guidoni_Tungstenio

 

Tungstênio – Grandes veios brancos e cinza parecem dançar sobre a superfície do quartzito de intensa base negra com contraste em azul. As linhas sinuosas e dinâmicas trazem vida ao granito, que se destaca nos espaços pela padronagem exclusiva naturalmente esculpida na rocha ao longo dos anos.

Guidoni_Calacatta_White

 

Calacatta White – O quartzito traz sobre a suave superfície branca grandes veios acinzentados marcantes, que exibem diferentes matizes e conferem ao material uma personalidade ímpar, sofisticada e elegante;

 

Guidoni_Crema_Royale

 

CremaRoyale – Combinando nuances de tons intensos como preto, marrom e amarelo às cores mais suaves como creme, bege e branco, o granito exótico apresenta padrões sofisticados e marcantes. O contraste entre as tonalidades quentes e frias cria um visual orgânico e imponente;

 

Guidoni_White_Macaubas

 

White Macaubas – Com uma paleta cromática suave, o quartzito apresenta sobre a base branca uma rica combinação de veios intensos e traços acinzentados. As diferentes tonalidades de cinza percorrem por toda a superfície, trazendo um design minimalista à pedra;

 

Guidoni_Amarone

 

Amarone – Nuances em cinza, preto, branco e marrom conferem a esse granito exótico uma superfície distinta, onde tons frios e quentes se intercalam e se combinam com elegância. Com uma iluminação direcionada, o movimento natural dos veios orgânicos se destaca e parece ganhar vida.

 

 

Aqui em casa temos algumas esculturas em pedra-sabão, as pedras são atemporais e sempre dão um UP na decor não é mesmo?

Beijos.

Mesa lateral na decoração.

Oieee,

Hoje em dia as mesinhas laterias estão super em alta e além de dar aquele UP na decor são super funcionais. Eu amooo objetos úteis, rs. Apesar de não ser exatamente um móvel essencial, a mesa lateral pode ser muito útil além de complementar a decoração, dando um toque extra de charme.  A mesa lateral geralmente é usada na sala de estar e ao lado dos sofás, sabe aquele espacinho vazio que a gente sente que falta algo, coloca lá a mesa e voulá, mas elas também ficam bem charmosas quando colocadas ao lado de uma poltrona.

A mesa lateral não costuma ser muito baixinha como uma mesa de centro nem mais alta como uma mesa de jantar, o ideal é não ultrapassar 10 cm para cima ou para baixo do braço da poltrona ou sofá.. Essa altura permite que a mesa lateral para sala seja usada confortavelmente como um apoio extra para quem está no sofá, permitindo, por exemplo, colocar ali objetos que estão usando, como copos e controles remotos.

(inusual)

As mesas laterais ou mesas auxiliares, podem ser funcionais ou decorativas, dependendo do gosto do morador ou da necessidade de cada casa. Caso sejam funcionais, podem servir de apoio para livros, controles ou base para vasos e artigos de decoração. Mas também podem compor um ambiente como uma obra de arte, devido à exuberância, formato e matéria-prima utilizada. A versatilidade da peça permite que ela seja usada em vários lugares da casa!

07 passos para a mesa lateral ser utilizada com sucesso, rs:

  1. Escolha o local ideal para a mesa lateral. …
  2. Conheça os modelos de mesa lateral. …
  3. Tenha atenção ao tamanho da mesa. …
  4. Defina a cor da mesa. …
  5. Confira a altura da mesa. …
  6. Use a mesa lateral no lugar da mesinha de centro. …
  7. Selecione os objetos decorativos.

Eu já me inspirei e to com várias idéias pra nova decoração da sala, rs.

E você, gostou da nossa dica?

Beijos.

 

Meu berço

A gravidinha que não faz 1000 pesquisas no pinterest de quarto de bebê assim que descobre que está grávida levanta a mão! kkkkkk

Gente do céu, além de pesquisar inúmeros quartos eu já tinha algo em mente: berço redondo e nada de branco. Não é modismo, mas eu não curto quarto de bebê com cara de bebê, entenderam? rs.

 

Algumas cores e a temática já estavam pré estabelecidas: elefantes e as cores cinza, preto e branco depois que descobrimos o sexo a cor de destaque seria o azul tiffany. Claro que além de cor, o que mais me preocupa é a segurança, o bebê passa a maior parte do tempo dentro do berço e depois eles começam a ficar em pé e se sustentam nas bordas. Desde dezembro de 2012, os berços infantis são fabricados e importados somente atendendo aos requisitos aprovados pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial). Apenas berços de balanço ou de movimento pendular e berços utilizados para fins hospitalares estão isentos da certificação. Além disso, desde 21 de junho de 2014, o selo também passou a ser obrigatório para a comercialização do móvel. Para saber se o modelo escolhido é confiável, é imprescindível checar se a peça vem com manual de instalação com versão em português e instruções claras de como montá-la. (fonte: Inmetro).

Em minhas buscas achei o berço dos meus sonhos:

isso que eu chamo de berço pra vida toda kkkkk, custo x benefício.

Aii mas ele vai dormir no berço? Vai SIM, rs.

Encomendei o meu berço na loja Projeto Criança lá eles tem a movelaria da marca Sleeper, e tudo pro quarto do bebê e da criança e já to babando em uma cama bem fofurenta kkkkkkk. Como o quarto é pequeno o berço será uma das peças em destaque e a parede do trocador terá detalhes de elefantes, onde contaremos num próximo post rs.

A cor do berço foi uma votação em família, o marido é mais básico e queria branco, eu preto e o mais nova e o mais velho tifany kkkkk e pah:

A Claudia da loja Projeto Criança (uma querida, super simpática e paciente) me contou que toda mamãe que chega lá com o berço redondo em mente não se encanta com mais nenhum berço, rs e tenho que confessar que ela me mostrou a loja TODA rs e não teve jeito.

Nosso cantinho

 

 

OBS.: eu usava a tela de proteção da marca: Breathablebaby eles tem básicas e estampadas.

 

 

E de acordo que o nosso pequeno foi crescendo, o berço foi junto. Hoje já estamos com 10 meses e tem 01 semana que está como mini cama, em breve conto pra vocês essa transição.

Dicas para um soninho gostoso:

 

Uma rotina simples e consistente é reconfortante para o seu filho e para nós. Isso pode incluir um banho quente, uma história ou uma música. Fazer a mesma coisa todas as noites vai prepará-lo e ele vai saber que é hora de dormir.

Os bebês precisam, em média, de 10 a 14 horas de sono por dia e isso inclui aquela soneca da tarde.

Aromoterapia, por aqui uso um sabonete e um shampoo de dia e um de noite, o banho da noite procuro não colocar brinquedos,o tom de voz mais baixo, e a iluminação mais fechada.

Banhos terapêuticos também podem ser ótimos aliados para a soneca.

 

Me contem como vocês escolheram o berço de vocês?

Espero que tenham gostado, e até a próxima.

Beijos.

 

 

 

Iluminando e Decorando

Quem ama entrar em um lugar e ter aquela puta iluminação?

Já logo falamos: – Essa luz super me favorece, já vou fazer uma selfie. Não é verdade rs?

Aqui em casa, as luzes indiretas são todas brancas e de led, economia né amores, e as diretas amareladas. Vocês sabiam que as luzes são super responsáveis pela decor? Elas que vão contribuir para que o ambiente seja: romântico, acolhedor, intimista, descontraído e elas também podem variar de ambientes.

Mas vem cá, você sabe diferenciar a luz direta da indireta? O nome já explica mais ou menos a função de cada uma:

A iluminação direta é recomendada quando se precisa de uma iluminação mais focada, dando destaque a algum ponto da decoração e não só fazendo parte dela direta é quando a luz incide diretamente sobre uma superfície. Spots, pendentes, luminárias de mesa e abajures são os responsáveis por esse tipo de iluminação. Em alguns ambientes como: home office, sala de leitura e quarto, a luz direta é indispensável, pois facilita a leitura e o uso do computador.

Já a iluminação indireta, ela não possui um foco dirigido para iluminar, ela ilumina o ambiente como um todo, funcionando como uma luz de ambientação. Sua luz incide na superfície e só depois é refletida para iluminar outros cantos do local de forma uniforme. Para otimizar sua reflexão, é recomendado que essas superfícies reflexivas sejam de cores claras.

Maaaaas nosso post de hoje terá a iluminação direta  e as luminárias como destaque.

Nos quartos eu prefiro a iluminação direta amarelada,  o quarto fica muito mais aconchegante, além de dar aquele “arzinho” pinterest. O bacana é que as luminárias tem se reinventado e aquele abajur de cúpula simples, já nem aparece tão simples assim. E hoje as luminárias podem ate ser uma peça de destaque no cômodo. Algumas são verdadeiras peças de decoração:

Uma camisa ou uma luminária? A Clothes Hanger Lamp, desenhada pelo escritório de design holandês Droog, faz as vezes de um cabide e também de uma luminária pessoal. Basta pendurar uma roupa de sua escolha e voilà! Disponível na Carbono.

Já ameeeei demais essas, tem uma pegada urbana sensacional, Luminária Alien, da Next,

luminárias assinadas por Ingo Maurer, trazem os insetos pra dentro de casa, e eu pirei na primeira repleta de borboletinhas, ambas disponíveis na FAS Iluminação.

Claro que não podemos nos esquecer das queridinhas do momento:

os luminosos que vão de A á Z e em formatos de abacaxis, cactos, unicórnios, entre outro, eslas tem um custo beneficio super bacana e são ótimas para decorar.

Os cordãos luminosos podem ser encontrados em diversas cores e com a opção de serem de tomada ou pilha. Foi uma das minhas escolhas para os quartos dos meninos em duas propostas bem diferentes, que mostrarei em breve.

Cordão de Luz – você encontra na loja Veio na Mala

Um que eu acho super mágico e estou querendo, é essa luz de fada. Ela cria uma atmosfera bem lúdica e pode ser ótima para compor um detalhe no aparador ou mesa da sala.

Bem gente, tivemos digamos um post bem iluminado por aqui, rs. Espero que tenham gostado e se inspirado.

Beijos de luz.