Vamos entrar e tomar uma xícara?

Aquela frase que a Dona Florinda sempre falava e a gente só repetia né?

Mas se você é do time: a xícara é minha e nela tomo o que eu quiser, pera que  vamos conversar sobre isso, rs.

Você sabia que existe um tipo de xícara adequado para cada ocasião e que você também pode utilizar seu conjunto de xícaras para destacar a decoração da cozinha ou da mesa? Eu utilizei as minhas como destaque na prateleira que dividi a sala de jantar com a de estar.
Como moramos no litoral, minhas xícaras são bem Praieiras e lembram escamas de sereia na minha visão, na do filho e marido peixe rs.

Mas afinal Rafa, explica direito essa história de que tem xícara pra tudo.

Seja para uso no café da manhã ou em ocasiões especiais, há um tipo de xícara adequado para cada ocasião, e considerar as características dos materiais é um aspecto de fundamental importância para a escolha de um conjunto de xícara e pires que atenda às nossas necessidades, já eu comprava pela buniteza.

Xícara de vidro: O vidro é um dos materiais mais comumente utilizados para fabricação de louças como conjuntos de xícara e pires para uso constante. O material funciona como um excelente retentor de temperatura.

Xícara de porcelana: O conjunto de xícaras e pires feitos de porcelana é ideal para manter a bebida aquecida por mais tempo, pois conserva bem o calor. A flexibilidade do material permite que ele seja trabalhado através de inúmeras técnicas de gravação e pintura. Delicadas e elegantes, as xícaras de porcelana estão disponíveis em uma imensa variedade de estilos e são uma escolha adequada para uso em ocasiões especiais.

Xícara de cerâmica: A cerâmica é um material mais resistente e de textura mais acentuada que a porcelana. Um conjunto de xícara e pires de cerâmica é uma ótima opção de design para louças de uso diário.

Xícara de plástico: Colorido, leve e resistente, esse tipo de produto é uma excelente alternativa de utensílio para uso infantil. O plástico utilizado para fabricar esse tipo de recipiente é especialmente projetado para reter o calor e conservar a temperatura da bebida.

Sabe quando a gente quebra uma xícara de um jogo, ai quebra de outro e quando vamos ver não temos um conjunto completo? Se elas tiverem cores e ou desenhos que se conversem, fica super bacana misturar, mas se você não quer ousar, que tal usa-las na decoração?

foto: pinterest

 

Agora aquela regrinha dos bons costumes: o recomendado é encher a xícara até um pouco a mais que a metade.

 

Agora me diz, você é do time café ou chá?

Minimalista

Acho tão chic: decor Minimalista.
Aquele bom e velho ditado: – Menos é mais!

Não precisamos de muito nessa vida não é? e muito alem de TER devemos SER

Mas você sabia que caminhar para um estilo de vida minimalista pode trazer muitos benefícios. A transição pode não ser simples, mas pode valer a pena a longo prazo, a escolha de viver uma vida de simplicidade pode ajudá-lo a limpar sua mente e também aliviar muito o estresse. As pessoas muitas vezes vinculam as coisas materiais à felicidade ou ao bem-estar geral, criamos um apego em objetos e movelarias que eram de pessoas queridas e próximas, mas o verdadeiro apego tem que ser as lembranças. Limpar o excesso e liberar as coisas materiais pode diminuir muito o nível geral de estresse de uma pessoa.

Mas Rafa, como faço para começar um estilo minimalitsa?
Tire algum tempo para descobrir do que você vai se livrar e o que vai com você para o seu novo estilo de vida. Além disso, reserve um tempo para pensar sobre o que você quer fazer da sua vida. Você descobrirá que adotar um estilo de vida minimalista pode resultar em ter mais tempo em suas mãos. Descubra o que você quer fazer com esse tempo, ler um livro, um café com as amigas….

Os interiores de decoração minimalistas são baseados na simplicidade. Nesse tipo de ambiente é comum o predomínio de linhas retas e traçados geométricos ao invés das curvas e da sinuosidade típicas de outras decorações. As cores também têm sua função na decoração minimalista. Elas devem ser escolhidas de acordo com as características do ambiente de modo a reforçar ou facilitar o dia a dia. Em termos gerais, é possível destacar uma preferência pelas tonalidades básicas e naturais como o branco, o preto, o cinza, o azul, o bege e suas variações.

Móveis na Decoração Minimalista

O mobiliário  na decoração minimalista são funcionais, não adianta nada comprar um mancebo porque achou lindo e ele acabar servindo de: deixa aqui, depois eu guardo. Os móveis minimalistas são escolhidos de modo a não obstruir o espaço livre da casa e assim facilitar as tarefas diárias. Mesas, cadeira, sofá, cada peça é escolhida de acordo com sua função, pois os cômodos na decor minimalistas são mobiliados com o essencial. Móveis inteligentes como a cama futon, pufes e cabideiros são algumas dos móveis encontrados no interior de decorações minimalistas.

Agora aquela dica pra vida:

  1. Desapegue: se você é do tipo que acumula objetos, móveis e vestimentas em todas as esquinas disponíveis da sua casa, é hora de repensar suas decisões. Muitas vezes acumulamos tantos objetos que a única solução é desapegar. Doe, venda ou troque tudo o que não estiver sendo utilizado. Eis o primeiro passo para uma decoração minimalista e dias mais leves.
  2. Menos é mais: a decoração minimalista é baseada na escolha de poucos elementos quando o assunto é ambientação. Nada de excessos. Opte por móveis que funcionem e sejam fáceis de limpar. Privilegie os espaços vazios. O grande segredo para decorar com menos é mais, é manter o ambiente natural e certificando-se de que os sentidos não estejam sobrecarregados ou estimulados em excesso.
  3. Limpeza em dia: a limpeza do ambiente é um dos aspectos chaves da vida né? É ela que permite a sensação de relaxamento e conforto que precisamos para nossos dias. Portanto, mantenha o chão e as superfícies dos móveis limpas e livres de objetos e acessórios em excesso.
  4. Aposte na praticidade: móveis e acessórios práticos são sinônimos da decoração minimalista. Se uma peça, móvel ou objeto substitui a existência de três produtos, opte pelo mais prático, eu to amando aquele

E você pronto para mudar?

 

Beijos.

Decor Man

Não entendi Rafa?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, calma!!!  Nem todo cara é Teddy Roosevelt para ter uma casa em tom de marrom e cabeças de animais na parede, embora a maioria pareça meio que das cavernas rs. Não há nenhuma razão para que um sujeito não consiga tornar sua casa adorável, colorida e estilosa né?  Ao contrário da crença popular, não há nada “efeminado” na decoração. Por décadas, os homens criaram alguns dos mais belos espaços do mundo, e já é hora de você fazer de sua casa um local bem decorado né?.

Me diz que você nunca entrou na casa de alguém e disse:
– nossa, essa casa tem a sua cara! ou então

– bem casa de homem, mesmo! ou…

– aiii que casinha de boneca amiga.

Nossa casa diz muito sobre a nossa personalidade, sobre nossos gostos, jeitos. E SIM, hoje é especial para os Homens, manja aquela decor bem chic, básica e clean?.

E quem, nos dá dicas bem bacanas hoje é a arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura, o ambiente evoca mais um conceito: refúgio.

Tons de cinza, mix de texturas e uma iluminação mais que bem pensada criam um clima de mistério e sensualidade nesse quarto masculino. Será um Christian Grey? rs

Para alguns, o cinza pode parecer um tom frio, difícil de aliar à premissa aconchegante que todo quarto necessita. O segredo do uso dessa cor em ambientes íntimos está na combinação de nuances e texturas das tintas, revestimentos e tecidos.

Gente, eu AMO cinza, acho chiquérrimo! pintei o quarto dos meninos de cinza a cor chave de fenda da suvinil.

A iluminação cênica também é responsável pela atmosfera quente e intimista. Spots cumprem o papel de iluminação geral para todo o espaço, importante principalmente nos momentos em que o morador precisa de luz abundante, além da natural proveniente das grandes janelas. O projeto luminotécnico não para por aí: a cabeceira da cama, um modelo statement que ocupa todo o comprimento de sua parede, recebe ainda mais destaque a partir de uma fita de LED.

Em uma mesinha de cabeceira, um abajour serve para as noites em que o morador lê antes de dormir. Do outro, um conjunto de pendentes mantém a simetria da composição, fugindo do uso comum de peças iguais em ambos os lados da cama. No piso, o tapete tem toque suave para os pés descalços.

Arte também não falta nesse quarto. O quadro de Adriana Duque, de uma menina com fones de ouvido mimetizando uma coroa renascentista, ocupa grande parte do móvel atrás de um módulo de sofá cinza. Para a artista, a tela representa o encontro da tradição com a contemporaneidade. A peça atrai o olhar, reinando sobre o ambiente, entrando para o conjunto impactante que torna a decoração repleta de significados.

Uma coisa que eu adoro, são elementos que trazem significado e ou importância. Peças de antiguidades, vintage e colecionáveis ​, são super bacanas. Dar um passeio a qualquer mercado de pulgas ou loja de antiguidades, te deixara  surpreso com o que você encontra.
Sem mencionar o dinheiro que você irá economizar. Mesmo velhas engrenagens enferrujadas e industriais podem fazer uma grande diferença na prateleira. Enquanto você constrói sua decoração, não se preocupe com a aparência de um único item, se uma bugiganga parece interessante, compre-a! no final do dia ela servirá para encher o seu espaço com tesouros únicos que provocam a sua curiosidade e oferecem um retiro do resto do mundo.

Confesso que me identifiquei nessa decor masculina kkkkkk.

Tem peças de algum familiar que lhe causa comoção? Deixe-a em um lugar de destaque, luzes indiretas podem ajudar bastante.

Lançamento Cósmico

Eita, que tem um lançamento bem bacana das tintas Sherwin-Williams Colormix 2019.

São 07 tons que remetem a Galaxia e que podem ser combinados entre si ou serem usados sozinhos.

Visionárias, cósmicas e criativas. Assim são as sete cores que compõem a paleta Transformador, da Sherwin-Williams Colormix 2019. Sozinhas ou combinadas a outras, cada uma conta uma história diferente, trazendo à decoração um universo de inspirações.

Ancorados por azuis-marinhos intensos, esses tons capturam o espaço único que repousa entre a tecnologia e a espiritualidade. “É como se a paleta Transformador estivesse um passo a frente do seu tempo. São cores cósmicas, que proporcionam sentimentos etéreos de luz e escuridão”, explica Patrícia Fecci, gerente de marketing da Sherwin-Williams e especialista em cores.

Segundo ela, as maiores inspirações para a composição da paleta foram os anéis de Saturno, a inteligência artificial, o espiritualismo e a leveza. E essa explosão de emoções e sensações chegou às cores:

  • Chá Refrescante (SW0063),
  • Suavidade da Alma (SW6827),
  • Nugget (SW6697),
  • Extrabranco (SW7006),
  • Mar Sem Fim (SW9150),
  • Azul Intuitivo (SW6808) e
  • Noite Escura (SW6237).

“Essas cores estão se tornando cada vez mais populares, aparecendo em paredes internas, pisos, mobiliário, iluminação, acessórios e na arquitetura”, ressalta Patrícia.

Além das cores, materiais atmosféricos que dão vida à paleta têm uma qualidade etérea e transcendental, podendo parecer parcialmente derretidos, congelados, rachados ou vaporosos. “Temos visto uma abundância de referências espaciais, tanto no design quanto na grande mídia. A própria moda oferece muitas influências à paleta Transformador, com materiais de alta tecnologia e um design cósmico. De planetas lúdicos a estampas estelares, designers combinam imaginação, fantasia e tecnologia para criar um visual espacial. E isso segue como inspiração na decoração, gerando ambientes de outro mundo”.

Essa influência do espaço também traz para a paleta inspirações no lançamento da SpaceX e no astrofísico e cosmólogo Carl Sagan, um dos mais famosos incentivadores da busca pela inteligência extraterrestre. “Transformador nos oferece uma conexão com o desconhecido. Suas cores exploram as galáxias, proporcionando uma experiência sem precedentes”.

 

 

A sensação de paz e relaxamento que a paleta sugere também tem inspiração na atual obsessão com o bem-estar e a espiritualidade. “Experiências sensoriais, como as que envolvem aromas, cores e sons, que antes eram encontradas apenas em spas, conquistam cada vez mais os lares mais místicos e ganharam de vez um espaço na decoração”.

 

 

 

Eu já estou apaixonada nesse lançamento e já quero pintar a casa toda, rs, a casa toooooda não garanto, mas a sala ja to aqui com mil idéias.

E você, o que achou desse lançamento?

 

Como decorar com a cor do Ano

 

Como descansar com tantas novidades na decoração? rs

Confesso que eu aguardo ansiosa as cores que a Pantone elege, sempre são fortes e impossível de não gostar . Já logo quero um acessório novo pra sala ou para qualquer outro comodo, rs. Mas como combinar uma cor forte para o nosso dia a dia sem nos cansar e ou enjoar não é?

A escolhida foi a Living Coral (16-1546), um tom energizante e charmoso, que promete ditar tendências na criação de produtos e no mundo da moda, na movelaria e no design de interiores.

Segundo a Pantone, a cor será destaque, pois irradia familiaridade e vida, assim como é encontrada na natureza, por baixo de todo o oceano. A Living Coral acolhe com sua aura cálida e nutritiva, flutuando e reconfortando em um ambiente que exige constante transformação.

Mas Rafa, como usar tons de coral na decoração?

“O coral é um tom alegre e cheio de vida, que harmoniza facilmente com diversas cores, como cinza, marinho e verde musgo, além dos tons pastéis. Pode ser utilizado ainda com outras nuances, criando um ambiente dinâmico e, ao mesmo tempo, equilibrado”.

Por ser uma cor já conhecida no mercado de decoração, alguns elementos serão facilmente encontrados, como almofadas, pendentes, molduras e poltronas. “Criar um ponto de cor em um espaço minimalista, apostando no coral, é uma forma de inserir a tendência ao dia a dia, seja em um objeto decorativo, uma parede ou um arranjo floral”, sugere a especialista.

É válido ainda buscar alternativas práticas e funcionais, como o papel de parede, mantas para o sofá, adornos de cerâmica e porcelana, vasos e porta-retratos, tornando o ambiente divertido e interessante, tanto para os moradores, quanto para os visitantes.

“A cor imprime por si só uma energia fantástica e aconchegante, tornando o ambiente agradavelmente iluminado e radiante. Vale harmonizar o Living Coral, inclusive, com objetos metálicos e cristais”.

A Mobly nos apresentou opções bacanas e acessíveis para dar um UP naquele cantinho especial e deixar nossa casinha beeeem na moda.

1. Pendente Inovare Metal Coral, R$69,00 | 2. Mesa Lateral Alta com Vidro Minion Coral e Branco, R$203,99 | 3. Pôster com Moldura A5 Pinus – Connections Coral, R$49,90 | 4. Aparador Penteadeira Console Suspenso Laqueado, R$468,00 | 5. Caneca para Sopa Coral 350 ml, R$50,23 | 6. Cadeira Paris Linho Coral, R$275,99.

Espero que tenham gostado.

Beijos

Quintal na Varanda?

Eita que eu sou a doida da plantinha, maaaaas mato tudo afogada.

A varanda aqui de casa é grande, mas tem um formato estranho rs, já fizemos algumas mudanças para deixa-la super gostosinha. Como aqui no prédio não temos a varanda técnica (aquela que ficam as máquinas do Ar Condicionado), elas ficavam lá, tornando o lugar uma sauna quando queríamos a sala fresquinha, chamamos um técnico e reinstalamos elas no canto da varanda e fechamos com uma porta de vidro, ebaaaaaaaaa, ficou sensacional.

Mas, como deixar a Varanda gostosinha, verde e aconchegante? Para isso nossos amigos da Todeschini dão dicas mara, que eu já quero por em prática por aqui.

Pequenas ou espaçosas, as varandas são ambientes propícios para reuniões descontraídas e muito relaxamento, assim como os jardins e quintais das casas. O truque para criar esse clima agradável ao ar livre está na maneira como o espaço é aproveitado! Olha só:

 Verde, verde e mais verde! (amei essa parte)

O primeiro passo para deixar a sua sacada com cara de quintal é abrir um espacinho nela para o cultivo de plantas. Além de ser uma tendência, ter uma pequena floresta particular confere à decoração um grau extra de aconchego e vida. Sua varanda tem a metragem muito enxuta para comportar vasos no chão? Não tem problema! Aproveite as paredes e invista em um jardim vertical. As hortinhas de temperos também são muito bem vindas!

Projeto de Coletivo Arquitetos | Foto: Rui Teixeira

Minha paixão: cactos e suculentas, além de dar trabalho zero ficam lindas em vasinhos embelezando prateleiras, mesas, nichos, essas eu não mato afogada rs.

Projeto de Voa Arquitetura | Foto: Rafael Renzo

Lounge para relaxar
Quintais são ambientes relaxantes por essência. Por isso, vale a pena encontrar uma maneira de criar um cantinho na varanda para se esparramar depois de um longo e cansativo dia. Se espaço não for problema, crie um pequeno estar com móveis próprios para área externa. Já as redes e cadeiras de balanço são soluções perfeitas para as varandas menores.
Aqui em casa, comprei móveis de segunda mão, uma forma de contribuir para o meio ambiente e sobrar uma graninha extra para outros detalhes. Queria muito um balanço como o da foto, mas o teto é de gesso, snif.

Foto: Pinterest

Receber com charme e despojamento
A área externa de uma casa costuma ser o lugar dedicado às reuniões e festas com os amigos. Porque não fazer o mesmo com o seu quintal-varanda? Ambientes maiores podem comportar superbem uma cozinha gourmet completa, com churrasqueira e mesa de jantar, enquanto as mini varandas abrigam tranquilamente um cantinho para o bar!
Aqui em casa criamos a Varanda Beer, rs, um móvel que estava na sala e dois nichos que foram tirados do quarto dos meninos foram para a varanda, nos nichos algumas cervejas artesanais com rótulos diferentes, já no móvel algumas bebidas na parte de dentro e cactos e suculentas sobre ele.

O importante é receber os amigos, ter um espaço bem gostosinho para relaxarmos e brincarmos não é?
Lá no Pinterest temos algumas inspirações, e você o que achou das nossas dicas?

Beijão.

 

 

Luz Natural

Eita que a gente não pode “ver” uma boa luz pra fazer aquela selfie não é?

Mas uma luz, é uma luz… ela emoldura o ambiente, ilumina e até nos anima não é mesmo? Para falar da luz natural no ambiente, hoje temos a Todeschini que é referência mundial em qualidade e mantém-se atenta às tendências de design e decoração, oferecendo ao mercado moveleiro um portfólio de produtos de alta qualidade, design e lançamentos inovadores.

A luz natural tem se tornado cada vez mais presente nos projetos de construção civil, já que ajudam a compor decorações mais revigorantes e confortáveis, além de contribuírem com a sustentabilidade, reduzindo os custos de energia elétrica.

Na hora de planejar os ambientes da sua casa, você leva em consideração a iluminação natural? Se ainda não sabe como fazer isso, podemos ajudar com algumas dicas práticas e funcionais. Continue lendo e descubra como aproveitar a luz natural para criar um ambiente único!

Pinte as paredes com cores claras

Sempre que for escolher as cores da sua decoração, principalmente das paredes da sua casa, opte por aquelas que refletem os raios solares, e não que absorvem a luz natural. Essa dica pode ser utilizada nos cômodos que necessitam de mais claridade, como a cozinha e o home office, por exemplo. As cores mais escuras devem ser evitadas e trocadas por tonalidades mais neutras, claras e brilhantes — caso você opte por uma decoração que valorize a luz natural. O branco, nesse caso, é a principal preferência. Por mais que a dica seja para as paredes, nada impede também que ela seja aproveitada para a mobília da casa. No caso dos móveis, prefira também aqueles que são feitos de materiais de cores claras, uma vez que iluminam e refletem mais a luz natural do que as peças escuras.

Escolha portas e janelas de vidro

Nada melhor do que o vidro para compor uma construção e uma decoração que privilegia a luz natural da casa. Além de ser sinônimo de modernidade e sofisticação, esse material é um ótimo aliado para permitir a entrada de iluminação nos ambientes, protegendo o seu interior.

A forma mais prática de contar com a ajuda do vidro na utilização da luz natural é investir em portas e janelas feitas desse material. No entanto, um cuidado deve ser tomado: os vidros devem estar protegidos com películas que não alterem a sua aparência e que impeçam a penetração de raios ultravioletas.


Mantenha as janelas sempre limpas
Outro cuidado relacionado às janelas e portas de vidro é que elas devem estar sempre limpas. Afinal, sujas e empoeiradas, essas entradas de luz não vão funcionar tão bem quanto precisam, não é mesmo?
O ideal é que a limpeza desses locais seja feita regularmente, com produtos que não agridam o material e que não o torne opaco. A ideia é deixar o vidro sempre nas suas melhores condições para que a entrada de luz natural aconteça totalmente. A limpeza, aliás, deve ser algo estendido para toda a decoração clean, já que o que é claro e bem iluminado tende a tornar a sujeira e o pó mais aparentes. Casa bem iluminada requer cuidado, lembre-se sempre disso!

Para a receita caseira de como limpar vidros, você vai precisar de:

  • 5 litros de água; 1 colher de sopa de vinagre (ou detergente neutro); 1 colher de sopa de álcool
  • Balde; Esponja e Pano seco.
    Misture toda essa receita de como limpar vidro de janela (que também pode ser usado em outras superfícies desse material) em um balde; Molhe o lado macio da esponja na mistura e use-o para limpar o vidro. Depois, seque com um pano seco

Posicione móveis de leitura perto das entradas de luz natural

Se você passa algum tempo em casa lendo, trabalhando ou estudando, com certeza vai precisar de iluminação adequada para realizar as atividades. A melhor opção, é claro, é a luz natural. Então, é necessário saber montar os cômodos de forma inteligente, para aproveitar mais as entradas de iluminação solar. Os móveis, como mesas, bancadas e escrivaninhas, principalmente, podem ficar posicionados perto das janelas, de forma que você possa contar mais com a luz natural do que com a sua luminária artificial. Se o seu canto de leitura dispõe de um sofá ou poltrona confortável, a dica do posicionamento também vale! Só tome cuidado para que a incidência solar não desbote ou estrague os móveis de outras formas. Para isso, opte sempre por uma mobília de qualidade, resistente e durável, além de não se esquecer das dicas anteriores, sobre colocar películas de proteção nas janelas e portas.

Adicione espelhos na decoração da sua casa

Outro truque inteligente e que funciona muito bem é adicionar espelhos na decoração dos ambientes. Essa é uma boa alternativa para otimizar a iluminação interna da casa, além de causar a sensação de amplitude do espaço. Quando colocados de forma estratégica, os espelhos refletem muito bem a luz natural. Experimente colocar um em frente a uma janela, por exemplo. O resultado é ótimo e você, com certeza, vai se sentir bem confortável no espaço ampliado e mais iluminado.

*Invista em coberturas zenitais

Você sabe o que são coberturas zenitais*? Elas são uma modalidade de cobertura transparente, que permite a iluminação natural dentro das residências. Existem vários tipos de cobertura, como as claraboias ou os poços de luz. Mas as coberturas transparentes são as mais usuais. Elas podem ser feitas com telhas e outros materiais de policarbonato, e são ótimas para espaços como jardins de inverno, áreas de deck ou em vãos mais estreitos no teto, valorizando corredores que antes eram escuros, por exemplo.


Coloque tijolos de vidro nos banheiros

Os tijolos de vidro também são grandes aliados na decoração que privilegia a luz natural. Eles são muito bem-vindos na solução de banheiros escuros, uma vez que são áreas da casa que, geralmente, não recebem tanta iluminação solar. Além de conseguir uma iluminação natural bacana, os tijolos de vidro também oferecem uma estética diferenciada, com suas texturas em vidro temperado e laminado. Por não possuírem transparência, também dão mais privacidade ao local.

Apare os arbustos e árvores da sua residência

A sua casa possui árvores e arbustos do lado de fora? Se a resposta é sim, você mantém tudo aparado e bem cuidado? Pode ser que essa seja uma das causas de a luz natural não incidir no seu ambiente interno.

Para iluminar mais a sua residência, mantenha seus arbustos e árvores próximos às janelas sempre aparados, de forma que não bloqueiem os raios solares. Manter o verde ao redor da casa é maravilhoso, mas é preciso saber cuidar!

Depois de todas essas dicas, você clareou suas ideias e já sabe como aproveitar a luz natural em cada ambiente da sua casa? Esperamos que sim! A iluminação solar, além de contribuir bastante para um espaço mais confortável e aconchegante, também torna seu lar mais sustentável e, com certeza, a saúde da sua família agradece.

Eu AMOOOO uma janela, uma claridade, o único quarto da casa com cortina é o do Felipe em mais nenhum comodo tem, além de dar aquela sensação boa de acordar com aquela claridade do Sol (sei que é super pessoal isso, rs), dá sensação de ar renovado não é mesmo? E agora, bora deixar o Sol entrar?

Beijos de luz (nesse caso natural, rs)

Pedras Exóticas na decoração.

Eita que a gente quando vê aquelas casas chics logo tem aquela pedrona de mármore em algum canto não é?

Elas são muito usadas como revestimentos e bancadas, mas atualmente as pedras vêm ganhando outros espaços na casa e aparecendo como o elemento principal de móveis, peças decorativas e utensílios. E vale tudo: da valorização da aparência bruta às rochas totalmente trabalhadas, das clássicas às mais exóticas, como mármore, pedra-sabão, quartzo e ágata, todas podem ser usadas. Sozinhas ou misturadas a outros materiais, elas brilham na decoração e estão cada vez mais presentes em móveis e objetos.

E quando a gente ouve pedra-sabão logo lembramos do Aleijadinho um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos,nas mãos dele a pedra ganhou a forma de anjos e diversos objetos que ornamentam igrejas até hoje.

Pra falar desse assunto hoje temos o Grupo Guidoni com expertise de mais de 25 anos no segmento, contempla em seu portfólio diferentes superfícies com grandes desenhos contínuos onde a combinação de nuances é responsável por transmitir uma sensação de movimento natural – a essência das rochas exóticas.

São materiais que apresentam uma ampla versatilidade de aplicações e possibilidades de bookmatching, que permitem projetos arquitetônicos ímpares: desde painéis verticais exclusivos a bancadas e tampos de móveis que conferem um toque de design único às peças. Apresentando uma gama intensa de cores diversas, as pedras exóticas podem compor também pisos, escadarias, pias esculpidas, etc., transformando os materiais nos grandes destaques dos projetos.

Abaixo, uma seleção de pedras exóticas do portfólio da Guidoni para adotar na decoração:

Guidoni_Tungstenio

 

Tungstênio – Grandes veios brancos e cinza parecem dançar sobre a superfície do quartzito de intensa base negra com contraste em azul. As linhas sinuosas e dinâmicas trazem vida ao granito, que se destaca nos espaços pela padronagem exclusiva naturalmente esculpida na rocha ao longo dos anos.

Guidoni_Calacatta_White

 

Calacatta White – O quartzito traz sobre a suave superfície branca grandes veios acinzentados marcantes, que exibem diferentes matizes e conferem ao material uma personalidade ímpar, sofisticada e elegante;

 

Guidoni_Crema_Royale

 

CremaRoyale – Combinando nuances de tons intensos como preto, marrom e amarelo às cores mais suaves como creme, bege e branco, o granito exótico apresenta padrões sofisticados e marcantes. O contraste entre as tonalidades quentes e frias cria um visual orgânico e imponente;

 

Guidoni_White_Macaubas

 

White Macaubas – Com uma paleta cromática suave, o quartzito apresenta sobre a base branca uma rica combinação de veios intensos e traços acinzentados. As diferentes tonalidades de cinza percorrem por toda a superfície, trazendo um design minimalista à pedra;

 

Guidoni_Amarone

 

Amarone – Nuances em cinza, preto, branco e marrom conferem a esse granito exótico uma superfície distinta, onde tons frios e quentes se intercalam e se combinam com elegância. Com uma iluminação direcionada, o movimento natural dos veios orgânicos se destaca e parece ganhar vida.

 

 

Aqui em casa temos algumas esculturas em pedra-sabão, as pedras são atemporais e sempre dão um UP na decor não é mesmo?

Beijos.

As portas e a Decoração.

Oi Gente,

Já pararam para reparar que pensamos na cor da parede, no papel de parede, no quadro e até na decoração no teto, mas e as portas?
Elas são o cartão de visita de uma casa, porquê não incluí-las na decor não é, e não estamos falando de temas como Páscoa ou Natal, mas no dia a dia.

As portas têm um papel muito importante na arquitetura e design de uma casa. Não só devido ao seu lado funcional, como também o estético. Assim como acontece com as paredes, as portas também podem ser renovadas de forma simples. Mudanças pequenas como uma nova pintura, um novo revestimento, ou outras opções mais criativas, podem dar à decoração de sua casa um estilo mais moderno e único.

Uma nova pesquisa da imobiliária Marsh & Parsons em conjunto com o Instituto de Cores Pantone mostra como a cor da porta de entrada da casa pode revelar traços da personalidade do morador. Apesar de inuisitado, o estudo explica que a escolha da tinta vai muito além de moda e tendências. Isso acontece porque, psicologicamente, as pessoas tendem a se sentir mais atraídas por casas que refletem a sua própria personalidade. (fonte: revista casa e jardim).

Confira o significado de algumas cores na porta de entrada da casa:

Preto: elegância, poder e prestígio
Branco: simplicidade e frescor
Cinza: atemporal e clássico
Verde: calma, silêncio e suavidade
Vermelho: comando e dinâmica
Amarelo: calor, boas-vindas e otimismo
Rosa: juventude e entusiasmo
Roxo: drama
Azul : autoridade e confiança

Agora, vou contar uma coisa, rs fui no pinterest e pirei total kkkkkk.

 

Mas calma que a gente consegue dar UP grade sem colocar muita cor, rs.

 

 

Que tal um adesivo fofo?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E essa porta bicolor lindaaaaaa!! Nada que uma boa fita crepe para fazer essa divisão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aiiii que eu já amei essa porta lousa! perfeita pra quem não tem espaço nas paredes e quer agradar o filhote né?

 

 

 

 

 

 

E quando a porta entra na decor do quarto e segue a pintura?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Beijos e cor pra vocês.

Mesa lateral na decoração.

Oieee,

Hoje em dia as mesinhas laterias estão super em alta e além de dar aquele UP na decor são super funcionais. Eu amooo objetos úteis, rs. Apesar de não ser exatamente um móvel essencial, a mesa lateral pode ser muito útil além de complementar a decoração, dando um toque extra de charme.  A mesa lateral geralmente é usada na sala de estar e ao lado dos sofás, sabe aquele espacinho vazio que a gente sente que falta algo, coloca lá a mesa e voulá, mas elas também ficam bem charmosas quando colocadas ao lado de uma poltrona.

A mesa lateral não costuma ser muito baixinha como uma mesa de centro nem mais alta como uma mesa de jantar, o ideal é não ultrapassar 10 cm para cima ou para baixo do braço da poltrona ou sofá.. Essa altura permite que a mesa lateral para sala seja usada confortavelmente como um apoio extra para quem está no sofá, permitindo, por exemplo, colocar ali objetos que estão usando, como copos e controles remotos.

(inusual)

As mesas laterais ou mesas auxiliares, podem ser funcionais ou decorativas, dependendo do gosto do morador ou da necessidade de cada casa. Caso sejam funcionais, podem servir de apoio para livros, controles ou base para vasos e artigos de decoração. Mas também podem compor um ambiente como uma obra de arte, devido à exuberância, formato e matéria-prima utilizada. A versatilidade da peça permite que ela seja usada em vários lugares da casa!

07 passos para a mesa lateral ser utilizada com sucesso, rs:

  1. Escolha o local ideal para a mesa lateral. …
  2. Conheça os modelos de mesa lateral. …
  3. Tenha atenção ao tamanho da mesa. …
  4. Defina a cor da mesa. …
  5. Confira a altura da mesa. …
  6. Use a mesa lateral no lugar da mesinha de centro. …
  7. Selecione os objetos decorativos.

Eu já me inspirei e to com várias idéias pra nova decoração da sala, rs.

E você, gostou da nossa dica?

Beijos.