Lançamento Cósmico

Eita, que tem um lançamento bem bacana das tintas Sherwin-Williams Colormix 2019.

São 07 tons que remetem a Galaxia e que podem ser combinados entre si ou serem usados sozinhos.

Visionárias, cósmicas e criativas. Assim são as sete cores que compõem a paleta Transformador, da Sherwin-Williams Colormix 2019. Sozinhas ou combinadas a outras, cada uma conta uma história diferente, trazendo à decoração um universo de inspirações.

Ancorados por azuis-marinhos intensos, esses tons capturam o espaço único que repousa entre a tecnologia e a espiritualidade. “É como se a paleta Transformador estivesse um passo a frente do seu tempo. São cores cósmicas, que proporcionam sentimentos etéreos de luz e escuridão”, explica Patrícia Fecci, gerente de marketing da Sherwin-Williams e especialista em cores.

Segundo ela, as maiores inspirações para a composição da paleta foram os anéis de Saturno, a inteligência artificial, o espiritualismo e a leveza. E essa explosão de emoções e sensações chegou às cores:

  • Chá Refrescante (SW0063),
  • Suavidade da Alma (SW6827),
  • Nugget (SW6697),
  • Extrabranco (SW7006),
  • Mar Sem Fim (SW9150),
  • Azul Intuitivo (SW6808) e
  • Noite Escura (SW6237).

“Essas cores estão se tornando cada vez mais populares, aparecendo em paredes internas, pisos, mobiliário, iluminação, acessórios e na arquitetura”, ressalta Patrícia.

Além das cores, materiais atmosféricos que dão vida à paleta têm uma qualidade etérea e transcendental, podendo parecer parcialmente derretidos, congelados, rachados ou vaporosos. “Temos visto uma abundância de referências espaciais, tanto no design quanto na grande mídia. A própria moda oferece muitas influências à paleta Transformador, com materiais de alta tecnologia e um design cósmico. De planetas lúdicos a estampas estelares, designers combinam imaginação, fantasia e tecnologia para criar um visual espacial. E isso segue como inspiração na decoração, gerando ambientes de outro mundo”.

Essa influência do espaço também traz para a paleta inspirações no lançamento da SpaceX e no astrofísico e cosmólogo Carl Sagan, um dos mais famosos incentivadores da busca pela inteligência extraterrestre. “Transformador nos oferece uma conexão com o desconhecido. Suas cores exploram as galáxias, proporcionando uma experiência sem precedentes”.

 

 

A sensação de paz e relaxamento que a paleta sugere também tem inspiração na atual obsessão com o bem-estar e a espiritualidade. “Experiências sensoriais, como as que envolvem aromas, cores e sons, que antes eram encontradas apenas em spas, conquistam cada vez mais os lares mais místicos e ganharam de vez um espaço na decoração”.

 

 

 

Eu já estou apaixonada nesse lançamento e já quero pintar a casa toda, rs, a casa toooooda não garanto, mas a sala ja to aqui com mil idéias.

E você, o que achou desse lançamento?

 

Pedras Exóticas na decoração.

Eita que a gente quando vê aquelas casas chics logo tem aquela pedrona de mármore em algum canto não é?

Elas são muito usadas como revestimentos e bancadas, mas atualmente as pedras vêm ganhando outros espaços na casa e aparecendo como o elemento principal de móveis, peças decorativas e utensílios. E vale tudo: da valorização da aparência bruta às rochas totalmente trabalhadas, das clássicas às mais exóticas, como mármore, pedra-sabão, quartzo e ágata, todas podem ser usadas. Sozinhas ou misturadas a outros materiais, elas brilham na decoração e estão cada vez mais presentes em móveis e objetos.

E quando a gente ouve pedra-sabão logo lembramos do Aleijadinho um dos maiores artistas brasileiros de todos os tempos,nas mãos dele a pedra ganhou a forma de anjos e diversos objetos que ornamentam igrejas até hoje.

Pra falar desse assunto hoje temos o Grupo Guidoni com expertise de mais de 25 anos no segmento, contempla em seu portfólio diferentes superfícies com grandes desenhos contínuos onde a combinação de nuances é responsável por transmitir uma sensação de movimento natural – a essência das rochas exóticas.

São materiais que apresentam uma ampla versatilidade de aplicações e possibilidades de bookmatching, que permitem projetos arquitetônicos ímpares: desde painéis verticais exclusivos a bancadas e tampos de móveis que conferem um toque de design único às peças. Apresentando uma gama intensa de cores diversas, as pedras exóticas podem compor também pisos, escadarias, pias esculpidas, etc., transformando os materiais nos grandes destaques dos projetos.

Abaixo, uma seleção de pedras exóticas do portfólio da Guidoni para adotar na decoração:

Guidoni_Tungstenio

 

Tungstênio – Grandes veios brancos e cinza parecem dançar sobre a superfície do quartzito de intensa base negra com contraste em azul. As linhas sinuosas e dinâmicas trazem vida ao granito, que se destaca nos espaços pela padronagem exclusiva naturalmente esculpida na rocha ao longo dos anos.

Guidoni_Calacatta_White

 

Calacatta White – O quartzito traz sobre a suave superfície branca grandes veios acinzentados marcantes, que exibem diferentes matizes e conferem ao material uma personalidade ímpar, sofisticada e elegante;

 

Guidoni_Crema_Royale

 

CremaRoyale – Combinando nuances de tons intensos como preto, marrom e amarelo às cores mais suaves como creme, bege e branco, o granito exótico apresenta padrões sofisticados e marcantes. O contraste entre as tonalidades quentes e frias cria um visual orgânico e imponente;

 

Guidoni_White_Macaubas

 

White Macaubas – Com uma paleta cromática suave, o quartzito apresenta sobre a base branca uma rica combinação de veios intensos e traços acinzentados. As diferentes tonalidades de cinza percorrem por toda a superfície, trazendo um design minimalista à pedra;

 

Guidoni_Amarone

 

Amarone – Nuances em cinza, preto, branco e marrom conferem a esse granito exótico uma superfície distinta, onde tons frios e quentes se intercalam e se combinam com elegância. Com uma iluminação direcionada, o movimento natural dos veios orgânicos se destaca e parece ganhar vida.

 

 

Aqui em casa temos algumas esculturas em pedra-sabão, as pedras são atemporais e sempre dão um UP na decor não é mesmo?

Beijos.