Bem casa, bem nascido, bem vivido e bem sucedidos?

Eita que o “bem” invadiu de vez as comemorações e esse ano eu conheci o Bem Vivido e fazendo essa matéria conheci o bem sucedido rs.

O doce conquistou outros eventos como: batizados, bodas, formaturas, aniversários e até eventos corporativos, além de um novo “sobrenome”, também passou a ter uma variação de sabores. E continua como uma opção certeira de lembrancinha, afinal, o clássico nunca sai de moda não é?
A história sobre a origem do bem casado até hoje não é definida, mas o doce deve ter mais de 100 anos de existência, a maioria das fontes dizem que seu surgimento foi em Portugal, derivado dos “casadinhos portugueses”, mas existem relatos de que podem ter surgido na Espanha e, ou até mesmo na África do Sul. O doce que ganhou fama pela seu formato e simbolismo, já faz parte de diversos momentos especiais, começou em festas de casamento, selando e abençoando os noivos, já que o bem-casado representa a união de duas partes seladas pela cumplicidade e respeito mútuo.

Embora o processo de fabricação seja o mesmo, o recheio, a embalagem, o formato e a maneira como eles compõem os eventos é que fazem a diferença. Até porque o simbolismo que o doce representa é o que importa.

Olhem só como o nosso tradicional bem casado cresceu:

Bem Casados – Casamentos: dar sorte ao casal e convidados;

Bem Nascidos – Maternidade e Batizados: boas vindas ao bebê desejando vida feliz e muita saúde;

Bem Vividos – Aniversários: dar as bênçãos por mais um ano vivido;

Bem Sucedidos – Empresas: oferecer prosperidade e fortuna;

Bem Unidos – Bodas: para compartilhar a união feliz e o amor eterno;

Bem Formandos – Formatura: dar sorte à carreira que se inicia;

Bem Jovens – Debutantes: para compartilhar a juventude eterna.

 

Porém os bem casados, mantém o recheio clássico de doce de leite ou cupuaçu, já suas outras vertentes podem ser diferenciadas e terem o recheio de acordo com o anfitrião da festa. Se por um acaso, você optar por dois recheios diferentes, é de bom grado seu convidado receber 1 de cada.

No aniversário dos meninos os bem vividos fizeram um charme na mesa, brincamos com as embalagens de acordo com a roupagem dos super heróis e foi sucesso, fora que são uma delicia né?

A @lilarigourmet embalou eles com o papel tradicional e assim nasceram os bem vividos: Thor, Capitão América, Hulk e Homem de Ferro.

Foi a primeira vez que utilizei no aniversário dos meninos e adorei a opção de coloca-los na mesa, mas ficaria super bacana como lembrancinha também.

E você, o que achou?

Podologia – Saúde dos Pés –

Para que preciso de pés quando tenho asas para voar? – Frida Kahlo – 

Maaaaaas como não somos Frida e precisamos dos pés né? rs. Hoje vamos falar sobre os cuidados com eles. Os pés são nossa base e cuidar deles, não se trata apenas de estética qualquer desconforto ou problemas afetam a nossa postura e a capacidade de realizar as atividades do dia a dia. Gente se uma bolha no calcanhar faz com que a gente sofra de dor, imagina uma unha encravada.

E para esse bate-papo, ela que me deixa com os pés de princesa rs: – Sabrina Lima.

Sabrina, o que é a podologia?

A palavra Podologia deriva do grego: “podo” que significa pé e “logos” que significa estudo/tratado. Desta forma, a Podologia é a ciência da área da saúde que estuda, previne, diagnostica e trata as alterações dos pés e as suas repercussões no corpo humano. Está é a importância da podologia. Assim como outras ciências da saúde, a podologia teve grande evolução nos últimos tempos e continua em constante transformação.O tratamento dos pés deixou de ser visto como simples prática estética e passou para prática da área da saúde fazendo uso de instrumentos e técnicas para tratar as mais diversas podopatologias.

Por que devo procurar um podólogo?

Nossos pés são a base do nosso corpo e são eles que sustentam nosso peso e aguentam o impacto de nossas atividades rotineiras. Manter a boa saúde dos pés, através do acompanhamento e tratamento podológico é permitir qualidade e vida saudável. No entanto, podemos dizer que muitas pessoas só se lembram de cuidar dos pés somente quando tem dor ou patologia se manifesta.

Então, qual seria o momento adequado para procurar o podólogo?

Sempre! Quando os pés estiverem acometidos com alguma patologia, nós da área iremos cuidar e tratar dela e quando não houver patologia, o objetivo do atendimento será sempre a prevenção, profilaxia e relaxamento. Desta forma, é fundamental manter a frequência no profissional da área.

 

Quais as patologias que mais acometem os pés?

  • Onicocriptose – também conhecida como unha encravada (inflamada)
  • Onicoatrofia – deformidades nas unhas
  • Onicomicose – micose que acomete as unhas
  • Onicólise – descolamento da unha
  • Onicofose – excesso de pele na lateral das unhas
  • Onicorexe – unha quebradiça
  • Tínea Pedis – frieira
  • Calos e Calosidades
  • Fissuras no Calcâneo (rachadura no calcanhar)
  • Verruga plantar (olho de peixe)
  • Fascite Plantar
  • Esporão de Calcâneo

E Sabrina, existe uma idade certa?

Não! O choro frequente no caso de um bebê, muitas vezes, pode não estar associado a cólicas ou dor de ouvido, mas a uma unha encravada que inflamou, sabia? A solução é recorrer a um especialista em Podologia Infantil. A técnica é muito eficaz no tratamento do problema, desencadeado principalmente por conta de cortes irregulares da unha, calçados e roupinhas justas ou constante atrito do pezinho no bebê-conforto, cadeirinhas e carrinhos. A herança genética também é uma das causas. “Quando os pais têm unha encravada, provavelmente, seus filhos apresentarão algum tipo de problema nos dedinhos”, afirma a especialista, que atende crianças de todas as idades, inclusive recém-nascidos.

A Sabrina é formada há 12 anos pelo Senac Santos e tem algumas especialização como:
– órtese de curso de curativos com biogel;
– curso de laserterapia e
– curso de ozonioterapia.

Em seu canal no youtube ela mostra alguns atendimentos e dá dicas de como manter seus pés saudáveis.
Sabrina Podologia

E você, me conta como cuida dos seus pés?

 

Minimalista

Acho tão chic: decor Minimalista.
Aquele bom e velho ditado: – Menos é mais!

Não precisamos de muito nessa vida não é? e muito alem de TER devemos SER

Mas você sabia que caminhar para um estilo de vida minimalista pode trazer muitos benefícios. A transição pode não ser simples, mas pode valer a pena a longo prazo, a escolha de viver uma vida de simplicidade pode ajudá-lo a limpar sua mente e também aliviar muito o estresse. As pessoas muitas vezes vinculam as coisas materiais à felicidade ou ao bem-estar geral, criamos um apego em objetos e movelarias que eram de pessoas queridas e próximas, mas o verdadeiro apego tem que ser as lembranças. Limpar o excesso e liberar as coisas materiais pode diminuir muito o nível geral de estresse de uma pessoa.

Mas Rafa, como faço para começar um estilo minimalitsa?
Tire algum tempo para descobrir do que você vai se livrar e o que vai com você para o seu novo estilo de vida. Além disso, reserve um tempo para pensar sobre o que você quer fazer da sua vida. Você descobrirá que adotar um estilo de vida minimalista pode resultar em ter mais tempo em suas mãos. Descubra o que você quer fazer com esse tempo, ler um livro, um café com as amigas….

Os interiores de decoração minimalistas são baseados na simplicidade. Nesse tipo de ambiente é comum o predomínio de linhas retas e traçados geométricos ao invés das curvas e da sinuosidade típicas de outras decorações. As cores também têm sua função na decoração minimalista. Elas devem ser escolhidas de acordo com as características do ambiente de modo a reforçar ou facilitar o dia a dia. Em termos gerais, é possível destacar uma preferência pelas tonalidades básicas e naturais como o branco, o preto, o cinza, o azul, o bege e suas variações.

Móveis na Decoração Minimalista

O mobiliário  na decoração minimalista são funcionais, não adianta nada comprar um mancebo porque achou lindo e ele acabar servindo de: deixa aqui, depois eu guardo. Os móveis minimalistas são escolhidos de modo a não obstruir o espaço livre da casa e assim facilitar as tarefas diárias. Mesas, cadeira, sofá, cada peça é escolhida de acordo com sua função, pois os cômodos na decor minimalistas são mobiliados com o essencial. Móveis inteligentes como a cama futon, pufes e cabideiros são algumas dos móveis encontrados no interior de decorações minimalistas.

Agora aquela dica pra vida:

  1. Desapegue: se você é do tipo que acumula objetos, móveis e vestimentas em todas as esquinas disponíveis da sua casa, é hora de repensar suas decisões. Muitas vezes acumulamos tantos objetos que a única solução é desapegar. Doe, venda ou troque tudo o que não estiver sendo utilizado. Eis o primeiro passo para uma decoração minimalista e dias mais leves.
  2. Menos é mais: a decoração minimalista é baseada na escolha de poucos elementos quando o assunto é ambientação. Nada de excessos. Opte por móveis que funcionem e sejam fáceis de limpar. Privilegie os espaços vazios. O grande segredo para decorar com menos é mais, é manter o ambiente natural e certificando-se de que os sentidos não estejam sobrecarregados ou estimulados em excesso.
  3. Limpeza em dia: a limpeza do ambiente é um dos aspectos chaves da vida né? É ela que permite a sensação de relaxamento e conforto que precisamos para nossos dias. Portanto, mantenha o chão e as superfícies dos móveis limpas e livres de objetos e acessórios em excesso.
  4. Aposte na praticidade: móveis e acessórios práticos são sinônimos da decoração minimalista. Se uma peça, móvel ou objeto substitui a existência de três produtos, opte pelo mais prático, eu to amando aquele

E você pronto para mudar?

 

Beijos.

Decor Man

Não entendi Rafa?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, calma!!!  Nem todo cara é Teddy Roosevelt para ter uma casa em tom de marrom e cabeças de animais na parede, embora a maioria pareça meio que das cavernas rs. Não há nenhuma razão para que um sujeito não consiga tornar sua casa adorável, colorida e estilosa né?  Ao contrário da crença popular, não há nada “efeminado” na decoração. Por décadas, os homens criaram alguns dos mais belos espaços do mundo, e já é hora de você fazer de sua casa um local bem decorado né?.

Me diz que você nunca entrou na casa de alguém e disse:
– nossa, essa casa tem a sua cara! ou então

– bem casa de homem, mesmo! ou…

– aiii que casinha de boneca amiga.

Nossa casa diz muito sobre a nossa personalidade, sobre nossos gostos, jeitos. E SIM, hoje é especial para os Homens, manja aquela decor bem chic, básica e clean?.

E quem, nos dá dicas bem bacanas hoje é a arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura, o ambiente evoca mais um conceito: refúgio.

Tons de cinza, mix de texturas e uma iluminação mais que bem pensada criam um clima de mistério e sensualidade nesse quarto masculino. Será um Christian Grey? rs

Para alguns, o cinza pode parecer um tom frio, difícil de aliar à premissa aconchegante que todo quarto necessita. O segredo do uso dessa cor em ambientes íntimos está na combinação de nuances e texturas das tintas, revestimentos e tecidos.

Gente, eu AMO cinza, acho chiquérrimo! pintei o quarto dos meninos de cinza a cor chave de fenda da suvinil.

A iluminação cênica também é responsável pela atmosfera quente e intimista. Spots cumprem o papel de iluminação geral para todo o espaço, importante principalmente nos momentos em que o morador precisa de luz abundante, além da natural proveniente das grandes janelas. O projeto luminotécnico não para por aí: a cabeceira da cama, um modelo statement que ocupa todo o comprimento de sua parede, recebe ainda mais destaque a partir de uma fita de LED.

Em uma mesinha de cabeceira, um abajour serve para as noites em que o morador lê antes de dormir. Do outro, um conjunto de pendentes mantém a simetria da composição, fugindo do uso comum de peças iguais em ambos os lados da cama. No piso, o tapete tem toque suave para os pés descalços.

Arte também não falta nesse quarto. O quadro de Adriana Duque, de uma menina com fones de ouvido mimetizando uma coroa renascentista, ocupa grande parte do móvel atrás de um módulo de sofá cinza. Para a artista, a tela representa o encontro da tradição com a contemporaneidade. A peça atrai o olhar, reinando sobre o ambiente, entrando para o conjunto impactante que torna a decoração repleta de significados.

Uma coisa que eu adoro, são elementos que trazem significado e ou importância. Peças de antiguidades, vintage e colecionáveis ​, são super bacanas. Dar um passeio a qualquer mercado de pulgas ou loja de antiguidades, te deixara  surpreso com o que você encontra.
Sem mencionar o dinheiro que você irá economizar. Mesmo velhas engrenagens enferrujadas e industriais podem fazer uma grande diferença na prateleira. Enquanto você constrói sua decoração, não se preocupe com a aparência de um único item, se uma bugiganga parece interessante, compre-a! no final do dia ela servirá para encher o seu espaço com tesouros únicos que provocam a sua curiosidade e oferecem um retiro do resto do mundo.

Confesso que me identifiquei nessa decor masculina kkkkkk.

Tem peças de algum familiar que lhe causa comoção? Deixe-a em um lugar de destaque, luzes indiretas podem ajudar bastante.

Amamentação – Parte 2

AMARmentar, e o que ninguém te conta.

Na gestação do Rico eu preparei as mamas, fiz inúmeros banhos de Sol, passei esponja para “engrossar o bico”, fiz a técnica do radinho… e não tive nenhum problema, já na do Felipinho fiz um Post no Instagram e choveu comentários de que eu estava errada, que isso não se fazia mais, bom coincidências ou não: fissuras.

Vocês sabiam que a maioria das mãezinhas que pararam a amamentação exclusiva foi decorrente de algum trauma mamário? Tive alguns obstáculos na amamentação do Fê, mas seguimos mono teta e na livre demanda até hoje.

Entre as alterações mamárias mais comuns na primeira semana de amamentação, destaca-se: ingurgitamento, dor, mastite, edema e trauma mamilar.

Ah o trauma mamilar, ele está entre as principais causas do abandono do aleitamento materno. Geralmente o mesmo ocorre na primeira semana após o parto, no meu caso uma pega errada quando ele estava com 4 meses.

Juro que eu prefiro 10 partos normais há um machucado na mama. Uma noite o Fê pegou o peito errado e fez uma bolha (lembra que falamos da pega no parte 1?) que doooor, tentei de tudo: SOl, esparadrapo, ai comprei aquele *protetor de silicone indicação de algumas amigas, mas a dor era na feridinha, nada adiantou até chamar minha Anja (uma enfermeira especializada em amamentação) para laserterapia. Mas calma, amamentar não é sofrimento, tem carinho, tem amor, tem apego.

 

 

Esse foi o que eu comprei para usar, ele é extremamente fininho, porém no meu caso não adiantou, algumas mamães me disseram que para elas foi muito bom. Lembre-se sempre de perguntar ao seu médico se ele indica determinado produto para você, cada caso é um caso.

 

 

 

Outras causas possíveis seriam: o uso de cremes e óleos (que deixam a pele fina e sensível) ou de sabonetes (que ressecam a pele) nos mamilos, a presença de mamilos curtos, planos ou invertidos, disfunções orais na criança, frênulo lingual excessivamente curto, sucção não nutritiva prolongada, uso impróprio de bombas de extração de leite, não interrupção adequada da sucção da criança quando for necessário retirá-la do peito, uso de protetores de mamilo (intermediários) e exposição prolongada a forros úmidos.

Para prevenir a ocorrência de fissuras a mãe deve:

  • atentar à pega da mama,
  • manter as mamas secas,
  • realizar ordenha manual para permitir que a aréola esteja maleável e o bebê consiga realizar a pega correta
  • eliminar o uso de produtos (cremes, óleos, sabonete)
  • não utilizar conchas ou intermediários
  • oferecer a mama em livre demanda e antes que o bebê esteja com muita fome
  • quando necessário retirar o bebê da mama, colocar o dedo mínimo em sua comissura labial até a língua para eliminar a pressão negativa

No entanto, quando a fissura acontece, ela é muito dolorosa e pode levar ao desmame precoce, por isso é importante tratá-la corretamente, procure sua GO ou até um mastologista, mas NÃO SE AUTOMEDIQUEM. Eu recorri a minha GO e a enfermeira de amamentação, que faz um trabalho lindo aqui na Baixada Santista,  usamos a Laserterapia.

Além de corrigir a pega da mama e posição, o tratamento indicado pelo Ministério da Saúde é:

  • oferecer a mama menos afetada inicialmente, assim o bebê já estará mais saciado quando for para a outra mama e haverá menor pressão negativa
  • realizar ordenha prévia para liberação do leite
  • oferecer a mama em outras posições, até encontrar a mais confortável
  • Não se deve utilizar banho de luz, banho de sol, secador de cabelo, pois hoje se sabe que a cicatrização de feridas é mais eficiente se as camadas internas da epiderme (expostas pela lesão) se mantiverem úmidas
  • dar pausa na amamentação do lado afetado por alguns dias até que a fissura cicatrize, mas realizar ordenha manual durante este período.
  • Não utilizar cremes, óleos, compressas de chá ou quaisquer outros produtos. Seus efeitos não são comprovados.
  • Cuidado com o uso da lanolina purificada. Ela pode diminuir o desconforto da lactante, porém não existem evidências de que esse produto acelere a cicatrização.

 

 

 

 

AMAmentar é um ato de doação, de amor, de acalanto. Além de alimentar estamos nos conectando, aumentando nosso vínculo mãe e filho. Não deixem que “conselhos” lhe frustem e ou lhe desanimem, VOCÊ é a melhor mãe que seu filho pode ter.

 

Quintal na Varanda?

Eita que eu sou a doida da plantinha, maaaaas mato tudo afogada.

A varanda aqui de casa é grande, mas tem um formato estranho rs, já fizemos algumas mudanças para deixa-la super gostosinha. Como aqui no prédio não temos a varanda técnica (aquela que ficam as máquinas do Ar Condicionado), elas ficavam lá, tornando o lugar uma sauna quando queríamos a sala fresquinha, chamamos um técnico e reinstalamos elas no canto da varanda e fechamos com uma porta de vidro, ebaaaaaaaaa, ficou sensacional.

Mas, como deixar a Varanda gostosinha, verde e aconchegante? Para isso nossos amigos da Todeschini dão dicas mara, que eu já quero por em prática por aqui.

Pequenas ou espaçosas, as varandas são ambientes propícios para reuniões descontraídas e muito relaxamento, assim como os jardins e quintais das casas. O truque para criar esse clima agradável ao ar livre está na maneira como o espaço é aproveitado! Olha só:

 Verde, verde e mais verde! (amei essa parte)

O primeiro passo para deixar a sua sacada com cara de quintal é abrir um espacinho nela para o cultivo de plantas. Além de ser uma tendência, ter uma pequena floresta particular confere à decoração um grau extra de aconchego e vida. Sua varanda tem a metragem muito enxuta para comportar vasos no chão? Não tem problema! Aproveite as paredes e invista em um jardim vertical. As hortinhas de temperos também são muito bem vindas!

Projeto de Coletivo Arquitetos | Foto: Rui Teixeira

Minha paixão: cactos e suculentas, além de dar trabalho zero ficam lindas em vasinhos embelezando prateleiras, mesas, nichos, essas eu não mato afogada rs.

Projeto de Voa Arquitetura | Foto: Rafael Renzo

Lounge para relaxar
Quintais são ambientes relaxantes por essência. Por isso, vale a pena encontrar uma maneira de criar um cantinho na varanda para se esparramar depois de um longo e cansativo dia. Se espaço não for problema, crie um pequeno estar com móveis próprios para área externa. Já as redes e cadeiras de balanço são soluções perfeitas para as varandas menores.
Aqui em casa, comprei móveis de segunda mão, uma forma de contribuir para o meio ambiente e sobrar uma graninha extra para outros detalhes. Queria muito um balanço como o da foto, mas o teto é de gesso, snif.

Foto: Pinterest

Receber com charme e despojamento
A área externa de uma casa costuma ser o lugar dedicado às reuniões e festas com os amigos. Porque não fazer o mesmo com o seu quintal-varanda? Ambientes maiores podem comportar superbem uma cozinha gourmet completa, com churrasqueira e mesa de jantar, enquanto as mini varandas abrigam tranquilamente um cantinho para o bar!
Aqui em casa criamos a Varanda Beer, rs, um móvel que estava na sala e dois nichos que foram tirados do quarto dos meninos foram para a varanda, nos nichos algumas cervejas artesanais com rótulos diferentes, já no móvel algumas bebidas na parte de dentro e cactos e suculentas sobre ele.

O importante é receber os amigos, ter um espaço bem gostosinho para relaxarmos e brincarmos não é?
Lá no Pinterest temos algumas inspirações, e você o que achou das nossas dicas?

Beijão.

 

 

Luz Natural

Eita que a gente não pode “ver” uma boa luz pra fazer aquela selfie não é?

Mas uma luz, é uma luz… ela emoldura o ambiente, ilumina e até nos anima não é mesmo? Para falar da luz natural no ambiente, hoje temos a Todeschini que é referência mundial em qualidade e mantém-se atenta às tendências de design e decoração, oferecendo ao mercado moveleiro um portfólio de produtos de alta qualidade, design e lançamentos inovadores.

A luz natural tem se tornado cada vez mais presente nos projetos de construção civil, já que ajudam a compor decorações mais revigorantes e confortáveis, além de contribuírem com a sustentabilidade, reduzindo os custos de energia elétrica.

Na hora de planejar os ambientes da sua casa, você leva em consideração a iluminação natural? Se ainda não sabe como fazer isso, podemos ajudar com algumas dicas práticas e funcionais. Continue lendo e descubra como aproveitar a luz natural para criar um ambiente único!

Pinte as paredes com cores claras

Sempre que for escolher as cores da sua decoração, principalmente das paredes da sua casa, opte por aquelas que refletem os raios solares, e não que absorvem a luz natural. Essa dica pode ser utilizada nos cômodos que necessitam de mais claridade, como a cozinha e o home office, por exemplo. As cores mais escuras devem ser evitadas e trocadas por tonalidades mais neutras, claras e brilhantes — caso você opte por uma decoração que valorize a luz natural. O branco, nesse caso, é a principal preferência. Por mais que a dica seja para as paredes, nada impede também que ela seja aproveitada para a mobília da casa. No caso dos móveis, prefira também aqueles que são feitos de materiais de cores claras, uma vez que iluminam e refletem mais a luz natural do que as peças escuras.

Escolha portas e janelas de vidro

Nada melhor do que o vidro para compor uma construção e uma decoração que privilegia a luz natural da casa. Além de ser sinônimo de modernidade e sofisticação, esse material é um ótimo aliado para permitir a entrada de iluminação nos ambientes, protegendo o seu interior.

A forma mais prática de contar com a ajuda do vidro na utilização da luz natural é investir em portas e janelas feitas desse material. No entanto, um cuidado deve ser tomado: os vidros devem estar protegidos com películas que não alterem a sua aparência e que impeçam a penetração de raios ultravioletas.


Mantenha as janelas sempre limpas
Outro cuidado relacionado às janelas e portas de vidro é que elas devem estar sempre limpas. Afinal, sujas e empoeiradas, essas entradas de luz não vão funcionar tão bem quanto precisam, não é mesmo?
O ideal é que a limpeza desses locais seja feita regularmente, com produtos que não agridam o material e que não o torne opaco. A ideia é deixar o vidro sempre nas suas melhores condições para que a entrada de luz natural aconteça totalmente. A limpeza, aliás, deve ser algo estendido para toda a decoração clean, já que o que é claro e bem iluminado tende a tornar a sujeira e o pó mais aparentes. Casa bem iluminada requer cuidado, lembre-se sempre disso!

Para a receita caseira de como limpar vidros, você vai precisar de:

  • 5 litros de água; 1 colher de sopa de vinagre (ou detergente neutro); 1 colher de sopa de álcool
  • Balde; Esponja e Pano seco.
    Misture toda essa receita de como limpar vidro de janela (que também pode ser usado em outras superfícies desse material) em um balde; Molhe o lado macio da esponja na mistura e use-o para limpar o vidro. Depois, seque com um pano seco

Posicione móveis de leitura perto das entradas de luz natural

Se você passa algum tempo em casa lendo, trabalhando ou estudando, com certeza vai precisar de iluminação adequada para realizar as atividades. A melhor opção, é claro, é a luz natural. Então, é necessário saber montar os cômodos de forma inteligente, para aproveitar mais as entradas de iluminação solar. Os móveis, como mesas, bancadas e escrivaninhas, principalmente, podem ficar posicionados perto das janelas, de forma que você possa contar mais com a luz natural do que com a sua luminária artificial. Se o seu canto de leitura dispõe de um sofá ou poltrona confortável, a dica do posicionamento também vale! Só tome cuidado para que a incidência solar não desbote ou estrague os móveis de outras formas. Para isso, opte sempre por uma mobília de qualidade, resistente e durável, além de não se esquecer das dicas anteriores, sobre colocar películas de proteção nas janelas e portas.

Adicione espelhos na decoração da sua casa

Outro truque inteligente e que funciona muito bem é adicionar espelhos na decoração dos ambientes. Essa é uma boa alternativa para otimizar a iluminação interna da casa, além de causar a sensação de amplitude do espaço. Quando colocados de forma estratégica, os espelhos refletem muito bem a luz natural. Experimente colocar um em frente a uma janela, por exemplo. O resultado é ótimo e você, com certeza, vai se sentir bem confortável no espaço ampliado e mais iluminado.

*Invista em coberturas zenitais

Você sabe o que são coberturas zenitais*? Elas são uma modalidade de cobertura transparente, que permite a iluminação natural dentro das residências. Existem vários tipos de cobertura, como as claraboias ou os poços de luz. Mas as coberturas transparentes são as mais usuais. Elas podem ser feitas com telhas e outros materiais de policarbonato, e são ótimas para espaços como jardins de inverno, áreas de deck ou em vãos mais estreitos no teto, valorizando corredores que antes eram escuros, por exemplo.


Coloque tijolos de vidro nos banheiros

Os tijolos de vidro também são grandes aliados na decoração que privilegia a luz natural. Eles são muito bem-vindos na solução de banheiros escuros, uma vez que são áreas da casa que, geralmente, não recebem tanta iluminação solar. Além de conseguir uma iluminação natural bacana, os tijolos de vidro também oferecem uma estética diferenciada, com suas texturas em vidro temperado e laminado. Por não possuírem transparência, também dão mais privacidade ao local.

Apare os arbustos e árvores da sua residência

A sua casa possui árvores e arbustos do lado de fora? Se a resposta é sim, você mantém tudo aparado e bem cuidado? Pode ser que essa seja uma das causas de a luz natural não incidir no seu ambiente interno.

Para iluminar mais a sua residência, mantenha seus arbustos e árvores próximos às janelas sempre aparados, de forma que não bloqueiem os raios solares. Manter o verde ao redor da casa é maravilhoso, mas é preciso saber cuidar!

Depois de todas essas dicas, você clareou suas ideias e já sabe como aproveitar a luz natural em cada ambiente da sua casa? Esperamos que sim! A iluminação solar, além de contribuir bastante para um espaço mais confortável e aconchegante, também torna seu lar mais sustentável e, com certeza, a saúde da sua família agradece.

Eu AMOOOO uma janela, uma claridade, o único quarto da casa com cortina é o do Felipe em mais nenhum comodo tem, além de dar aquela sensação boa de acordar com aquela claridade do Sol (sei que é super pessoal isso, rs), dá sensação de ar renovado não é mesmo? E agora, bora deixar o Sol entrar?

Beijos de luz (nesse caso natural, rs)

Outubro Rosa – alimentos que previnem o câncer de mama –

Eita que Outubro é o mês mais rosa do calendário, e você sabe porquê?

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.
A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org). – fonte: outubrorosa.org.br

Movimento realizado mundialmente, o Outubro Rosa visa conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama,tipo mais comum entre as mulheres, no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), o câncer de mama responde por quase 30% dos diagnósticos registrados anualmente. O Inca estimou 59.700 novos casos só para este ano.

O câncer pode ser causado por diversos fatores, seja genético, endócrino ou até comportamental, como explica a nutricionista funcional e oncológica Michelle Mendes, da Aliança Instituto de Oncologia. Ela aponta que um dos agravantes da doença é a má alimentação, que ocasiona muitas vezes, o sobrepeso e a obesidade.

De acordo com a especialista além de contribuir para a manutenção do peso e a prevenção da doença, alimentos naturais como frutas e verduras possuem fibras, vitaminas, minerais e diversos fitoquímicos que podem atuar no combate aos radicais livres, protegendo o DNA. “É importante fazer a ingestão destes alimentos diariamente”, ressalta.

Já o consumo regular de alimentos gordurosos, salgados e enlatados pode favorecer o aparecimento da doença. Michelle aconselha evitar frituras, carnes com gordura aparente e embutidos, como linguiças, salsichas, salames, presuntos, entre outros.

A nutricionista separou algumas dicas de alimentos que ajudam na prevenção do câncer de mama.

Confira:

  • Frutas vermelhas – como framboesa e amora, contêm antocianinas que retardam o crescimento de células pré-malignas.
  • Romã – contêm ácido elágico, um antioxidante que ajuda a inibir a enzima aromatase, responsável pela produção de estrogênio e fundamental para o surgimento de células cancerígenas.
  • Melancia, Morango e Tomate – são frutas ricas em licopeno que protege as células do nosso organismo contra os radicais livres, além de ser também responsável por estimular o sistema imunológico.
  • Uva – rica em flavonoides que podem retardar o crescimento de células malignas no organismo.
  • Cenoura – rica em carotenoides, que atuam no combate aos radicais livres. Acerola, abóbora e manga são outras boas fontes desse nutriente.
  • Brócolis – contém sulforafano, molécula capaz de aumentar o número de enzimas protetoras presentes no tecido mamário.
  • Soja – Rica em fitoestrógenos que atuam como protetores contra o câncer de mama.
  • Ervas e especiarias como pimenta preta, curry, salsa, manjericão, orégano e açafrão são ricos em antioxidantes que possuem ação anti-inflamatória auxiliando na prevenção do câncer de mama.
  • Chá-verde – contém antioxidantes chamados catequinas, que podem ajudar a prevenir o câncer.
  • Linhaça – É fonte de lignana, um fitoestrógeno de ação relacionada à prevenção de câncer de mama.
  • Cogumelos – Contém antioxidantes que auxiliam na prevenção da doença.
  • Azeite de oliva, abacate e castanhas são gorduras boas com propriedades anticancerígenas.
  • farinha branca, o arroz branco e o açúcar são gatilhos para mudanças hormonais que podem provocar o crescimento de células cancerígenas. Sempre que possível troque esses alimentos por suas versões integrais.

Banhos Terapêuticos.

Ahhh que um banho é super relaxante não é?

Sempre li bastante sobre os banhos terapêuticos e sou uma apaixonada por esse tema. A minha amiga e Doula Juliana Fernandes veio dar o primeiro banho de ofurô do Felipinho e foi uma delícia, depois de maiorzinho continuei usando o ofurô para os dias de mais agitação e colocava camomila na água, compro á granel em empórios.

A camomila é sinônimo de relaxamento e calma, mas ela vai muito além:

  • Ajuda a acalmar e relaxar
  • Alivia o estresse
  • Acalma e remove as impurezas da pele
  • Serve também como analgésico
  • Acalma a mente, ajudando com a depressão
  • Por ser um calmante natural, o banho ajuda a combater a insônia.

Para preparar o banho vocês vão precisar de:
– camomila desidratada ou 2 sachês de chá para infusão;
🛀 como utilizar:
Camomila desidratada: preparei o banho com a água mais quente que o normal e coloquei um punhado, esperei um pouco até ficar na temperatura entre 36 graus. Ficou um aroma delicioso.
Camomila em sachês para infusão:
Faça o chá como de costume (sem acrescentar açúcar) e coloque na água da banheira.

Nosso primeiro banho com camomila foi aos 4 meses.

Outras ervas bacanudas:

Calêndula: boa para eczemas e problemas de pele.
Hortelã: refrescante e melhora resfriados e vias aéreas congestionadas.
Sálvia: melhora gripes, resfriados e vias aéreas congestionadas
Manjericão: ajuda o bebê a relaxar, é digestivo, alivia as cólicas.
Aveia: bom para aliviar coceiras, dermatites e melhorar a pele sensível e seca do bebê.
Campim Limão ou Erva Cidreira: analgésica, antialérgica, antiespasmódica, anti-inflamatória, antimicrobiana, antinevrálgica, antisséptica, cicatrizante e aromática. Atua como calmante e sedativo, tônico, relaxante e adstringente.

Nosso banho com a erva cidreira foi mais interativo, além do cheirinho delicioso o Fê brincou de tentar pegar as folhas.

Um banho quentinho e demorado à noite, antes de dormir, tem o poder de acalmar e relaxar.  Apenas deixe a criança com o corpo imerso na banheira e, se quiser, coloque uma música instrumental ou com sons da natureza bem baixinha. É sair da banheira, tetezinho e soninho gostosinho, rs.

Confesso que até o Rico entra na fila do banho kkkkkk e se espreme todo pra caber na banheira do irmão rs.

E você, tem algum banho diferentão? Se fizer conta pra mim a sua experiencia.

Beijão.