Nivis, amigos de outro mundo

Eu ADOROOOO um desenho, rs e convenhamos que a Disney é campeã em criar criaturas fofas e apaixonantes, a série: Nivis, amigos de outro mundo que chega ao canal Disney Junior no dia 20 de julho (sábado) às 18h é uma produção original do canal, que combina live action com animação 3D. Ela conta a história dos Nivis, uma família do planeta Nivilux que chega à Terra por acidente quando sua nave se choca com a janela da casa de Amadeo (Gustavo Masó), um diretor de orquestra que vive com seu filho Felipe (Vinicius Campos) e sua adorável neta Isabella (Lourdes Errante).

O personagem Felipe (eeeeee tenho um filho com nome de desenho kkkkk)  é interpretado pelo ator brasileiro Vinicius Campos, que concedeu uma entrevista exclusiva sobre a série.

Como surgiu a possibilidade de fazer parte do elenco de Nivis, amigos de outro mundo?
Depois de ter sido co-anfitrião do Parquinho por três anos para o Disney Junior Brasil, senti a necessidade de fazer uma mudança e explorar outras possibilidades na televisão. A Disney trabalhou durante vários anos no projeto e estava interessada em mim para interpretar Felipe.

O que significa para você fazer parte do elenco?
É um orgulho muito grande. O projeto começou muito pequeno e cresceu rapidamente de ntro da Disney até chegarmos ao que vemos hoje. Tenho orgulho porque marca a “primeira vez” em muitos aspectos para a empresa: é a primeira vez que a Disney trabalha com animação 3D na América Latina e é a primeira vez que uma produção original da América Latina apresenta uma família protagonista que quebra o molde tradicional e tem um elenco muito diversificado. Este projeto tem uma mensagem muito forte de tolerância e respeito pela diversidade, e isso sempre foi muito importante para mim. Além disso, Nivis, amigos de outro mundo é o primeiro passo da minha carreira na América espanhola, já que eu estava sempre na tela no Brasil. Isso me permite me tornar conhecido entre um novo público.

Como você descreveria seu personagem? O que você mais gosta nele?
Felipe é um personagem maravilhoso, cheio de amor e fantasia. Ele tem sua “criança interior” muito a flor da pele e uma grande imaginação. Ele é um grande pai, muito presente, dedicado e amoroso. Eu gosto de tudo sobre ele!

O que você e seu personagem tem em comum?
Compartilho com Felipe essa impressão lúdica, sua paixão por contar histórias e brincar com a imaginação. Esse é o meu grande ponto de contato com ele.

Como você se preparou para interpretá-lo?
Houve uma grande evolução no desenvolvimento do personagem. O piloto do Felipe é muito diferente daquele que vemos hoje. Juntamente com Emiliano Larre, o diretor da série, trabalhamos para dar a forma que gostamos. Antes de gravar nós ensaiamos juntos por um mês e fomos capazes de experimentar, jogar, testar, corrigir… Assim, chegamos a uma série de características que são muito dele. Encontramos seu jeito de ser e reagir a situações diferentes. Fisicamente, por outro lado, desde o começo, decidi interpretá-lo com total liberdade e facilidade. Isso me fez sentir muito confortável em sua pele e totalmente relaxado no set.

Como você viveu a experiência das gravações? Qual parte do processo você mais gosta?
O que eu mais gosto é gravar. É o momento em que me sinto mais capaz. Eu sou um mau ator de ensaio!

Nivis, amigos de outro mundo, aborda questões como diversidade e inclusão, que hoje têm grande relevância em todo o mundo. Quais conversas você gostaria que a série inspirasse em torno desses temas?
Eu adoraria que a série ajudasse os pais a educar seus filhos na tolerância e respeito pelo que é diferente. Seria ótimo contribuir para a ceitar a ideia de que ser diferente é bom e que o mundo é muito mais divertido quando somos todos diferentes. Eu acho que a grande contribuição da série é apresentar personagens e situações plurais a partir da normalidade. Se isso leva a criança a conviver com os diferentes naturalmente a meta já é mais do que satisfeita.

Se você tivesse um amigo de outro mundo: o que você diria a ele sobre o planeta em que vivemos?
Eu diria que o melhor que temos são pessoas, que somos um planeta com habitantes incríveis.

Qual você acha que será a marca que Nivis, amigos de outro mundo vai d eixar para o público do Disney Junior?
Eu acho que vai marcar o público com uma avaliação positiva do diferente. Por sua vez, acho que vai inspirar futuros programas e produções para conversar com os pequenos com inteligência e bom conteúdo. É possível falar de muitos tópicos, abordando-os com coragem e amor.

 

 

It Malia que esse Blink é uma fofura só!

 

 

E ae, curioso para conferir mais essa estréia?

Corre lá no Youtube que tem um vídeo fofo pra gente matar a curiosidade:
youtu.be/M-mvdAqt72I.

Beijooos.

Parabéns Mickey

Se alguém te contasse  que um Rato faria você sonhar em conhecer um lugar lindo e mágico você acreditaria, muito doido não é?

 

Pois é, dia 18/11/1928 o gênio Walt Disney criou nosso ratinho para o longa: Plane Crazy, era um desenho mudo e o sucesso veio tão rápido que antes que o trabalho pudesse ser finalizado, o som irrompeu nas telas do cinema. Desta forma, Mickey teve a sua estreia com o desenho sonoro intitulado “Steamboat Willie”, que foi o primeiro desenho animado sonoro, apresentado no Colony Theatre em ManhattanNova Iorque, em 18 de novembro de 1928, para uma enorme plateia que aguardava ansiosamente pela primeira aparição de Mickey Mouse.[6] Sua dublagem a partir de Steamboat Willie era desempenhada pelo próprio Walt Disney (entre 1928 e 1946). Depois de Walt Disney, foi James G. MacDonald que assumiu a vocalização do Mickey e em 1977Wayne Allwine, um aprendiz de James G. MacDonald que foi a voz do Mickey até a sua morte em 2009. Atualmente, Mickey é dublado por Bret Iwan. (fonte: Wikipédia)

 

Eita Ratinho que nasceu pro sucesso.

Passaram-se 90 anos desde sua criação e Mickey Mouse continua vivo na memória de crianças e adultos ao redor do mundo, e é a franquia número 1 da The Walt Disney Company.

Em seu nonagésimo aniversário, confira algumas curiosidades do personagem mais icônico do mundo:

1. No início, o personagem principal de Walt Disney não era Mickey…
E sim Oswald, o coelho sortudo. Walt Disney acreditava que o personagem seria um sucesso, mas em uma viagem para tentar conseguir dinheiro para a produção, os investidores deram uma resposta negativa e, como os direitos autorais do personagem pertenciam a eles, assumiram o controle do personagem.

2. O primeiro nome de Mickey Mouse, na verdade era…
Mortimer!
 Após a reunião com os investidores de Oswald, Walt Disney e sua esposa voltaram a Los Angeles em um trem onde, Walt passou o tempo criando um ratinho alegre e com grandes orelhas redondas.

3. O nome “Mickey” foi sugerido por outra pessoa
Lillian, esposa de Walt, achou o nome Mortimer muito pretensioso e sugeriu Mickey. A partir daí, nascia um astro!

4. Nem tudo foi sucesso no começo!
Após criar o personagem, Walt Disney começou a trabalhar imediatamente no primeiro desenho animado de Mickey Mouse: Plane Crazy. O entusiasmo desapareceu quando nenhum distribuidor quis comprar o filme. Em sua segunda tentativa, Walt produziu outro desenho animado mudo intitulado Mickey, The Gallopin’ Gaucho, porém a Warner Bros. havia iniciado os filmes falados.

5. A estreia de Mickey Mouse nos cinemas foi um grande marco…
Com Steamboat Willie, Mickey Mouse fez sua estreia nas telas de cinema em 18 de novembro de 1928, no Colony Theatre de Nova York, como o astro do primeiro desenho animado com som sincronizado.

6. As primeiras palavras de Mickey foram…
“Hot Dog! Hot Dog!”, a fala faz parte do curta-metragem The Karnival Kid (1929). Daquele momento em diante, na maioria dos curtas de Mickey durante a Segunda Guerra Mundial foi o próprio Walt Disney que deu voz a Mickey.

7. Mickey Mouse possui nomes diferentes em alguns idiomas
Apesar do nome Mickey Mouse ser conhecido no mundo todo, em italiano, é chamado de Topolino; em alemão, é o Micky Maus; em espanhol, Raton Mickey; em sueco, Musse Pigg; e em mandarim, Mi Lao Shu.

8. Mickey participou da cerimônia do Oscar duas vezes
Em 1998, o personagem subiu ao palco para entregar um envelope ao ator Tom Selleck. Já em 2003, Mickey voltou a aparecer na cerimônia como animação ao lado da atriz Jennifer Garner.

9. Mickey Mouse chegou à televisão em 1950
Nesta década, Walt produziu um especial de Natal para televisão chamado “One Hour in Wonderland“. O desenho clássico Relojoeiros das Alturas (1937) também foi apresentado como parte das comemorações de fim de ano.

10. Mickey Mouse foi o primeiro personagem de desenhos animados a ser amplamente licenciado
O primeiro livro de Mickey Mouse foi publicado em 1930 e a Ingersoll Watch Company produziu o primeiro relógio do Mickey em 1933.

Ainda não tive a honra de conhecer a Disney, mas está no caderninho dos desejos.

O aniversário dos meninos terá a temática Volta Ao Mundo e o casal de Ratinhos charmosos chegarão para o Parabéns chic demais viajar e terminar na Disney né? (ah só não conta pros meninos que é surpresa, rs).

E quem fará a nossa alegria e a surpresa será : Grupo Fazendo a Festa , e juro to sem palavras para agradecer e super ansiosa para o grande dia rs.

E você ja conheceu essa duplinha?

“Hoje já não durmo para descansar, durmo para sonhar.” – Walt Disney