Afinal o que é Milk Bath?

Oies,

Entre tantas novidades para as gestantes e mães o Milk Bath chegou chegando e arrancando suspiros. Mas afinal, o que é esse tal de milk Bath Rafa?! Nada mais é do que: – Banho de leite, rs.
Alguns soltam:  – Eca que Nojo! Mas o banho de leite não é nenhuma novidade, a diva Cleópatra era Fã desses banhos e ele é super cheio de propriedades sabiam, então antes de falarmos sobre os ensaios fotográficos, vamos falar do banho de leite Ok?

Como uma maneira rápida e fácil de hidratar e suavizar a pele. O leite é fundamental para ajudar a cuidar da nossa pele, pois o seu ácido láctico natural é uma forma de alfa hidroxiácido, um ingrediente que pode ser encontrado em alguns dos melhores produtos para a pele. Este tipo de ácido dissolve suavemente as proteínas para esfoliar as células da pele morta, revelando uma pele fresca e muito mais jovem.

 

 

Benefícios:

  • relaxa;
  • melhora a aparência da pele e
  • deixa a pele macia.

Receita do Banho Cleópatra:

Na banheira

  • 2 litros de leite integral
  • 1/2 xícara de amido de milho
  • 1/2 xícara de bicarbonato de sódio
  • 10 gotas de óleo essencial da sua escolha
Acrescente esses ingredientes à água da sua banheira e faça o seu banho de imersão, permanecendo por cerca de 20 minutos. Para este banho não há necessidade de enxágue. Apenas seque-se com uma toalha felpuda e limpa.

Com a bacia 

  • 1 litro de leite
  • 1 litro de água
  • ¼ xícara de amido de milho
  • ¼ xícara de bicarbonato de sódio
  • 5 gotas de óleo essencial de sua escolha

Após o seu banho de higiene, jogue vagarosamente o seu banho de leite por todo o corpo. Não despeje de uma vez, faça isso aos poucos. À medida que vai jogando o banho, pare e vá espalhando-o por todo o corpo em movimentos circulares com o auxílio das mãos. Para este banho não há necessidade de enxágue. Apenas seque-se com uma toalha felpuda e limpa.

EUUUU não sei se teria coragem, afinal o leite tá o olho da cara kkkkkkkkk, mas fiquei beeem atentada. Óbvio que os alérgicos e ou intolerantes NÃO podem nem sonhar com esse banho e nem com o ensaio fotográfico hein.

E você me conta se teria coragem de fazer, se já fez ou se vai fazer rs.

 

 

 

Iluminando e Decorando

Quem ama entrar em um lugar e ter aquela puta iluminação?

Já logo falamos: – Essa luz super me favorece, já vou fazer uma selfie. Não é verdade rs?

Aqui em casa, as luzes indiretas são todas brancas e de led, economia né amores, e as diretas amareladas. Vocês sabiam que as luzes são super responsáveis pela decor? Elas que vão contribuir para que o ambiente seja: romântico, acolhedor, intimista, descontraído e elas também podem variar de ambientes.

Mas vem cá, você sabe diferenciar a luz direta da indireta? O nome já explica mais ou menos a função de cada uma:

A iluminação direta é recomendada quando se precisa de uma iluminação mais focada, dando destaque a algum ponto da decoração e não só fazendo parte dela direta é quando a luz incide diretamente sobre uma superfície. Spots, pendentes, luminárias de mesa e abajures são os responsáveis por esse tipo de iluminação. Em alguns ambientes como: home office, sala de leitura e quarto, a luz direta é indispensável, pois facilita a leitura e o uso do computador.

Já a iluminação indireta, ela não possui um foco dirigido para iluminar, ela ilumina o ambiente como um todo, funcionando como uma luz de ambientação. Sua luz incide na superfície e só depois é refletida para iluminar outros cantos do local de forma uniforme. Para otimizar sua reflexão, é recomendado que essas superfícies reflexivas sejam de cores claras.

Maaaaas nosso post de hoje terá a iluminação direta  e as luminárias como destaque.

Nos quartos eu prefiro a iluminação direta amarelada,  o quarto fica muito mais aconchegante, além de dar aquele “arzinho” pinterest. O bacana é que as luminárias tem se reinventado e aquele abajur de cúpula simples, já nem aparece tão simples assim. E hoje as luminárias podem ate ser uma peça de destaque no cômodo. Algumas são verdadeiras peças de decoração:

Uma camisa ou uma luminária? A Clothes Hanger Lamp, desenhada pelo escritório de design holandês Droog, faz as vezes de um cabide e também de uma luminária pessoal. Basta pendurar uma roupa de sua escolha e voilà! Disponível na Carbono.

Já ameeeei demais essas, tem uma pegada urbana sensacional, Luminária Alien, da Next,

luminárias assinadas por Ingo Maurer, trazem os insetos pra dentro de casa, e eu pirei na primeira repleta de borboletinhas, ambas disponíveis na FAS Iluminação.

Claro que não podemos nos esquecer das queridinhas do momento:

os luminosos que vão de A á Z e em formatos de abacaxis, cactos, unicórnios, entre outro, eslas tem um custo beneficio super bacana e são ótimas para decorar.

Os cordãos luminosos podem ser encontrados em diversas cores e com a opção de serem de tomada ou pilha. Foi uma das minhas escolhas para os quartos dos meninos em duas propostas bem diferentes, que mostrarei em breve.

Cordão de Luz – você encontra na loja Veio na Mala

Um que eu acho super mágico e estou querendo, é essa luz de fada. Ela cria uma atmosfera bem lúdica e pode ser ótima para compor um detalhe no aparador ou mesa da sala.

Bem gente, tivemos digamos um post bem iluminado por aqui, rs. Espero que tenham gostado e se inspirado.

Beijos de luz.