Paizinho Vírgula! Não seja um otário.

Que ele não tem papas na língua, a gente bem sabe e admira né?

Calma, não entendeu o título?  Então vem ler.

Homem defendendo piadas sobre maternidade e ou esposa, até parece fakenews né?

Mas o Thiago Queiroz propõe uma reflexão a outros homens sobre ‘piadas’ relacionadas ao convívio intenso com as mulheres na quarentena:
– Não seja um otário!

“Não podemos achar que somos meros hóspedes em casa, e que estamos vivendo em um apart hotel, e que as coisas magicamente vão se arrumar”

Neste período de pandemia que estamos vivendo por conta do coronavírus (COVID-19) é muito comum vermos comentários envolvendo a relação entre os casais dentro de casa como:
– ‘Nossa, como vou conseguir viver 24h com a minha mulher?’, entre outras piadinhas.
Vendo esses burburinhos, o digital creator Thiago Queiroz, do Paizinho, Vírgula!, conhecido por sua autenticidade e diálogo direto e reto, decidiu preparar uma espécie de cartilha para outros homens e dialogar, questionando

“Como não ser um otário na quarentena?”

“Entendo que você queira fazer uma piadinha, que ache que é só uma piadinha, mas a gente não pode deixar de assumir responsabilidade sobre o impacto das coisas que falamos e, principalmente, entender de onde vem a motivação de fazermos comentários deste tipo. Qual é a estruturação desta ideia de que os homens em casa vão sofrer?”, questiona Thiago.

O escritor, youtuber, podcaster e educador parental, que ganhou notoriedade pela produção de conteúdos sobre paternidade, sendo hoje um dos caras mais atuantes nas redes sociais a respeito do assunto, fala sobre a importância da desconstrução de padrões que nos foi imposto ao longo dos anos:

“Era um cara completamente diferente do que sou hoje. Tinha pensamentos machistas e homofóbicos inclusive, mas me abri para a sensibilidade. Quando meu filho nasceu eu queria que fosse tudo diferente do que tinha como referência. Não fazia o menor sentido querer seguir os mesmos padrões que tinha na cabeça. Se você é um cara que faz esse tipo de piada e acha que tem razão, indico aqui 4 pontos para uma reflexão e espero que isso ajude a te tirar da Idade Medieval”:
Beleza Thi, mas agora nós conte:

 Você é o tipo de homem que tem a sensação de que a esposa só fica enchendo sua paciência e pedindo para fazer um monte de coisa?

Em primeiro lugar entenda o que causa essa reclamação. Por que será que a sua parceira está tão ranzinza? Está reclamando tanto, te mandando fazer tanta coisa? Te digo, na maioria esmagadora das vezes, é porque a sua esposa está extremamente sobrecarregada. Precisamos entender que nós homens temos que assumir sim a carga de cuidar da casa, dos filhos, e isso não é apenas durante a quarentena, é a vida inteira.

Você usa a desculpa de que tem muito trabalho e outras responsabilidades?

Imagina as mães solo que estão por aí e não tem ninguém em casa para ajudá-las, estão sozinhas com os filhos, ainda precisam fazer comida, cuidar de casa e trabalhar. Por isso que é importante o homem pensar que enquanto está dentro de uma família que está estruturada de uma forma que existe um pai, uma mãe e os filhos, ele precisa sim fazer a sua parte. As vezes pode parecer que a gente está fazendo muito, pois temos que dar conta do trabalho, é uma pressão enorme, mas a vida continua dentro de casa. Não podemos achar que somos mero hóspedes em casa, que estamos vivendo em um apart hotel e que as coisas magicamente vão se arrumar, os seus filhos vão tomar banho sozinhos e ele não precisamos fazer nada, só focar no trabalho. A vida não é assim, vamos compreender que a gente precisa fazer a nossa parte e entender principalmente que se a gente se sente no direito de fazer essas piadas que vamos ter que sobreviver às nossas esposas, provavelmente quem está precisando sobreviver a nós são elas.

 Exemplo de coisas que os homens podem (e devem) fazer em casa para ajudar suas parceiras

São detalhes que as vezes a gente não percebe, ou nunca prestou atenção nisso, mas é importante que nós, enquanto homens, comecemos a ficarmos atenta à essas coisas. Por exemplo, se você tem um filho, seja ele ainda mais bebê ou um pouco mais velho, e percebe que ele está começando a ficar meio irritadinho de fome, vá providenciar o almoço dele. Ajude na hora que é para por seus filhos na cama, ajude no banho deles. Viu roupas sujas no cesto? Leve para a lavanderia, ou para perto da máquina de lavar, coloque na máquina de lavar. Passou pela cozinha, viu meia dúzia de louça suja ali, já lava logo aquilo ali. A melhor dica de todas é a da iniciativa e incluí-las em sua rotina, não espere a sua parceira mandar você fazer. Assuma responsabilidade das coisas e faça elas desde o planejamento até a execução, só assim você vai conseguir liberar a carga mental da sua parceira.

Agora olha que demais essa dinâmica de casal, que pode ser chocante:

Liste em um papel as coisas que você faz e peça para sua esposa/companheira fazer o mesmo

A ideia não é comparar quem é o mais atarefado, sobrecarregado, mas é o homem criar consciência sobre as coisas que sua parceira tem que ser responsável diariamente. O que ela precisa planejar, se importar e que ele nem fazia ideia que elas eram necessárias. Existe uma probabilidade muito grande de nós homens vermos que as nossas listas são bem menores do que a da esposa. Uma vez que a gente enxerga a carga que está nas costas da mulher, não consegue mais não enxergar isso. E aí cabe a cada um decidir se vai querer dividir as coisas de modo um pouco mais justo ou se vamos querer continuar conscientemente sobrecarregando a esposa.

Gostou né? O Thiago fala o que muitas de nós defendemos mas não temos força para levantar essa bandeira, e quando temos o sexo oposto junto e gritando com a mesma força, é confortante!

Em breve uma entrevista bem bacana.

Lápis ou Caneta?

Não entendi a pergunta Rafa.

Calma, que vou te explicar…
SIM, em plena era digital o lápis ainda é um queridinho tanto nos estudo, quanto nos escritórios, na prática os lápis são ajudantes úteis que permanecem conosco ao longo de nossas vidas profissionais e particulares.  Eu mesma viciada em papelaria tenho pouquíssimas canetas esferográficas e vários lápis rs.
Em uma pesquisa de mercado realizada em nome da STAEDTLER – uma das empresas industriais mais antigas da Alemanha e que faz parte da grande tradição dos fabricantes de lápis de Nuremberg desde 1835 – pelo instituto de pesquisa de mercado INNOFACT, notou-se que mais de 94% dos participantes disseram que ainda usam lápis enquanto 62% disseram que os usam regularmente ou com muita frequência.

Uma curiosidade: Quando se trata de faixa etária, as pessoas mais jovens (18 a 34 anos) usam o lápis com mais frequência do que as pessoas mais velhas (50 a 69 anos) e as pessoas com nível superior de educação usam o lápis mais do que aquelas com nível inferior.

– Corrige rapidamente pequenos erros.

O melhor dos lápis para 80% dos entrevistados é que ao mudar de ideia ao escrever ou realizar registros – no papel ou em outra superfície – é possível apagá-los com uma borracha. Isso também explica porque a ferramenta é a primeira escolha quando se trata de registrar anotações que provavelmente precisarão ser corrigidas, por exemplo: em diários, palavras cruzadas e quebra-cabeças. Outros benefícios apontados por uma grande margem de entrevistados incluem a agradável sensação de escrever com um lápis (12,4% dos participantes). Já 7% dos alemães preferem o lápis por conta da adequação do recurso ao desenho enquanto que 5,7% prefere o item devido a sua espessura variável. Por fim, 4% tende a utilizar o lápis por causa da longa vida útil.

Mas e o chumbo?

Tudo MITO! Ainda hoje prevalece o mito de que o lápis contém chumbo. Quase 6% dos participantes da pesquisa que não usam o lápis disseram estar preocupados com as substâncias que a ferramenta contém (como chumbo). Mas, embora falemos de “lead pencils” (lápis de chumbo em inglês), as minas na verdade consistem em grafite e argila. O chumbo não faz parte dessa composição. O grafite foi descoberto em meados do século XVI onde as pessoas pensavam que era um mineral de chumbo devido à sua aparência. Este grupo chamou a substância de “plumbago” ou “chumbo preto” por causa de sua superfície prateada brilhante. Somente em 1789 o químico sueco Carl Wilhelm Scheele provou que esse “chumbo preto” era na verdade grafite. Mesmo assim, ainda falamos sobre “lead pencils”.
.
Sobre a pesquisa
Em março de 2020, 1.015 alemães entre 18 e 69 anos foram entrevistados em nome da STAEDTLER pelos especialistas em pesquisa de mercado da INNOFACT. O foco do estudo foi o uso de várias ferramentas de escrita.
E você é team lápis ou caneta?
Agora você entendeu a pergunta né?

A limpeza e a Pandemia.

Lavar as mãos, álcool gel …

Mas e a nossa casa? Por aqui sempre fui a chata com a limpeza no outono fico mais, rs. Como é o período do ano em que as temperaturas ficam mais amenas, a umidade relativa do ar cai e, como consequência, as “ites”  respiratórias como rinite, sinusite e asma atacam, mas nesse outono temos o novo Coronavírus. Como os meninos tem sinusite, os quartos deles sempre tem uma limpeza mais rigorosa, e a limpeza adequada da casa contribui bastante para reduzir a manifestação das alergias típicas da temporada.

Separei aqui algumas dicas simples e práticas, sabemos que TODOS os cômodos precisam de higienização, mas alguns como os descritos abaixo por serem de uso da família, merecem um olhar mais apurado.

Cozinha: durante a quarentena é um dos meus cômodos mais visitados, rs. O ideal é preparar as refeições leves e balanceadas. Para facilitar a lavagem das louças, separe os utensílios setorizando, lave todos e só depois enxague, pois, além de otimizar o tempo, economizamos água. O ideal é que itens como panelas e refratários, que costumam ter resíduos de alimentos, fiquem um tempo de molho. Antes de guardar os alimentos que vieram do mercado – tanto na geladeira, quanto no armário -, é importante passar um pano limpo com álcool, a fim de eliminar totalmente as bactérias. Outro local geralmente esquecido é a porta do microondas, já que, por tocarmos nela o tempo inteiro, é fundamental fazer a sanitização, também com álcool em um pano limpo. Mas vale um aviso: embora o uso de álcool ou da versão em gel seja recomendado, é necessário esperar que ele seque totalmente antes de ir cozinhar ou se aproximar do fogo.

Nosso cantinho de trabalho, o famoso Home Office: nem todos possuem um local específico para trabalhar dentro de casa. Se estiver utilizando a mesa de jantar, como eu, rs lembre-se sempre de fazer a desinfecção antes de utiliza-la para as refeições. Notebooks e celulares podem parecer inofensivos, mas costumam ter alta concentração de bactérias. Eles podem ser sanitizados com álcool isopropílico – por ter menor concentração de água, é mais indicado para esse uso -, uma vez que a oxidação das peças é praticamente nula. Mas, caso você tenha um escritório em sua casa, a limpeza é feita como no restante da casa.
Duas Dicas: – não acumule papéis e não faça refeições no local.

Banheiros: É um cômodo que merece mais atenção. Esvaziar o lixo e deixar uma pequena quantidade de água sanitária na privada são coisas simples e que podem ser feitas diariamente. Para a limpeza dos metais, como torneiras do chuveiro e da pia, uma solução caseira muito eficiente é o uso do vinagre de álcool, que além de desinfetar, traz de volta o brilho dos metais.

Menos espanador e mais paninho:

A melhor maneira de retirar o pó dos móveis é utilizando um pano úmido. Ao contrário do espanador, que apenas transfere o pó de um lugar para outro da casa, o pano úmido consegue efetivamente retirar a sujeira dos espaços.

Lave bichos de pelúcia e cortinas:
Todos estes objetos acumulam muita poeira, por isso é importante mantê-los sempre higienizados. Panos úmidos são práticos e eficazes na limpeza das persianas. Cortinas de tecido e pelúcias devem ser lavados a mão, preferencialmente. Aproveite os dias ensolarados e secos do período para fazer isso.
Limpe o sofá:
Por ser um dos móveis com maior potencial para acumular poeira, é recomendado limpá-lo a seco, utilizando um aspirador de pó. Tenha atenção especial aos “cantinhos”, famosos por acumular sujeira.
Higienize os tapetes:
Tapetes também são outros grandes acumuladores de poeira. Para fazer uma limpeza profunda, polvilhe bicarbonato de sódio por toda a superfície do objeto (utilize uma peneira para fazer isso) e o deixe agir. No dia seguinte, retire o produto com um aspirador.
Cuidado com os vidros:
Vidros também podem acumular poeira. Para fazer uma limpeza profunda, dilua uma colher de sopa de bicarbonato de sódio em 250 ml de água e aplique o produto com um pano de algodão.
Menos vassoura, mais aspirador:
Varrer a casa é bom, mas pode suspender a poeira e os ácaros causadores das doenças respiratórias. Sempre que possível, opte por utilizar o aspirador de pó ou panos úmidos para fazer a higienização. Caso tenha de utilizar a vassoura, a envolva com um pano úmido de modo a realizar a limpeza com mais eficácia.
Armários entram na lista também!
Limpe o móvel com uma solução de água e vinagre de álcool (diluídos em partes iguais). Após a higienização, feche as portas e deixe agir por duas horas. Na sequência, passe um pano com água e deixe secar naturalmente.
Deixe a luz entrar
Tente manter as portas e janelas de casa abertas, sempre que possível. Aproveite os períodos da manhã e meio da tarde para deixar o sol entrar e arejar todos os espaços. Ele também é um excelente aliado na limpeza doméstica.

Aqui em casa intensifiquei a limpeza e agora todas as quartas-feiras a Mary Help está comigo. Aqui na Baixada Santista o telefone de contato: 13 99758-2920.
Afinal, limpeza nunca é demais, rs.
Beijos.

Luz Natural

Eita que a gente não pode “ver” uma boa luz pra fazer aquela selfie não é?

Mas uma luz, é uma luz… ela emoldura o ambiente, ilumina e até nos anima não é mesmo? Para falar da luz natural no ambiente, hoje temos a Todeschini que é referência mundial em qualidade e mantém-se atenta às tendências de design e decoração, oferecendo ao mercado moveleiro um portfólio de produtos de alta qualidade, design e lançamentos inovadores.

A luz natural tem se tornado cada vez mais presente nos projetos de construção civil, já que ajudam a compor decorações mais revigorantes e confortáveis, além de contribuírem com a sustentabilidade, reduzindo os custos de energia elétrica.

Na hora de planejar os ambientes da sua casa, você leva em consideração a iluminação natural? Se ainda não sabe como fazer isso, podemos ajudar com algumas dicas práticas e funcionais. Continue lendo e descubra como aproveitar a luz natural para criar um ambiente único!

Pinte as paredes com cores claras

Sempre que for escolher as cores da sua decoração, principalmente das paredes da sua casa, opte por aquelas que refletem os raios solares, e não que absorvem a luz natural. Essa dica pode ser utilizada nos cômodos que necessitam de mais claridade, como a cozinha e o home office, por exemplo. As cores mais escuras devem ser evitadas e trocadas por tonalidades mais neutras, claras e brilhantes — caso você opte por uma decoração que valorize a luz natural. O branco, nesse caso, é a principal preferência. Por mais que a dica seja para as paredes, nada impede também que ela seja aproveitada para a mobília da casa. No caso dos móveis, prefira também aqueles que são feitos de materiais de cores claras, uma vez que iluminam e refletem mais a luz natural do que as peças escuras.

Escolha portas e janelas de vidro

Nada melhor do que o vidro para compor uma construção e uma decoração que privilegia a luz natural da casa. Além de ser sinônimo de modernidade e sofisticação, esse material é um ótimo aliado para permitir a entrada de iluminação nos ambientes, protegendo o seu interior.

A forma mais prática de contar com a ajuda do vidro na utilização da luz natural é investir em portas e janelas feitas desse material. No entanto, um cuidado deve ser tomado: os vidros devem estar protegidos com películas que não alterem a sua aparência e que impeçam a penetração de raios ultravioletas.


Mantenha as janelas sempre limpas
Outro cuidado relacionado às janelas e portas de vidro é que elas devem estar sempre limpas. Afinal, sujas e empoeiradas, essas entradas de luz não vão funcionar tão bem quanto precisam, não é mesmo?
O ideal é que a limpeza desses locais seja feita regularmente, com produtos que não agridam o material e que não o torne opaco. A ideia é deixar o vidro sempre nas suas melhores condições para que a entrada de luz natural aconteça totalmente. A limpeza, aliás, deve ser algo estendido para toda a decoração clean, já que o que é claro e bem iluminado tende a tornar a sujeira e o pó mais aparentes. Casa bem iluminada requer cuidado, lembre-se sempre disso!

Para a receita caseira de como limpar vidros, você vai precisar de:

  • 5 litros de água; 1 colher de sopa de vinagre (ou detergente neutro); 1 colher de sopa de álcool
  • Balde; Esponja e Pano seco.
    Misture toda essa receita de como limpar vidro de janela (que também pode ser usado em outras superfícies desse material) em um balde; Molhe o lado macio da esponja na mistura e use-o para limpar o vidro. Depois, seque com um pano seco

Posicione móveis de leitura perto das entradas de luz natural

Se você passa algum tempo em casa lendo, trabalhando ou estudando, com certeza vai precisar de iluminação adequada para realizar as atividades. A melhor opção, é claro, é a luz natural. Então, é necessário saber montar os cômodos de forma inteligente, para aproveitar mais as entradas de iluminação solar. Os móveis, como mesas, bancadas e escrivaninhas, principalmente, podem ficar posicionados perto das janelas, de forma que você possa contar mais com a luz natural do que com a sua luminária artificial. Se o seu canto de leitura dispõe de um sofá ou poltrona confortável, a dica do posicionamento também vale! Só tome cuidado para que a incidência solar não desbote ou estrague os móveis de outras formas. Para isso, opte sempre por uma mobília de qualidade, resistente e durável, além de não se esquecer das dicas anteriores, sobre colocar películas de proteção nas janelas e portas.

Adicione espelhos na decoração da sua casa

Outro truque inteligente e que funciona muito bem é adicionar espelhos na decoração dos ambientes. Essa é uma boa alternativa para otimizar a iluminação interna da casa, além de causar a sensação de amplitude do espaço. Quando colocados de forma estratégica, os espelhos refletem muito bem a luz natural. Experimente colocar um em frente a uma janela, por exemplo. O resultado é ótimo e você, com certeza, vai se sentir bem confortável no espaço ampliado e mais iluminado.

*Invista em coberturas zenitais

Você sabe o que são coberturas zenitais*? Elas são uma modalidade de cobertura transparente, que permite a iluminação natural dentro das residências. Existem vários tipos de cobertura, como as claraboias ou os poços de luz. Mas as coberturas transparentes são as mais usuais. Elas podem ser feitas com telhas e outros materiais de policarbonato, e são ótimas para espaços como jardins de inverno, áreas de deck ou em vãos mais estreitos no teto, valorizando corredores que antes eram escuros, por exemplo.


Coloque tijolos de vidro nos banheiros

Os tijolos de vidro também são grandes aliados na decoração que privilegia a luz natural. Eles são muito bem-vindos na solução de banheiros escuros, uma vez que são áreas da casa que, geralmente, não recebem tanta iluminação solar. Além de conseguir uma iluminação natural bacana, os tijolos de vidro também oferecem uma estética diferenciada, com suas texturas em vidro temperado e laminado. Por não possuírem transparência, também dão mais privacidade ao local.

Apare os arbustos e árvores da sua residência

A sua casa possui árvores e arbustos do lado de fora? Se a resposta é sim, você mantém tudo aparado e bem cuidado? Pode ser que essa seja uma das causas de a luz natural não incidir no seu ambiente interno.

Para iluminar mais a sua residência, mantenha seus arbustos e árvores próximos às janelas sempre aparados, de forma que não bloqueiem os raios solares. Manter o verde ao redor da casa é maravilhoso, mas é preciso saber cuidar!

Depois de todas essas dicas, você clareou suas ideias e já sabe como aproveitar a luz natural em cada ambiente da sua casa? Esperamos que sim! A iluminação solar, além de contribuir bastante para um espaço mais confortável e aconchegante, também torna seu lar mais sustentável e, com certeza, a saúde da sua família agradece.

Eu AMOOOO uma janela, uma claridade, o único quarto da casa com cortina é o do Felipe em mais nenhum comodo tem, além de dar aquela sensação boa de acordar com aquela claridade do Sol (sei que é super pessoal isso, rs), dá sensação de ar renovado não é mesmo? E agora, bora deixar o Sol entrar?

Beijos de luz (nesse caso natural, rs)

Mesa lateral na decoração.

Oieee,

Hoje em dia as mesinhas laterias estão super em alta e além de dar aquele UP na decor são super funcionais. Eu amooo objetos úteis, rs. Apesar de não ser exatamente um móvel essencial, a mesa lateral pode ser muito útil além de complementar a decoração, dando um toque extra de charme.  A mesa lateral geralmente é usada na sala de estar e ao lado dos sofás, sabe aquele espacinho vazio que a gente sente que falta algo, coloca lá a mesa e voulá, mas elas também ficam bem charmosas quando colocadas ao lado de uma poltrona.

A mesa lateral não costuma ser muito baixinha como uma mesa de centro nem mais alta como uma mesa de jantar, o ideal é não ultrapassar 10 cm para cima ou para baixo do braço da poltrona ou sofá.. Essa altura permite que a mesa lateral para sala seja usada confortavelmente como um apoio extra para quem está no sofá, permitindo, por exemplo, colocar ali objetos que estão usando, como copos e controles remotos.

(inusual)

As mesas laterais ou mesas auxiliares, podem ser funcionais ou decorativas, dependendo do gosto do morador ou da necessidade de cada casa. Caso sejam funcionais, podem servir de apoio para livros, controles ou base para vasos e artigos de decoração. Mas também podem compor um ambiente como uma obra de arte, devido à exuberância, formato e matéria-prima utilizada. A versatilidade da peça permite que ela seja usada em vários lugares da casa!

07 passos para a mesa lateral ser utilizada com sucesso, rs:

  1. Escolha o local ideal para a mesa lateral. …
  2. Conheça os modelos de mesa lateral. …
  3. Tenha atenção ao tamanho da mesa. …
  4. Defina a cor da mesa. …
  5. Confira a altura da mesa. …
  6. Use a mesa lateral no lugar da mesinha de centro. …
  7. Selecione os objetos decorativos.

Eu já me inspirei e to com várias idéias pra nova decoração da sala, rs.

E você, gostou da nossa dica?

Beijos.