Quintal na Varanda?

Eita que eu sou a doida da plantinha, maaaaas mato tudo afogada.

A varanda aqui de casa é grande, mas tem um formato estranho rs, já fizemos algumas mudanças para deixa-la super gostosinha. Como aqui no prédio não temos a varanda técnica (aquela que ficam as máquinas do Ar Condicionado), elas ficavam lá, tornando o lugar uma sauna quando queríamos a sala fresquinha, chamamos um técnico e reinstalamos elas no canto da varanda e fechamos com uma porta de vidro, ebaaaaaaaaa, ficou sensacional.

Mas, como deixar a Varanda gostosinha, verde e aconchegante? Para isso nossos amigos da Todeschini dão dicas mara, que eu já quero por em prática por aqui.

Pequenas ou espaçosas, as varandas são ambientes propícios para reuniões descontraídas e muito relaxamento, assim como os jardins e quintais das casas. O truque para criar esse clima agradável ao ar livre está na maneira como o espaço é aproveitado! Olha só:

 Verde, verde e mais verde! (amei essa parte)

O primeiro passo para deixar a sua sacada com cara de quintal é abrir um espacinho nela para o cultivo de plantas. Além de ser uma tendência, ter uma pequena floresta particular confere à decoração um grau extra de aconchego e vida. Sua varanda tem a metragem muito enxuta para comportar vasos no chão? Não tem problema! Aproveite as paredes e invista em um jardim vertical. As hortinhas de temperos também são muito bem vindas!

Projeto de Coletivo Arquitetos | Foto: Rui Teixeira

Minha paixão: cactos e suculentas, além de dar trabalho zero ficam lindas em vasinhos embelezando prateleiras, mesas, nichos, essas eu não mato afogada rs.

Projeto de Voa Arquitetura | Foto: Rafael Renzo

Lounge para relaxar
Quintais são ambientes relaxantes por essência. Por isso, vale a pena encontrar uma maneira de criar um cantinho na varanda para se esparramar depois de um longo e cansativo dia. Se espaço não for problema, crie um pequeno estar com móveis próprios para área externa. Já as redes e cadeiras de balanço são soluções perfeitas para as varandas menores.
Aqui em casa, comprei móveis de segunda mão, uma forma de contribuir para o meio ambiente e sobrar uma graninha extra para outros detalhes. Queria muito um balanço como o da foto, mas o teto é de gesso, snif.

Foto: Pinterest

Receber com charme e despojamento
A área externa de uma casa costuma ser o lugar dedicado às reuniões e festas com os amigos. Porque não fazer o mesmo com o seu quintal-varanda? Ambientes maiores podem comportar superbem uma cozinha gourmet completa, com churrasqueira e mesa de jantar, enquanto as mini varandas abrigam tranquilamente um cantinho para o bar!
Aqui em casa criamos a Varanda Beer, rs, um móvel que estava na sala e dois nichos que foram tirados do quarto dos meninos foram para a varanda, nos nichos algumas cervejas artesanais com rótulos diferentes, já no móvel algumas bebidas na parte de dentro e cactos e suculentas sobre ele.

O importante é receber os amigos, ter um espaço bem gostosinho para relaxarmos e brincarmos não é?
Lá no Pinterest temos algumas inspirações, e você o que achou das nossas dicas?

Beijão.

 

 

Afinal o que é Milk Bath?

Oies,

Entre tantas novidades para as gestantes e mães o Milk Bath chegou chegando e arrancando suspiros. Mas afinal, o que é esse tal de milk Bath Rafa?! Nada mais é do que: – Banho de leite, rs.
Alguns soltam:  – Eca que Nojo! Mas o banho de leite não é nenhuma novidade, a diva Cleópatra era Fã desses banhos e ele é super cheio de propriedades sabiam, então antes de falarmos sobre os ensaios fotográficos, vamos falar do banho de leite Ok?

Como uma maneira rápida e fácil de hidratar e suavizar a pele. O leite é fundamental para ajudar a cuidar da nossa pele, pois o seu ácido láctico natural é uma forma de alfa hidroxiácido, um ingrediente que pode ser encontrado em alguns dos melhores produtos para a pele. Este tipo de ácido dissolve suavemente as proteínas para esfoliar as células da pele morta, revelando uma pele fresca e muito mais jovem.

 

 

Benefícios:

  • relaxa;
  • melhora a aparência da pele e
  • deixa a pele macia.

Receita do Banho Cleópatra:

Na banheira

  • 2 litros de leite integral
  • 1/2 xícara de amido de milho
  • 1/2 xícara de bicarbonato de sódio
  • 10 gotas de óleo essencial da sua escolha
Acrescente esses ingredientes à água da sua banheira e faça o seu banho de imersão, permanecendo por cerca de 20 minutos. Para este banho não há necessidade de enxágue. Apenas seque-se com uma toalha felpuda e limpa.

Com a bacia 

  • 1 litro de leite
  • 1 litro de água
  • ¼ xícara de amido de milho
  • ¼ xícara de bicarbonato de sódio
  • 5 gotas de óleo essencial de sua escolha

Após o seu banho de higiene, jogue vagarosamente o seu banho de leite por todo o corpo. Não despeje de uma vez, faça isso aos poucos. À medida que vai jogando o banho, pare e vá espalhando-o por todo o corpo em movimentos circulares com o auxílio das mãos. Para este banho não há necessidade de enxágue. Apenas seque-se com uma toalha felpuda e limpa.

EUUUU não sei se teria coragem, afinal o leite tá o olho da cara kkkkkkkkk, mas fiquei beeem atentada. Óbvio que os alérgicos e ou intolerantes NÃO podem nem sonhar com esse banho e nem com o ensaio fotográfico hein.

E você me conta se teria coragem de fazer, se já fez ou se vai fazer rs.

 

 

 

Banhos Terapêuticos.

Ahhh que um banho é super relaxante não é?

Sempre li bastante sobre os banhos terapêuticos e sou uma apaixonada por esse tema. A minha amiga e Doula Juliana Fernandes veio dar o primeiro banho de ofurô do Felipinho e foi uma delícia, depois de maiorzinho continuei usando o ofurô para os dias de mais agitação e colocava camomila na água, compro á granel em empórios.

A camomila é sinônimo de relaxamento e calma, mas ela vai muito além:

  • Ajuda a acalmar e relaxar
  • Alivia o estresse
  • Acalma e remove as impurezas da pele
  • Serve também como analgésico
  • Acalma a mente, ajudando com a depressão
  • Por ser um calmante natural, o banho ajuda a combater a insônia.

Para preparar o banho vocês vão precisar de:
– camomila desidratada ou 2 sachês de chá para infusão;
🛀 como utilizar:
Camomila desidratada: preparei o banho com a água mais quente que o normal e coloquei um punhado, esperei um pouco até ficar na temperatura entre 36 graus. Ficou um aroma delicioso.
Camomila em sachês para infusão:
Faça o chá como de costume (sem acrescentar açúcar) e coloque na água da banheira.

Nosso primeiro banho com camomila foi aos 4 meses.

Outras ervas bacanudas:

Calêndula: boa para eczemas e problemas de pele.
Hortelã: refrescante e melhora resfriados e vias aéreas congestionadas.
Sálvia: melhora gripes, resfriados e vias aéreas congestionadas
Manjericão: ajuda o bebê a relaxar, é digestivo, alivia as cólicas.
Aveia: bom para aliviar coceiras, dermatites e melhorar a pele sensível e seca do bebê.
Campim Limão ou Erva Cidreira: analgésica, antialérgica, antiespasmódica, anti-inflamatória, antimicrobiana, antinevrálgica, antisséptica, cicatrizante e aromática. Atua como calmante e sedativo, tônico, relaxante e adstringente.

Nosso banho com a erva cidreira foi mais interativo, além do cheirinho delicioso o Fê brincou de tentar pegar as folhas.

Um banho quentinho e demorado à noite, antes de dormir, tem o poder de acalmar e relaxar.  Apenas deixe a criança com o corpo imerso na banheira e, se quiser, coloque uma música instrumental ou com sons da natureza bem baixinha. É sair da banheira, tetezinho e soninho gostosinho, rs.

Confesso que até o Rico entra na fila do banho kkkkkk e se espreme todo pra caber na banheira do irmão rs.

E você, tem algum banho diferentão? Se fizer conta pra mim a sua experiencia.

Beijão.